Posts Populares

Big Little Lies – S02E01 – What Have They Done? [SEASON PREMIERE]

Depois dos eventos eletrizantes do final da 1ª temporada, vimos uma season premiere que mostrou os desdobramentos do crime. Além disso, uma figura que vai dar o que falar chegou em Monterey para ameaçar o segredo que Celeste e suas amigas têm guardado.

Temos bastante coisa para comentar sobre essa estreia de temporada. Vamos lá! Mary Louise, interpretada pela incrível e reconhecida Meryl Streep, chegou na cidade para ajudar Celeste a cuidar dos filhos. No entanto, suspeito que não foi só isso que ela foi fazer por lá. A mãe de Perry, assassinado no último episódio da temporada passada, ainda vai dar muito trabalho para as “Monterey Five”. Ela não está lidando muito bem com a morte do filho e eu fico imaginando se a mulher não sabia da personalidade dele, porque é até meio irritante ouvir ela falando diversas vezes durante o episódio como o homem era maravilhoso. Ela é mãe, beleza, mas será que é iludida ou sabia como o rapaz era e só está fazendo a sonsa? Sabemos bem que ele era um machista e agressor, não é? A cena do jantar na casa de Celeste em que a avó dos gêmeos mostra como está sofrendo foi muito intensa e bem interpretada.

Agora, vamos falar rapidamente de Meryl Streep, que chegou com tudo, e a importância que tem a personagem dela. É muito bom vê-la em uma série, o que não é muito comum. Certeza, como já foi mostrado nesse episódio, que Mary Louise vai ser a peça-chave para a condução dessa temporada e para o desfecho da morte do Perry. Será ela a responsável por descobrir o que realmente aconteceu? Ela vai até o final para descobrir a verdade sobre a morte do filho, isso já deu para perceber. E o embate dela com Madeline, hein?! Também foi uma parte importante do episódio. Enquanto Maddie estava tentando fingir demência, Mary Louise começou a agir de uma forma passivo-agressiva falando que não confia em pessoas baixinhas. Foram dois bons embates: no bar da praia e no local onde Madeline trabalha.

Com Celeste ainda tendo vários pesadelos com o ex-marido, Mary Louise sempre está por perto para consolar a nora. Agora, aquele final me deixou bem “Nazaré Confusa”. Como assim “quem estamos planejando matar”? Cenas dos próximos episódios, fiquem atentos!

Algumas partes ainda ficaram meio sem sentido, mas BLL tem essa mania. A série vai jogando algumas cenas que no início parecem avulsas e depois, ao longo da história, você vê que faz todo sentido. Inclusive, me deu a sensação de que o plot da Abby de não querer ir para a faculdade acabou sobrando, pelo menos por enquanto. Vamos ver se mais para a frente vai ter uma função maior na narrativa.

Também senti falta das crianças. No início da temporada passada elas já tinham um papel importante e dessa vez algumas nem apareceram. Espero que isso tenha sido só agora no começo e que mude já no próximo episódio, porque a Chloe, filha da Maddie, e o Ziggy, filho da Jane, por exemplo, sempre foram muito carismáticos. Os que mais apareceram dessa vez foram o gêmeos, filhos da Celeste e Perry, demonstrando que a continuação da investigação da morte do rapaz vai ser mesmo o fio condutor da temporada.

Bonnie não está aguentando a culpa de ter empurrado Perry e tê-lo matado. Assim… eu super entendo que ela está passando por um trauma porque, afinal, matou uma pessoa, mas guardar para si própria a angústia nunca é bom e já que ela só tem as outras mães para falar sobre isso, seria uma boa se abrir. Se bem que pelo que o episódio mostrou, a esposa de Nathan está querendo se abrir mesmo é com a polícia e falar tudo de uma vez. Mas será que ela vai em frente? Acho que vai faltar coragem,hein.

O que vocês acharam dessa volta? Eu senti que o desenvolvimento foi meio lento, mas importante para o andamento da narrativa. Big Little Lies, pelo que já mostrou na season 1, é esse tipo de série que vai te mostrando mais sobre o psicológico das pessoas do que ação propriamente dita. E é isso que deixa você preso para saber o próximo passo que os personagens vão dar. Pelo que parece, o próximo episódio vai ser mais agitado e com Mary Louise colocando mais fogo nas suas suspeitas de que a morte de seu filho não foi apenas um acidente. Deixem suas opiniões e até a próxima review!

Obs: Que saudade que eu estava da abertura dessa série! A música e a fotografia se encaixam tão bem que você assiste com gosto mesmo estando ansioso para ver logo o episódio.

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiza Pinheiro

Carioca da gema e jornalista de corpo e alma. A primeira série que viu mesmo, aquela que a deixou viciada, foi One Tree Hill. Depois disso nunca mais parou e engatou uma depois da outra. Também ligada em cinema, não perde uma cerimônia do Oscar.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries