Posts Populares

Big Little Lies – S02E03 – The End Of The World

Os conflitos interpessoais aumentam

Big Little Lies traz os conflitos interpessoais em uma crescente passivo-agressiva, mas ainda não temos uma real noção de como tudo isso irá culminar, e quantas pessoas sairão ilesas.

A trama de BLL vem se expandindo de forma muito convincente. Com o acréscimo de Mary Louise na trama, as personagens se encontram à beira de uma guerra fria, em que a misteriosa mãe de Perry surge em busca de respostas pela morte do seu filho, e ao que tudo indica, justiça! Mary se recusa em aceitar que seu filho era tudo aquilo que Celeste e agora Jane falam. A aproximação de Jane e Mary cria momentos de tensão e estranheza pela atitude criminatória e machista em que M. Louise insinua que Jane teve culpa por ter sido estuprada. O mesmo acontece com Celeste, quando ela é praticamente acusada e recriminada por tomar os remédios para conter suas dores causadas por Perry. Mary Louise vem criando uma grande tensão, e a cada episódio ela conecta os pontos que envolve as cinco mulheres de Monterey, e o que fica de dúvida é, quando tudo culminar, quem saíra ferido, e quem sairá ileso?

Renata vem se mostrando muito afetada por todas as situações que vem acontecendo em sua vida, e mesmo parecendo que a falência de seu marido seja a principal causa, creio eu que depois desse episódio percebemos que o que aconteceu com Perry é o real motivo. Aliás, o comportamento de Renata vem afetando até mesmo sua filha, que sentiu a pressão do ‘fim do mundo’, mas não só isso, a pressão do estranho comportamento de sua mãe, fazendo a mesma ter uma forte crise de ansiedade. Ao início eu achava Renata uma das que melhor administrava os sentimentos em relação ao ocorrido, mas agora tudo está mudando, e a imprevisibilidade toma conta.

Sobre administrar o incidente ocorrido com Perry, assim como Renata, Madeline para mim era uma das que estava lidando melhor com toda pressão, mas nesse episódio, coincidentemente (ou não) ela também começa a ter suas crises, e por conta da descoberta de sua traição, ela e Ed vão ao psicólogo. Made ao final do episódio está claramente mais abalada, e após uma conversa com Celeste sobre Perry, eu fiquei me questionando se o incidente finalmente tomará conta dos pensamentos dela, dificultando ainda mais toda a situação. O único “problema” nisso tudo, é Mary Louise começar a perceber a estranha atitude de todas essas mulheres que ela já está perseguindo, por assim dizer, ao saber que elas estavam junto de Perry no dia de sua morte.

Por fim temos Bonnie, que nesse episódio começou a ter uma melhor atitude com relação ao grande problema, e Celeste, que tenta administrar a falta que seu marido está fazendo em sua vida. Eu li um comentário que levantou uma teoria bem interessante, sobre Celeste possivelmente sofrer da Síndrome de Estocolmo. Após os acontecimentos desse episódio, que vieram junto com certa negação no momento em que Celeste conversava com sua psicóloga, e ao final, quando ela acaba se masturbando com um vídeo antigo de Perry, a síndrome entraria aqui fazendo muito sentido, já que remete a pessoa que após um longo período sendo exposta a intimidação/agressão, ela passa a ter empatia/amor pelo seu agressor. Ela usa o fato do amor de Perry pelo seus filhos como um escudo para poder ainda o amar, o que demonstra forte conflito e contradição ao que todos nós vimos ela passar. Creio que a personagem vai acabar tendo ainda mais baixas com relação a isso, o que nos faz temer pela personagem, criando uma angústia em nós telespectadores.

O que o destino reserva para as cinco de Monterey? O mistério vem se dissipando, e com certeza teremos briga de cachorro grande por aqui.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ricardo Souza

Tem gente que diz que sou um amorzinho, eu digo que sou um trouxa. Viciado em maratonar séries e ficar na bad depois de assistir tudo em um dia. Amo muito música indie, quando quiser me chamar pra ouvir Florence já sabe onde procurar. Mineiro do interior que não puxa o 'r' quando fala, mas adora um pão de queijo.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries