Posts Populares

Brooklyn Nine-Nine – S06E14 – Ticking Clocks

Mama Magglione, que episódio bom!

B99 já costuma entregar episódios com diálogos ágeis e boas sacadas, mas esse se superou. Acredito que possa ser considerado um dos melhores da temporada depois do “He said, She said”. Foi inteligente, engraçado e rápido, uma das receitas para o sucesso.

A história do hacker foi muito interessante. Eu adoro quando a série também foca nos casos e traz boas soluções. O link entre a ausência de Amy naquele momento na delegacia e toda a situação com o hacker foi certeiro e a explicação bem redondinha. O fato é que não tinha invasor nenhum e Knox não conseguiu enganar a equipe até o final. A Amy admitindo que tinha MPAT (medo de perder algo no trabalho) foi sensacional. Ainda bem que tem né, porque só assim eles conseguiram solucionar realmente o caso. 

Enquanto a corrida contra o tempo acontecia, Jocelyn chegou na delegacia já soltando a bomba: queria terminar o namoro com Rosa. Poxa, agora que achei que ia ver mais dela?! Mas, então, Diaz pede que ela espere dez minutos para eles acharem o hacker. Só que não dando tempo o suficiente e vendo que ia perder a namorada, Rosa deixou o caso nas mãos de Peralta e dos outros e correu para impedir que Jocelyn fosse embora antes de elas se entenderem. Acabou dando tudo certo e as duas se acertaram. Achei maravilhoso a detetive assumindo que ama Jocelyn e que queria manter a relação não para se vingar depois, mas sim porque queria mesmo estar com ela. Não é sempre que Rosa deixa seus sentimentos falarem mais alto do que a postura de durona ou o orgulho, então esse é um momento que merece ser ressaltado.

E que zona as meninas da faculdade fizeram naquela delegacia. Amei a interação com os detetives e a força que uma delas deu pra Rosa ir atrás da Jocelyn. Não que tenha feito diferença porque ela já ia mesmo, mas foi divertida a história sobre o namorado achá-la bêbada nos arbustos. Coitado do Terry que sofreu com elas, cada hora era um “defeito” dele sendo enfatizado.

Por último, não sei muito o que pensar sobre o Hitchcock e o Scully nesse episódio. Tudo bem que eles normalmente são usados apenas para a parte de comédia mais bobinha da série e eu até costumo gostar disso, mas dessa vez me irritou um pouco eles só pensando em comida e não dando a mínima para o que estava acontecendo na delegacia. No entanto, a cena inicial foi bem engraçada e serviu para Jake ter a sua frase de efeito que foi usada durante todo o episódio. Mama Magglione!

Bom, é isso por hoje. O que vocês acharam? Deixem suas opiniões e até a próxima!

Obs: Os dias de glória chegaram para o Peralta e finalmente ele está conseguindo ler as expressões de Holt e saber quando o capitão está tendo uma crise kkkkkk.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiza Pinheiro

Carioca da gema e jornalista de corpo e alma. A primeira série que viu mesmo, aquela que a deixou viciada, foi One Tree Hill. Depois disso nunca mais parou e engatou uma depois da outra. Também ligada em cinema, não perde uma cerimônia do Oscar.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries