Posts Populares

Arrow – S07E09 – Elseworlds Part 2

“Boliver”, Batwoman e até Diaz do lado bom da história, dá-lhe realidades alternativas!

Ouso dizer que até esse episódio, Elseworlds é o pior crossover do Arrowverse, na verdade, pelo que vi por aí, a maioria pensa exatamente igual a mim. Não é que esteja sendo ruim (ainda não assisti o último em Supergirl), mas bom pra caramba não está sendo, está apenas OK. Achei que esse episódio fosse ser melhor que o de The Flash, mas no final eu já tava contando os minutos pra acabar de tanto sono que eu tava, sério rs. Essa parada deles irem pra Gotham pra descobrir sobre o que realmente aconteceu para eles mudarem de corpos valeu apenas pela Batwoman porque de resto achei bem tedioso. Se não fosse a química que Oliver, Barry e Kara têm seria uma parada chatíssima porque o que tem salvado esse crossover são literalmente as personagens.

Uma coisa que eu achei muito boa foi o iniciozinho do episódio que sempre tem aquela mini retrospectiva Oliver Queen e dessa vez fizeram com o Barry já que ele estava como Oliver, isso foi muito bom haha. De resto, foram os momentos engraçados entre Barry e Oliver discutindo sobre Batman, “Boliver” quando descobriu que Oliver tinha realmente dormido com a tal mulher da rádio lá, quando Barry tem que fingir Felicity que sabe que ela e Oliver estão passando por uma crise no relacionamento e a melhor foi a Kara mesmo. Observação aqui pro momento que eles estão presos e o Barry pergunta o que ela teria feito e ela diz que apenas correria super rápido e os tiraria de lá e ninguém veria, o Oliver revela a tão sabida fragilidade masculina não dando o braço a torcer que seria melhor, mas dizendo que da próxima eles tentam do jeito dela. Ah vá, a mulher é a Supergirl, por favor né? Inclusive, se não fosse ela acho que até metade do episódio eles já estariam mortos, ao menos com aquela bala que ela evitou que os atingisse né? Além de tudo, é a mais esperta porque foi a única que percebeu que o Bruce era o Batman e sacou quem era a Kate Kane. Ai ai homens…. rs
O melhor do episódio pra mim foi o momento super fofo Olicity que foi inspirado pelo Barry. Claro que eu ser Olicity influencia total nisso, mas enfim hahaha… achei fofíssimo o discurso do Oliver dizendo pra Felicity que pessoas mudam, mas que ela sempre será o amor da vida dele e isso não irá mudar, que eles passarão por isso. Meu coração derreteu todinho de amores!

Outro bom momento foi lá pro final mesmo que Barry e Oliver trocam de novo de corpos e se tornam bandidos procurados em Central City e os bandidos da realidade real deles são os mocinhos, os policiais como por exemplo Diaz, chegou a dar vontade de rir aquilo, só não ri alto porque o Oliver tá uma delícia cremosa com aquele visual bad boy. Credo, que delícia! E não só gatíssimo, mas como agindo também meio fora da lei e o Barry desesperado proporcionando mais uns momentos cômicos hahah. Aquele final que o Super Homem aparece de preto aparentemente como o vilão da história que fiquei em dúvida, mas pelo jeito é a pior das opções mesmo e eles terão que enfrentar um Super Homem vilão. Agora, esse tal vilão é um saco e o John Deegan mais ainda, que diabos é esse livro? Entendi que é um livro que, aparentemente, muda as realidades e os destinos da pessoa, mas tá.. qual é o intuito disso e que crise é essa que ele falou? Sei que amigos que acompanharam os HQs disseram que essa crise muda tudo nos quadrinhos drasticamente, inclusive já tô tensa, mas por enquanto eu tô com bastante preguiça disso tudo. #prontofalei

E vcs, o que acharam do crossover? Minha opinião final virá hoje assistindo Supergirl. A melhor coisa de todos esses crossovers que tiveram sempre foi e sempre será a interação de Barry/Oliver, eu amo um bromance.
Lembrando que agora, Arrow só retorna com episódios novos no dia 21 de janeiro.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries