18 de novembro de 2016
Arrow – S05E07 – Vigilante

Mas é vigilante que não acaba mais ein…

Arrow segue introduzindo mais e mais justiceiros na série, e isso já está começando a me preocupar um pouco.  Em “Vigilante”, somos introduzidos a um novo caçador de bandidos, cujo nome é exatamente o nome do episódio.  Por mais que o personagem até momento tenha sido bem apresentado,  é um pouco inevitável pensar que a quantidade de vigilantes possa em algum momento ser um grande problema.  Mas por enquanto, tirando um ou outro personagem, que às vezes fica subutilizado em algum episódio, nada que possa incomodar muito.

O Vigilante então começa a matar os criminosos de Star City, e apesar de Oliver não aprovar as atitudes,  a equipe de novatos, pelo menos de inicio parece achar que o Vigilante está do mesmo lado que eles. Porém aos poucos percebem que o novo vigilante da cidade está totalmente fora de controle. Aliás, o episódio aborta novamente a discussão sobre  até onde os vigilantes podem ir, o que é considerado justiça e o que é apenas assassinato, discussão essa que já é bem corriqueira na série, principalmente nas primeiras temporadas.

3

Após algumas tentativas frustradas de pegar o Vigilante, o Team Arrow decide fingir assaltar um banco, para atrair o justiceiro, e o plano dá certo, e após alguns momentos de tensão com o Vigilante ameaçando estourar a cabeça do Sr Incrível, Oliver consegue pegar o vilão. Porém ao tentar tirar a mascara do mesmo, acaba ativando um tipo de mecanismo que gera um tipo de explosão (alá Batman  kk), e o em seguida o vilão ( que estava amarrado ) some no ar O.o.  Achei meio sem sentido essa cena, mas ok, é uma série de heróis, coisas desse tipo acontecem .

ALERTA DE SPOILER!!!

Agora vai um provável spoiler (pra quem ainda não percebeu), nas HQs já houve alguns heróis e anti-heróis  no universo DC, entre eles está o promotor Adrian Chase. Não sei se isso chega a ser um grande spoiler, pois além de algumas cenas deixarem isso meio obvio, a voz do ator Josh Segarra é bem inconfundível, ainda mais sem nenhum efeito para disfarçar.

 De volta ao episódio,  acho legal frisar o quanto é legal enfim, termos um vilão bom, e convincente para os flashbacks de Oliver.  Dolph Lundgren,  está cada vez mais a vontade no papel do vilão Kovar,  acertou muito quem decidiu escalar ele pro personagem.  O cara é grande, truculento, e totalmente intimidador.  Tirando o Slade, esse é com certeza o melhor vilão dos flashbacks que a série teve, agora é esperar que a trama na Rússia continue se desenvolvendo bem como está sendo. Tivemos também um pequeno plot twist, que serviu pra deixar o telespectador um pouco intrigado.

2

Tivemos também nesse episódio mais um pouco do drama envolvendo Quentin Lance, e por mais que os roteiristas tenham jogado uma “revelação” (ou não) de ele ser o Prometheus,  o plot dele continua sendo maçante, se tem um personagem  se tornou descartável no momento, para mim é o Quentin. Apesar de ter tido alguns bons diálogos com a Thea,  onde ele revela a possibilidade de ser o vilão, tal plot pouco acrescentou a trama.

Vigilante foi um bom episódio, que apresentou um bom personagem, e da forma correta,  e com ótimas cenas de ação . Tivemos mais uma vez flashbacks bem trabalhados, e a confirmação de Kovar como um ótimo vilão.  E pra terminar tivemos uma grande revelação, sobre quem é o traidor do Team Arrow, o que pode trazer uma boa trama para os próximos episódios.

 

Leandro Andrade
Leandro Andrade

Formado em Produção Áudio Visual e viciado em séries, Leandro é DCnauta de carteirinha, além de fã de lambada e cantor de karaokê de buteco nas horas vagas. E ainda tentando achar uma maneira de ficar rico.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: