Posts Populares

Arrow – S07E08 – Unmasked

Ele está de volta!

Nosso Arqueiro Verde favorito, vulgo Oliver Queen, está de volta e já voltou pra rotina, literalmente. O episódio focou em um cara que estudou com Oliver na faculdade e que não valia nada na época e continuou não valendo nada depois, tanto que mandou matar seus parceiros de negócios/amigos e ainda tentou colocar fim à vida de Oliver Queen, ele realmente não sabe com que ele estava mexendo, não é mesmo? Mas, isso tudo foi um pretexto para abordar o retorno de Oliver como o Arqueiro, abordar a mudança de Felicity e, consequentemente, de seu relacionamento com o Oliver e, por fim, nos revelar a identidade do novo Arqueiro que vinha sendo mistério durante os episódios anteriores. Na verdade, o episódio já começa revelando que é uma mulher, mas como não o conhecemos, aparentemente é alguém irrelevante, só que lá no final do episódio descobrimos que ela é ninguém menos que uma irmã desconhecida de Oliver que quer honrar o nome do pai e parece que da mesma forma que Oliver começou a sua cruzada: fazendo justiça com as próprias mãos. Não imaginei esse plot, mas espero que ele seja desenvolvido de uma forma cuidadosa e intrigante.

Tudo chega aos ouvidos do nosso herói e de seus migos quando assassinam um cara no meio de um evento em homenagem ao Oliver que quer investir nas melhorias do sistema prisional de Star City, porém quem assassina é alguém imitando o Arqueiro e como o Oliver está no evento, a culpa imediatamente cai sobre os ombros do novo Arqueiro, ou melhor, da nova Arqueira, mas com a investigação delicada de Dinah, Rene e Oliver, que chegam até a se encontrar com a Arqueira (sem saber sua identidade), descobrem que é apenas alguém querendo incriminar a vigilante. Inclusive, adorei esse trio trabalhando juntos, eu tava real com saudade dessas reuniões do Team Arrow e querendo ou não, naõ tem metade da graça quando o Oliver não tá junto. Depois de investigações e descobertas, Rene e Dinah convencem Oliver a vestir novamente o uniforme do Arqueiro e se unir à polícia para que possam prender o tal do Fuller, responsável pelos assassinatos, Oliver cede mas vai sem nenhum tipo de máscara, literalmente dando a cara a tapa, a bicha é afrontosa, amo. E nesse momento que ele vai ao bunker buscar o uniforme, ele tem um momento super rápido com Diggle, coisa que tô sentindo falta nessa temporada também, essa irmandade entre os dois. 
No fim, Oliver destrói a p*rra toda, Dinah captura Fuller e ainda dá um pisão daqueles na prefeita dizendo que a partir de agora Oliver/Arqueiro Verde trabalha para a polícia. Que hino! E as cenas de Oliver como Arqueiro, caracaaaa que saudade, pisa muitoooooooo! 

Falemos do relacionamento Olicity agora que viveu uma certa crise quando Oliver descobriu que Felicity não é mais aquela menina inocente por quem ele se apaixonou e eu, no meio disso tudo, fiquei bem dividida, na verdade estou dividida. Eu super entendo a sensação de insegurança, o medo e a atitude da Felicity diante do cenário que se estabeleceu de repente em sua vida, na verdade, não de repente porque desde muitos anos ela era a única que não sabia se defender sozinha, só que tudo piorou da 6ª temporada pra cá, principalmente com a prisão do Oliver e a ameaça do Diaz, então ela se virou do jeito que pôde e está vivendo um momento de transição drástico. Porém, entendo o Oliver também porque justamente por ela estar vivendo esse momento, ela acaba exagerando muitas das vezes, ela foi de um extremo ao outro e isso acaba sendo perigoso para ela, não só fisicamente, mas como emocionalmente mesmo. Eu temo até onde isso vai levá-la, principalmente pelo que vem sendo apresentado nos flashforwards, apesar de eu não acreditar que ela tenha mudado de caráter como o futuro está querendo que a gente acredite. Agora com a aparição dessa Blackstar, querem nos fazer acreditar que ela tinha um plano com ela de destruir Star City, mas desistiu no caminho. Olha gente, pode até ser, mas se for isso, tem caroço nesse angu, até porque esses FFs só servem para bagunçar ainda mais a cabeça da gente porque não sabemos que fim levou Oliver, o que diabos aconteceu com a cidade e com o Glades para culminar nesse caos, porque Zoe não está se dando com o pai e qual foi o momento que foi criada essa Marca dos Quatro já que Roy está presente no futuro, mas não no presente, ou seja, muitaaaaaas questões a serem respondidas. 
Enfim, voltando a Olicity, não acho que isso será motivo para separar o casal, inclusive acho importante mostrar que nem só de flores vive um relacionamento, tem crises sim e nem sempre você gosta do que vê na pessoa, mas se a escolha de permanecer junto continua é por muito esforço, dedicação, confiança e, lógico, muito amor que sabemos que esses dois tem de sobra. Até na cena da discussão, eles arrumaram um jeito de serem fofos, plmds <3

Um minuto de silêncio para apreciarmos essa obra de arte.

Eu adorei esse episódio e a temporada parece que deu uma guinada de vez há uns episódios atrás, o que antes eu não tava muito ansiosa para ver o desenrolar, agora tô curiosa com várias coisas. Inclusive, boladíssima com Diggle e Lyla que foram atrás do maldito do Diaz para descobrir sei lá o quê e sem nem avisar ao Oliver e Felicity e é uma das coisas que estou me perguntando o que diabos aconteceu.

Comentem aí o que acharam do episódio e o que mais chamou a atenção de vocês. Próximo episódio é o crossover de Arrow, Flash e Supergirl e só voltaremos com novos episódios em janeiros por conta da parada de fim de ano, ou seja, os mistérios devem continuar no ar até lá e nos resta aceitar e esperar.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Caroline Azevedo

Seriadora de carteirinha. Shipper de plantão. Friendsmaníaca. Viciada em música. Feminista. Meu sonho é ser uma Sense8 e me dividir em várias partes para conhecer esse mundão afora, tudo ao mesmo tempo, agora.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries