Posts Populares

Batwoman – S01E10 – How Queer Everything Is Today!

Um episódio focado na sexualidade da protagonista, mas a trama principal ainda não fica de lado.

No começo do décimo episódio de Batwoman, parecia que a série não iria ser muito afetada pela Crise nas Infinitas Terras, mas isso muda nos minutos finais do episódio. Contudo, antes de falarmos sobre isso, vamos falar sobre a trama do episódio.

No começo a Batwoman salva um trem que está desgovernado e iria bater, matando várias pessoas, ela usa um cabo de aço para isso. Contudo, o cabo se solta e quase acerta a heroína, mas ela é salva por um policial, Slam Bradley, que os fãs mais assíduos da DC Comics podem conhecer. Após isso, toda a Gotham começa a falar que o policial e a heroína estão em um relacionamento, o que deixa Kate abalada, já que ela é lésbica e quer que Gotham conheça essa parte da Batwoman, não sua identidade como Kate Kane, mas sua sexualidade.

Já Alice – Beth- e Dormidongo conversam sobre a fantasia de Alice de querer Kate junto deles, para que eles possam viver como uma família de três irmãos. Dormidongo então fala a realidade para sua irmã, enquanto Kate Kane for a heroína da cidade, ela nunca ficará lado a lado com uma vilã. Alice passa a formar um plano para desmascarar Kate, e assim elas fiquem juntas.

Kate e Luke descobrirem que o trem foi hackeado, e agora toda a rede de celulares e TV de Gotham recebem mensagens, mandando entregar milhões em dinheiro, ou os segredos mais sujos de todos iriam vazar na internet. Por esse motivo Luke precisa desligar os computadores da Batcaverna, e Kate tem que lidar com isso sozinha.

Ela então descobre que a responsável é uma garota que ainda está no colégio, e é chamada de Terrier. Seu objetivo era conseguir dinheiro para fugir de casa, já que seus pais não aceitavam sua sexualidade, ela era lésbica. Isso acaba influenciando ainda mais Kate, fazendo com que ela queira ainda mais revelar sua sexualidade.

Contudo, Alice aparece atrás de Terrier, derrotando Kate em uma luta e sequestrando a garota. Ela então obriga a Batwoman a tirar sua máscara, ou Terrier seria morta. Kate obedece, e mais uma pessoa fica sabendo de sua identidade. Alice obriga a menina a hackear novamente a rede telefônica de Gotham, e revelar a identidade de Kate para todas, ou ela morreria. Kate faz Terrier obedece, embora ela quisesse proteger a Batwoman, mas a garota engana a todos, mandando a localização de Alice para os Corvos, e uma mensagem falsa para Alice, revelando a identidade de Kate. Assim, Alice é presa, e toda essa situação acaba convencendo Kate a se assumir como lésbica para o mundo, em uma entrevista feita com Kara Danvers. Como já era esperado, Gotham fica em choque com a revelação.

Em outro lado, temos Mary evitando de lidar com o luto de ter perdido a mãe, e tentando tirar Jacob da cadeia, junto de Sophie. Essa ultima que agora está comando os Corvos, e ao final do episódio ficou responsável por manter Alice presa. Ao que tudo indica, a partir de agora teremos Kate e Mary mais próximas.

Nos minutos finais uma nova Beth aparece no escritório de Kate, mas a heroína não acredita que essa Beth não seja a Alice. Parece que a Crise fez com que uma nova Beth aparecesse em Gotham City, onde ela nunca morreu. Então agora temos uma Beth do bem que sempre viveu ao lado de Kate e que foi criada – ou veio de outra Terra – na Crise, e Alice, a maior rival, inimiga e também irmã da Batwoman.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Viciado em séries e filmes desde sempre. Leitor assíduo e estudante de jornalismo. Um dia vou realizar meu sonho de deixar as séries atualizadas.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries