Posts Populares

As Five – S01E02 – Uma mão lava a outra

“Eu achei que eu tava na m****, mas pelo visto todo mundo (está)”

Vou começar essa review hoje pela cena final do episódio que, na minha opinião, foi a melhor dele, sem sombra de dúvidas. As cinco juntas no carro rindo das próprias desgraças me fez abrir um sorriso. A leveza, simplicidade e delicadeza desse momento só comprovou que a química das protagonistas é gigante e a melhor parte da série. A boa interação entre elas pode ser percebida desde Viva a Diferença, mas aqui entra como elemento de maior e principal destaque. Em Malhação, havia vários núcleos interessantes e que davam andamento a história, já agora o foco é unicamente nas cinco e suas vidas profissionais, relacionamentos e cotidiano. E elas estão segurando a narrativa muito bem. Só isso já faria valer a pena assistir As Five, mas ainda existem outros pontos que contribuem para ela estar sendo considerada muito boa.

A cumplicidade que existe entre as amigas também foi bem representada quando Benê vai correndo até a casa de Tina e Anderson para socorrer Ellen, que ligou pedindo ajuda ao passar mal depois de beber muito energético junto com o remédio que ela tomou.

Estou gostando bastante da dinâmica da série também na questão do tempo de cena parecido para todas, de uma forma geral. Mesmo assim, neste episódio, tivemos dois plots mais marcantes que foram o da Lica, que teve uma narrativa com início, meio e fim, bem completinha, e da Ellen, que mostrou o desfecho da pressão que ela estava sofrendo para entregar o trabalho para sua orientadora no tempo determinado.

Tem apenas duas coisas que me incomodam por enquanto: a duração do episódio, que foi muito curto, não chegando nem a trinta minutos direito – a história consegue envolver e quando você já está imerso e querendo mais, o episódio acaba; e o fato de que outros personagens amados aparecem muito pouco. Nesse episódio, o Anderson apareceu só em uma cena e o Guto e a Samantha nem deram as caras. Como disse acima, sei que as cinco são protagonistas e o foco, dessa vez, é somente nelas, os outros personagens são consequências de seus envolvimentos, mas a gente se apega e quer ver mais de carinhas já conhecidas. Por exemplo, foi ótimo rever o MB, mas se ele apareceu por dois minutos foi muito. Não deu nem para saber direito sobre a vida dele hoje em dia, se é dono do restaurante, se ainda está com a K1 e continua amigo do Felipe, essas coisas.

Eu gostaria de saber mais também sobre personagens que não vão aparecer na série, mas fazem parte da história das protagonistas, como Tato e Jota, por exemplo, ex-namorados de Keyla e Ellen, respectivamente. O que aconteceu para os relacionamentos terminarem? Adoraria que em algum momento pontos assim fossem respondidos, só por curiosidade e para as coisas se encaixarem mesmo.

Outro destaque desse episódio foi a Benê como babá do Tonico e jogando futebol com ele e o Nem, o que foi ela como capitã reunindo o time para dar instrução e depois fazendo o gol de cabeça?! Além disso, vimos que o relacionamento de Anderson e Tina anda bem estremecido, tanto que ela até beijou o cara do bazar só porque ele disse que ela ficava bem de roxo, vê se pode isso. Com certeza, teremos mais para frente o desenrolar desse assunto. A participação da Dira Paes como a jornalista Alice Guimarães também foi bem legal, a atriz é maravilhosa e a cena sexy com a Lica fez sucesso na internet.

Por hoje é isso, a review fica por aqui. Me contem o que vocês acharam do episódio e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiza Pinheiro

Carioca da gema e jornalista de corpo e alma. A primeira série que viu mesmo, aquela que a deixou viciada, foi One Tree Hill. Depois disso nunca mais parou e engatou uma depois da outra. Também ligada em cinema, não perde uma cerimônia do Oscar.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries