Posts Populares

Brooklyn Nine-Nine – S07E05 – Debbie

A temporada começou a engrenar desde o episódio passado, na minha opinião, mas dessa vez se superou. Que loucura foi essa? A protagonista total foi Debbie, a policial parceira do Holt no primeiro episódio da temporada.

Eu já tinha ficado chocada com a última cena do episódio anterior, mas nesse a Debbie surpreendeu ainda mais. Descobrimos que a personagem realmente não bate muito bem, mas no fundo tem um bom coração. Foi engraçado porque podíamos supor muita coisa, até mesmo que ela era, de fato, uma pessoa ruim e corrupta, mas o que foi mostrado aqui é que ela é uma jovem boba, influenciável e muito pressionada pela mãe para ser tão boa quanto o irmão.

A cocaína roubada era evidência contra Silvio Nucci, um famoso chefão do crime. Jake planeja armar uma emboscada para pegar o criminoso no flagra, já que Debbie provavelmente não vai cooperar e entregá-lo. Então, Peralta e Rosa acompanham e enganam a policial, usando-a como isca.

Os dois detetives entram em confronto, pois Jake acredita que Debbie seja uma boa pessoa e que foi praticamente forçada a trabalhar com Nucci, já que este é um homem muito perigoso. Em contrapartida, Rosa acha que a policial tinha opção de não aceitar ajudar o bandido, mas acabou se prestando a fazê-lo.

No fim das contas, Rosa se identifica com Debbie na questão da falta de apoio parental e se solidariza. Eu amo ver esse seu jeito mais suave e empático, é muito interessante quando os episódios mostram isso. E não é que ela realmente conseguiu ajudar a jovem? A detetive falou com o promotor e a pena foi diminuída de trinta para dez anos.

Espero que a personagem apareça outras vezes assim como o Doug Judy, que costuma dar o ar da graça pelo menos uma vez por temporada. Ela poderia ajudar a resolver algum outro caso ou algo assim.

A competição entre Holt e Amy para ver quem conseguia ler mais rápido os diários de Debbie também foi ótima. Fiquei com pena do Charles achando que tinha arrasado por ler devagar e conseguir assimilar mais o conteúdo que estava escrito.

O episódio foi bem dinâmico e divertido. A série costuma acertar muito quando foca em um caso específico e em personagens diferentes com diversas facetas. E vocês, o que acharam? Deem suas opiniões e até a próxima review!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiza Pinheiro

Carioca da gema e jornalista de corpo e alma. A primeira série que viu mesmo, aquela que a deixou viciada, foi One Tree Hill. Depois disso nunca mais parou e engatou uma depois da outra. Também ligada em cinema, não perde uma cerimônia do Oscar.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries