Posts Populares

Arrow – S08E04 – Presente Atomic

Um episódio tenso e emocionante nessa temporada final de Arrow

O quarto episódio da temporada final de Arrow nos mostrou o que aconteceu após Mia, William e Connor serem mandados para o passado e encontrarem seus país. Oliver logo de cara percebe que isso é um truque de Mar Novu – o Monitor – enquanto Willian parte para abraçar seu pai, e Mia se mostra desconfiada e com rancor dele. Já Connor perceber que voltou para uma época onde Diggle ainda não o adotou, e René não faz ideia do que aconteceu com Zoe no futuro, que foi morta por J.J., filho de Diggle. Por toda essa situação complicada, o trio decide manter as coisas em segredo, ao menos no começo.

Oliver então pede ajuda a Curtis, que retorna a série após um tempo afastado, seu objetivo é usar a energia que destruiu a Terra 2 para criar uma arma para matar o Monitor. No meio de tudo isso, um novo Exterminador aparece e explode uma bomba no hospital. Logo, o trio do futuro pensa que é J.J., e após tentar prendê-lo sozinhos, Connor acaba revelando que no futuro o filho de Diggle é o vilão, o que deixa todos em choque. Mas agora, no presente, quem assume o manto é Grant Wilson, o outro filho de Slade Wilson, e com o passar do tempo ele será o treinador de J.J.. No meio da discussão, Willian revela algumas coisas sobre o futuro, como a Rede Canário, Renê Prefeito e a morte de Zoe, o que faz com que Renê fique zangado com Diggle.

Diggle que desde o começo vem tendo dificuldades com Connor, que mente para ele desde o primeiro momento. Vemos que Connor se culpa pelo o que seu irmão se tornou, e John passa a evitar seu filho adotivo. Renê tenta aproveitar ao máximo seu tempo com Zoe ainda criança, enquanto Dinah vai conversar com seu amigo sobre tentar mudar o futuro fazendo melhor no passado. Apesar de tudo, a maior dificuldade enfrentada foi a de Mia com Oliver, já que ela não perdoa seu pai por ir embora (morrer), deixando-a sozinha com Felicity.

Quem retorna no episódio é Laurel, que possui uma relação bem mais próximo com Mia e, principalmente Dinah, e ambas combinam a criação da Rede Canário, com uma ajuda de Renê. Este que prepara um pronunciamento para ser eleito pelo povo como representante dos Glades.

Enquanto isso, Grant Wilson prepara um novo cerco, tentando concretizar o que Slade havia tentando durante a segunda temporada da série. Juntando a experiência do antigo Time Arrow, com os conhecimentos futuros do novo Time Arrow, a nova equipe consegue deter o novo vilão, que deve retornar no futuro do Arrowverse, provavelmente na série spin-off de Arrow: “Arqueiro Verde e as Canários”.

Ao final, Dinah consegue convencer Diggle a conversar com Connor, e ambos se reaproximam, enquanto Oliver leva Mia ao túmulo de Robert Queen, servindo de motivação para que pai e filha possam se aproximar de vez. Nos minutos finais do episódio o Monitor aparece para Laurel e diz que ela precisará trair Oliver, caso queira que a sua Terra seja restaurada. Já Curtis consegue descobrir o necessário para criar uma arma capaz de matar o Monitor, mas é necessário equipamento ilegal que é mais fácil de conseguir na Rússia. O futuro de Arrow, e seu final, prometem ser magníficos.

Vale ressaltar uma cena específica e emocionante entre Oliver e seu filho Willian, onde o garoto se assume gay para seu pai, e Oliver diz que ele e Felicity já sabiam, mas queriam dar espaço para que Willian se assumisse. Esse foi um momento bastante emocionante, mostrando a evolução de Oliver como pai e o quanto ele se importa com seus filhos, pedindo desculpa por não estar presente quando ele precisou.

.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Viciado em séries desde sempre. Minhas preferidas são Supernatural e This is Us. Também gosto de filmes, livros e animes.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries