Posts Populares

Big Brother Brasil 21 – 6° Semana

E a temporada só melhora.

Com o sucesso que foi a temporada passada, foi compreensivo a insegurança dos fãs se as conquistas iriam se repetir nessa edição e apesar de um início bastante pesado, foi inegável que o sucesso continuou. Foi difícil ver Juliette, Lucas e Bill sofrendo enormes pressões psicológicas na mão do gabinete do ódio e apesar de um integrante ainda permanecer na casa, tivemos a nossa vingança eliminando um atrás do outro. Eu venho dizendo desde a saída do Nego Dih que a segunda parte começou, mas eu me enganei, essas ultimas três semanas foram uma semana de transição para a história mudar, quase como os últimos capítulos de uma temporada, houve um encerramento de vários ciclos e agora novas histórias surgem, enterrando as histórias criadas pelo gabinete do ódio e de fato começando uma segunda temporada.

A única coisa boa que o gabinete do ódio trouxe para nós foi finado G3, Gil, Sarah e Juliette foram contra toda maré da casa e declaram guerra ao outro grupo sem saber o quão era odiado aqui fora, isso os fez crescer muito e já era quase certo que se não fossem juntos para um paredão, a final seria entre os três, mas uma das melhores coisas do BBB é o quão imprevisível é e hoje dois que na primeira fase eram nossos heróis são novos grandes vilões. Eu havia cantado a pedra de que a aproximação dos bastiões ao G3 iria dar em uma separação, mas eu não esperava que fosse tão rápido. É engraçado de se ver o quanto a gente ta disposto a relevar as coisas quando gostamos de alguém, isso acontece na vida real e consequentemente em reality, Gil e Sarah não mudaram em absolutamente em nada, a única diferença é que a pessoa que eles botaram para Cristo dessa vez não merecia, eles viram que o público ficou do lado deles e se tornaram soberbos ao ponto de atacar uma aliada porque não concordava com eles, imagina se na segunda agora a Sarah tivesse falado para Carla que ela não ganharia porque iria sair amanhã, ela sofreria ainda mais hate, mas quando fez a mesma coisa com o Nego Di, ela foi ovacionada, são sempre dois pesos e uma medida, não importa a ação, mas sim quem sofreu ela. Não me entendam errado, assim como a maioria eu me decepcionei com os dois, mas quando parei para analisar, eu gostava deles justamente porque eles faziam o que tão fazendo com alguém que não curtia, Sarah sempre se achou e Gil sempre foi leva e trás, estava ali o tempo todo, nós só não percebemos.

Se falamos de dois, precisamos falar do antigo terceiro integrante, a Juliette. A campeã do BBB 21 possui a melhor leitura de jogo de toda a casa e foi isso que a salvou de não capotar junto com Sarah e Gil, assim como eles, ela tinha certeza que o gabinete do ódio estava mal visto aqui fora, mas quando essa história acabou e eles foram para cima da Carla, ela percebeu que ela de fato não tinha feito nada demais e deu um passo para atrás. Podem falar o que for da Juliette, mas se tem uma coisa que ela tem é convicção em si mesma, mesmo todos os seus aliados de um lado, ela permaneceu fiel a si mesma, isso acabou custando caro o seu jogo social e interno, mas aqui fora ela está cada vez mais amada. O jogo da discórdia foi ótimo para Juliette, pois novamente ela saiu de vitima, era o enredo que ela precisava e os participantes deram, escolher ficar do lado da Carla foi ousado, mas foi o que precisava para mostrar o que seus antigos amigos realmente pensavam de si, Sarah apenas a suportava e Gil é um caso a parte que irei falar na review que vem.

Uma vez Gil bêbado disse que a segunda temporada havia começado e que Carla e João seriam protagonistas, em um deles ele acerto. A Carla Diaz tem um perfil de gente planta, é boazinha com todo mundo, não arranja briga e estaria super feliz com seu namorado, mas essa temporada mostrou que ela é diferente de todas as outras, as pessoas estão mais agressivas o que consequentemente fez todos desconfiarem da extrema bondade da Carla. Se ela está atuando ou não, eu não sei, mas ela não fez nada que merecesse tamanho ódio dos outros participantes e são os mesmos participantes que tem feito ela protagonista no jogo, se fosse nas primeiras semanas ela nunca teria ganhado o paredão falso, mas o desejo do público em ver o tombo dos que tinham certeza que ela vazaria fez com que ela ganhasse o melhor presente do jogo.

Desculpa mais uma vez a analogia as séries, mas essa semana foi como o primeiro episódio da nova temporada, muita coisa está sendo preparada para estourar e diversas rixas acontecerem. Eu espero de coração que o retorno da Carla divida de vez a casa e na próxima semana o Arthur saía para termos um BBB raiz.

Aí, Thiago:

  • Toda a treta do arroz foi um completo absurdo, mostrou com toda certeza o quanto falta empatia naquela casa.
  • R.I.P G3
  • O voto do Rodolfo foi uma das coisas mais ridículas nessa edição, uma mulher não tem que estar o tempo todo do lado do seu parceiro e quem é ele para cobrar lealdade quando traiu a Rafa Kaliman.
  • Não entra na minha cabeça ver pessoas querendo o João no quarto, ele não possuía atrito algum com ninguém, mesmo que Carla não faça nada com suas informações, só a sua volta vai ser maravilhosa para ver a cara do novo G4.

Ranking Semanal:

14- Projota- Eu tinha grandes esperanças de que a volta dele e do Arthur juntos fosse fazer ele achar ser favorito e declarar guerra, mas ele voltou querendo bancar o bonzinho, o que é inteligente, mas virou uma planta.

13- Fiuk- É a maior planta da casa, não faz absolutamente nada de relevante

12- João Luiz- zzzzz

11- Thaís- Me incomoda demais ver o tanto de história que ela podia ter puxado para si, mas ignorou por falta de jogo.

10- Pocah- Uma planta, mas tem dado a sorte de se aliar as duas maiores favoritas da atualidade.

9- Rodolfo- Foi líder e serve como número no grupo dos vilões, mas não fará a menor falta.

8- Camilla de Lucas- É muito sensata, mas precisa se comprometer urgentemente.

7- Caio- Me espanta ver como esse cara é falso, combinovoto para se proteger, mas amarelou em cima da hora e já está se preparando para destruir o G4, MANTENHAM ELE.

6- Nega Vihh- Uma das melhores jogadoras, 6 semanas e não recebeu um voto.

5- Arthur- Eu não consigo nem desenvolver um texto para explicar o quão burro e equivocado é esse homem, tem sido maravilhoso ver tanta desilusão.

4- Gilberto- Completamente equivocado, fofoqueiro e sem noção, maravilhoso para o jogo.

3- Sarah- De volta ao topo, mas dessa vez por um motivo ruim, Sarah é a verdadeira vilã dessa temporada e é maravilhoso esse posto estar na mão de uma tamanha jogadora, espero que a partir daqui ela se torne no mínimo o Dr G.

2- Carla- Nem precisa falar né?

1- Juliette- É impressionante a capacidade dessa mulher de puxar o protagonismo para si, ela consegue se tornar a vítima em todas as histórias e possui um dos melhores jogos externos na história.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Ives

Um carioca estudante de engenharia querendo se formar, viciado em realitys shows ao redor do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries