Posts Populares

Arrow – S07E17 – Inheritance

E chegou, finalmente, o plot twist da temporada.

Dá pra falar um monte de coisa sobre esse episódio, mas a grande verdade é que só tem um assunto que importa aqui: a Emiko é uma grande traidora e é a chefe da nova gangue de vilões muito malvados que surgiu. E além disso, ela teve participação direta no evento que originou essa série toda e isso foi mostrado de um jeito tão sútil, tão não agressivo e direto, que eu achei muito bem feito da parte do pessoal que faz a série. Parabéns pra eles.

Mas enfim, episódio em si. Depois do que rolou no episódio passado, que foi basicamente todo no futuro, não teve nenhuma incursão temporal nesse ep. Então, toda a história se passou no presente e, de relevante, rolaram duas coisas: o lance da Emiko, e tudo que ele traz junto, e a Felicity aprimorando cada vez mais o tal Archer. Indo um evento de cada, então.

Na real, os dois tão um tanto quanto relacionados, aí essa coisa de abordar eles separadamente não vai funcionar muito bem, mas vamos tentar. Pra fins de defender a filha vindoura, e a cidade no processo, ela criou esse tal Archer, com ares de inteligência artificial, que consegue até localizar pessoas pelo DNA delas. E sabendo que não vai conseguir resolver tudo que é necessário num projeto grande desses sozinha, ela chama ajuda daquela hacker que ajudou ela com a Helix. E tudo avança muito bem, inclusive.. Em dado momento, elas precisam pensar em formas de localizar pessoas mesmo sem ter acesso à amostras de DNA. Não posso prever o futuro, mas me parece algo que não vai dar bom.

Mudando de lado, tem a Emiko. A Laurel descobriu que foi ela quem assassinou o Diaz e, quando foi pressionar ela, ouviu coisas que não gostaria. Coisas que fariam com que tudo que ele revelasse não fosse levado a sério. Sabendo que não daria muito certo, a Laurel foi atrás da miga Felicity, mas acabou encontrando o Oliver. Já que ela tinha tentado seguir a Emiko e tudo que ela conseguiu foi uma flechada no braço, ela contou tudo que sabia pro Arqueiro, que, obviamente, não botou muita fé na história – até porque, se tem um cara com problemas de julgamento, esse cara é o Oliver. Mas ele decide investigar sozinho e, pasmem, não é que ele descobre que a Laurel tava falando a verdade?

Sendo a pessoa de bom coração que a gente vê que ele tá tentando se tornar, o Oliver vai falar com a irmã pra saber a versão dela da história e, inicialmente, a gente até compra a versão de que ela tá sendo obrigada a fazer coisas malvadas por obrigação/temor. Inclusive quando ela dá informações pro Team Arrow tentar deter o vilão, a gente confia mais ainda nela. Porém, entretanto, todavia, tudo não passou de um plano dela que, na verdade, é a LÍDER do Nono Círculo e o Dante era só mais um sob o comando dela. Têm diversas lutas nesse meio do caminho até essa descoberta, mas é aquela coisa: viu uma luta em Arrow, viu todas.

E sobre a ligação das duas histórias: a Emiko ficou de olho no Archer e acha que isso é o futuro do Nono Círculo. Resta aguardar cenas do próximo capítulo.

 

Aí, quando a gente acha que já tinha tido revelação suficiente por um episódio, rola uma imagem muito rápida, de um flashback de mais ou menos 7 anos atrás, da Emiko colocando fogo em um papel. Tá em inglês e provavelmente não teve legenda, então pode ter passado batido pra muita gente, mas FOI A EMIKO QUE MANDOU COLOCAR AS BOMBAS NO BARCO DOS QUEEN. É, eu sei.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Rafael Augusto

Um hiperativo que não sabe viver sem ler, escrever, ouvir música, ver séries e filmes, geralmente tudo ao mesmo tempo. Fã de ficção científica, suspense, Stephen King e histórias em quadrinhos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries