Posts Populares

Arrow – S07E21 – Living Proof

Tem que voltar alguém que já morreu pra fazer o Oliver perceber o óbvio

Aí foi que o barraco desabou. Literalmente, na real. Tudo caiu em cima da cabeça do pessoal do Team Arrow, mas inicialmente todos conseguem sair de baixo da respectiva pilha de entulho, recebendo ajuda pra isso ou não. Em um primeiro momento, a Felicity não consegue entrar em contato com nenhum deles, então ela já tava imaginando o pior. Mas, apesar de mostrar uma união de uma equipe que passou muito tempo distante – seja fisicamente ou emocionalmente -, o mais importante desse episódio foi o retorno do Tommy.

Basicamente todo o episódio (a parte do presente) se passa na cabeça do Oliver. Todas as cenas em que ele e, obviamente, o Tommy aparecem são uma grande alucinação. E como tudo é ele falando com ele mesmo, é muito interessante ver que, finalmente, o Oliver amadureceu, cresceu, se tornou algo muito mais do que só Oliver Queen ou até mesmo o Arqueiro Verde. Ele é um misto dos dois, ele entendeu o que ser um herói realmente quer dizer. O principal aprendizado vem pra dizer que ele não vai resolver nada na forma, na marra; vai ter que escolher o caminho mais complicado, às vezes o mais longo,

Enquanto isso, o resto da equipe tá tentando chegar no Oliver e sobreviver enquanto o prédio tá prestes a colapsar e explodir, não necessariamente nessa ordem. O maior problema é quando eles precisam desligar o gerador, que pode causar uma explosão bem grande; e a parte complicada é que, pra chegar perto, tem que passar por um gás muito letal e mortal e tudo o mais. Aí, pra fechar o ciclo do herói que fez merda imensa e precisa se sacrificar em busca da redenção, o Roy se joga lá e faz o que tem que fazer. Em tese, ele vai ficar com sequelas por causa disso, mas a gente vê que, no futuro, ele aparenta estar bem vivo.

Depois de escaparem, de verdade, e irem enfrentar a Emiko, o Oliver descobre que ela sabe que a Felicity tá grávida. Mais e mais ameaças surgem nessa história, até porque ela consegue escapar depois de atacar a sede da polícia, culpando o Oliver e fazendo todo o esquadrão ficar contra o Team Arrow. E se não fosse problema o suficiente, ela ainda rouba aquela arma que ela já tinha roubado anteriormente e promete fazer muito mais dessa vez.

Lá adiante, em 2040, as coisas tão se encaminhando pra um final de história. A Felicity decide que precisam, de vez, acabar com o Archer, já que eles podem (e são) encontrados muito facilmente. Inclusive, foi a Alena quem vendeu o programa/software pra Galaxy One, naquela vibe de “eu não sabia que eles fariam uso da ferramenta pra esse motivo”. Porém, enquanto o William resolve que é uma boa ideia voar sozinho e tentar resolver as coisas do jeito dele, obviamente tudo dá errado. No fim das contas, o episódio acaba com todo mundo capturado, sem ter ninguém que possa resolver essa situação.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Rafael Augusto

Um hiperativo que não sabe viver sem ler, escrever, ouvir música, ver séries e filmes, geralmente tudo ao mesmo tempo. Fã de ficção científica, suspense, Stephen King e histórias em quadrinhos.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries