Um episódio bom e outro voltando aos atuais padrões da série.

Começando pelo episódio 4×03, tivemos até então o melhor episódio da temporada. Não foi nada de sensacional, mas eu realmente não espero mais nada de sensacional de BATB, infelizmente. Eles me surpreendem e me “cativam” quando fazem algo diferente do mesmo que costumam fazer e esse episódio foi bem isso. Senti que as histórias das outras personagens como Heather, o relacionamento de JT e Tess, a amizade de Tess e Cat foram trabalhadas em proporções interessantes. Não sei se vocês notam, mas quando o foco sai um pouco de VinCat e outras relações (independente de serem amorosas ou não) são trabalhadas é até mais fácil da gente se apegar ás personagens, é como se fosse mais “íntimo”. Eu, particularmente, gosto muito mais e para isso acontecer não precisa desfocar completamente do casal, eles continuam sendo o foco da série, mas com outros destaques também pras outras personagens.

Nesse episódio, Cat e Vincent tem uma nova pista que pode levar ao tal do cara que está interessado em descobrir sobre Vincent e contratou o tal assassino de aluguel no primeiro episódio para descobrir informações, mas acabou sendo morto. A suspeita deles é um investidor de luta livre proibidas e que, na maior parte dos casos, as pessoas lutam até morrer. Cat descobre sobre esse cara porque um dos diretores da Segurança Nacional a informa e a avisa que agora ela trabalha para a Segurança Nacional para que possa acobertar os casos sobre fera, já que tem muita coisa em risco. Sendo assim, Cat se vê pensativa e triste por ter que abandonar Tess, ainda mais num caso que quem começou a investigar desde lá do início foi a própria Tess. Claro que isso causa um desconforto entre as amigas e tristeza de depois de tantos anos trabalhando juntas, terem que ficar separadas, mas depois de uma conversa lá no fim do episódio (que foi super bonitinha, inclusive), elas abrem o coração e Cat diz que depois que tudo estiver resolvido, ela vai pensar no que fazer direito, se volta e tal. Eu, sinceramente, acho que no final da série, Tess também vai trabalhar na Segurança Nacional e elas voltarão a trabalhar juntas, não acho que Cat volte.

1

Cat e Vincent resolvem se passar como lutadores e Cat acaba na roda já que a noite é pra só mulheres e olha… Cat arrasa hein? Gostei de ver esse lado mais forte de Cat, porque enquanto Vincent e Tess estavam indo atrás dela para salvá-la depois que o tal fodão lá pegou ela para botar no ringue, ela precisou de ninguém não. Acabou com a raça da mulher sozinha mesmo #GirlPower! Acaba que o tal cara é preso e não tem nada a ver com a história de Vincent, confesso que gostei bastante disso porque continuou naquela vibe do episódio anterior de desfocar do Vincent em alguns episódios, dá uma renovada na série.
Outra coisa que gostei bastante foi o foco na Heather e na relação dela com o Kyle. Posso estar sendo trouxa, mas achei que ele gosta dela mesmo e não tá querendo saber nada de Vincent não, ainn… achei tão bonitinho os dois <3
E vamos combinar que ela resistiu bravamente aquele rostinho lindo né? hahahhahaha
Por falar em casal, Vincent tem me feito dar umas risadas como naquela cena dele louco por Cat querendo uma “rapidinha” no hospital mesmo porque pelo jeito nem tempo pra isso os dois estão tendo né? ahahahahaha
Cat ainda contratou Heather pra dar uma organizada na vida doméstica dos dois mas nem a coitada aguentou, melhorem né casal?

2 3

Quanto a Tess e JT, finalmente ele contou pra ela a verdade sobre não ter aceitado ser empossado como professor e eles tem uma conversa bem franca sobre o assunto onde JT assume não estar pronto para morar junto. Não é novidade que eu não curto muito o casal, mas essa cena foi bonitinha e triste, fiquei com pena da Tess e do casal porque apesar de tudo eles se amam :/

Chegando no episódio 4×04, voltamos um pouco pra mesmice da série, apesar de ter dado um certo “salto” de melhora, não conseguiram voltar muito bem ao plot principal sem dar uma caída. Quando colocaram o sequestro do vice secretário da DNS, eu achei até que iam explorar mais por esse lado porque achei interessante o plot VinCat + o Hill, mas não, foram poucos momentos e voltamos ao usual Vincent e Cat indo atrás de quem fez isso, indo atrás do tal do Robert que eu desde o início já percebi que não era coisa boa, mas eles ingenuamente caíram. Tão espertos e tão burros né? SOS hahaha
O que, pra mim, movimentou mais o episódio foram as discussões VinCat, a mudança um pouco da ótica do casal sempre feliz para as diferenças e, principalmente, a gravidez. Eu confesso que achei interessante o fato de Cat ficar grávida no meio da temporada assim porque teria tempo de desenvolver isso e principalmente porque seria uma loucura cuidar de um filho nessa loucura atual da vida deles, mas os autores optaram por ter esse trunfo lá pro final quando tudo tiver arrumadinho e bonitinho rs
Descobrimos afinal que o tal caçador de recompensas não está atrás de Vincent para capturá-lo e sim para matá-lo, agora o motivo ninguém sabe né? Acho que já tá na hora de revelarem quem é esse cara para mudar um pouco o foco dos episódios de ficar sempre atrás. Espero que no próximo eles já desvendem esse mistério.

1-2

Achei engraçado JT fingindo se passar por agente policial e depois ser capturado por blogueiros, pobre JT hahahaha. Depois deu uma peninha né? Ele refletindo sobre a vida e se dando conta que tudo que ele pensava que era não é mais. Achei importante isso porque é algo que venho reclamando há muito tempo da personagem do JT, o fato da vida dele se resumir a Vincent, acho que isso pode ser um passo importante para a mudança, vamos ver… Ele e Tess continuam separados, mas confesso que prefiro ele como amigos mesmo, mas prefiro que eles sejam amigos felizes com outras pessoas (ou não), mas felizes do que tristes separados, só que acho muito difícil eles não terminarem juntos no final. Uma coisa que veio na minha cabeça vendo o episódio é que JT pode se juntar à inteligência da polícia hein? Acho que tem tudo a ver com o que ele gostar e com a área dele. Não faz sentido?
Bom, acho que é isso né? Não vi nada de interessante e diferente disso que valesse a pena destacar, me sinto me repetindo sobre a história desse caçador, eu realmente não vejo a hora de encontrarem esse cara para mudar um pouco, porque o que vimos de episódio sem esse foco ficou bacana.

Caroline Azevedo
Caroline Azevedo

Complicada e perfeitinha. Me tira tudo, mas não me tira minhas séries e a música. Já que não tenho o meu mozão, shippo os mozões do mundo seriador: Delena, Captain Swan, Olicity e Zade são os principais. Entre os meus vícios, estão The Vampire Diaries, Once Upon A Time, The Originals, Arrow e Supernatural.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: