Posts Populares

Cobertura Globo de Ouro 2020

And the Golden Globe goes to…

Olá, pessoal! Quem aí já se recuperou da ressaca de ano novo? Os americanos não só já se recuperaram, como já vestiram o traje de gala pra dar start nas premiações do ano!

A 77ª edição do Globo de Ouro foi apresentada por Ricky Gervais, que falou tantooo, mas tantoooo que só conseguia pensar quão constrangedor estava sendo!

A premiação alternou categorias de Cinema e TV, mas vou separá-las pra poder fazer uma análise mais específica dos vencedores e começarei pelas categorias da TV!

O vencedor da categoria Melhor Ator Coadjuvante foi Stellan Skarsgård, da minissérie Chernobyl. Na categoria Melhor Atriz Coadjuvante, o prêmio ficou com Patricia Arquete da minissérie The Act. A minissérie recebeu 2 indicações e saiu apenas com 1 estatueta.

Quem venceu a categoria Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme foi Michelle Williams por sua atuação em Fosse/Verdon! Em seu discurso de agradecimento, Michelle fez como várias outras pessoas que falaram de política, mas o foco de seu discurso foi mais focado nas mulheres, inclusive pedindo que elas votem consciente para que possam ser representadas. Confere aí! 🙂

“Sou grata pelo reconhecimento das escolhas que fiz e também por ter vivido um momento em nossa sociedade em que a escolha existe porque, como mulheres e meninas, as coisas podem acontecer com corpos que não são nossa escolha. Tentei o meu melhor para viver uma vida de minha própria autoria e não apenas uma série de eventos que aconteceram comigo, mas um que eu poderia me afastar, olhar e reconhecer minha caligrafia por toda parte – às vezes confusa e rabiscada, às vezes cuidadoso e preciso, mas que eu esculpi com minha própria mão. Eu não seria capaz de fazer isso sem empregar o direito de uma mulher de escolher. Escolher quando ter meus filhos e com quem. Quando me senti apoiada e capaz de equilibrar nossas vidas, sabendo que todas as mães sabem que a balança deve e se inclina para nossos filhos.” (Michelle Williams)

Mas na categoria Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme venceu o Russell Crowe, da minissérie The Loudest Voice. Ele não compareceu à premiação pois está na Austrália, mas mandou uma mensagem de agradecimento. A minissérie da HBO, que conta uma história de poder, abusos, média e a manipulação do coração das pessoas para uso do poder, recebeu 2 indicações e venceu apenas 1 delas.

Chernobyl também venceu a categoria Melhor Minissérie ou Telefilme, levando 2 estatuetas das 4 que concorria. Zero surpresas esse resultado, né não?! Desde sua estreia vem sendo super elogiada!

Clique AQUI pra ver o trailer da série

Na categoria Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical, o vencedor foi o azarão Ramy Youssef pela sua atuação em Ramy! No seu discurso de agradecimento, Ramy se mostrou surpreso e ainda comentou que até sua mãe torcia por Michael Douglas! hahaha

Phoebe Waller-Bridge vem se destacando nas premiações e acabou vencendo a categoria Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical pela série Fleabag, que posteriormente acabou vencendo também a categoria de Melhor Série de Comédia ou Musical! A série venceu 2 categorias das 3 em que concorria.

Rainha que é rainha não perde o reinado! O tempo passou em The Crown, Olivia Colman assumiu o protagonismo da série porém o reinado ainda é dela, que venceu a categoria Melhor Atriz em Série Drama por sua atuação em The Crown!

O prêmio de Melhor Ator de Série Drama foi entregue à Brian Cox por sua atuação em Succession, que também foi a vencedora da categoria Melhor Série de Drama! A série da HBO está em sua 2ª temporada e conta a história da família Roy, composta por membros conflituosos que são donos de um império de mídia global que lutam pelo controle da empresa em meio à incerteza da saúde de Logan Roy, o patriarca da família. Succession recebeu 3 indicações e levou 2 prêmios.

Toda premiação tem seus homenageados! Recebendo o Prêmio Carol Burnett por sua excelência na televisão e seus anos de carreira, Ellen DeGeneres! Kate McKinnon foi a responsável por entregar o prêmio à Ellen e ainda admitiu que vê-la na TV a ajudou a se assumir

“Ela arriscou sua vida e carreira para dizer a verdade e ela sofreu grandes represálias. Claro, as coisas mudaram, mas só porque pessoas corajosas como ela se lançaram no fogo pelas mudanças.” (Kate McKinnon)

Clique AQUI para conferir o discurso na íntegra.

“Tudo o que eu sempre quis foi fazer as pessoas se sentirem bem e rirem. Não há sentimento maior do que quando alguém me diz que melhorei o dia com o meu programa ou que os ajudei a passar por uma doença ou um momento difícil em suas vidas. Mas o verdadeiro poder da televisão para mim é que, não que as pessoas assistam ao meu programa, mas as pessoas assistam ao meu programa e então são inspiradas a sair e fazer a mesma coisa em suas próprias vidas, fazer as pessoas rirem ou serem gentis ou ajudarem alguém menos afortunado que eles é o poder da televisão. Sou muito grata por fazer parte disso. Muito obrigado a todos ” (Ellen DeGeneres)

Quem também foi homenageado foi o brilhaaaante Tom Hanks, recebendo o Prêmio Cecil B. DeMille das mãos de Charlize Theron, que fez um belo discurso relembrando seu teste para o filme The Wonders: O Sonho Não Acabou em 1996, confira AQUI na íntegra.

Quando subiu ao palco, Tom se emocionou diversas vezes e alegou um resfriado para “justificar” a voz falhando! hahaha

“Um homem é abençoado quando tem a família sentada na fileira da frente, como agora. É abençoado quando tem cinco filhos que são mais sábios que o seu velho pai.”

Palavras de Tom ao ver sua mulher e seus filhos sentados em sua mesa, e ele ainda citou vários de seus colegas, inclusive Charlize em seu discurso. Confira AQUI na íntegra.

E agora chegou a hora de falar de filmes! 🙂

Parasite, filme da Coréia do Sul, foi o vencedor da categoria Melhor Filme Estrangeiro. Ele conta a história da família de Ki-taek que está toda desempregada, vivendo em um porão sujo e apertado. Ki-taek passa a dar aulas de inglês a uma garota de família rica o que faz com que toda sua família fique fascinada com a vida luxuosa, a ponto de criar um plano para se infiltrarem nela. A crítica do filme é bem positiva e o reconhecimento veio!

Clique AQUI pra ver o trailer do filme.

O filme Missing Link, ou Link Perdido como foi conhecido aqui no Brasil, desbancou vários favoritos da Disney e venceu a categoria Melhor Animação!

Clique AQUI pra ver o trailer do filme.

A categoria Melhor Diretor não teve nenhuma mulher indicada esse ano, acho que regredimos aí, hein Senhor Golden Globe?! Mas deixando a polêmia de lado, Sam Mendes foi o vencedor por seu trabalho no filme 1917!

Sem grandes surpresas, Quentin Tarantino foi o vencedor da categoria Melhor Roteiro pelo filme Once Upon a Time… in Hollywood. Ainda se tratando do mesmo filme, Brad Pitt venceu a categoria Melhor Ator Coadjuvante. A noite prometia pra eles

Já na categoria Melhor Atriz Coadjuvante, quem venceu foi Laura Dern por sua atuação em Marriage Story! O filme era o líder de indicações e venceu apenas 1 das 6 categorias em que concorria.

É azarão que fala?! Hildur Guðnadóttir foi a vencedora da categoria Melhor Trilha Originalpor seu trabalho em Joker! Essa foi a sua 1ª indicação ao Globo de Ouro e ano passado ela havia sido indicada ao Emmy por seu trabalho em Chernobyl e venceu! Arrasou!

E aqui uma surpresa, ao menos pra mim! A música “(I’m Gonna) Love Me Again” do filme Rocketman foi a vencedora na categoria Melhor Canção Original! Elton John e Bernie Taupin, os compositores, subiram ao palco para receber o prêmio.

Ouça a música clicando AQUI.

Rocketman também foi premiado na categoria Melhor Ator de Comédia ou Musical que teve Taron Egerton como vencedor. Em seu discurso, ele obviamente agradeceu Elton John. Das 3 categorias que Rocketman concorria, o filme venceu 2 delas.

Já na categoria Melhor Atriz de Comédia ou Musical, a vencedora foi Awkwafina, pelo filme The Farewell.

E totalizando 3 prêmios na noite das 5 indicações, o vencedor da categoria Melhor Filme de Comédia ou Musical foi o filme Once Upon a Time… in Hollywood, ou Era Uma Vez em… Hollywood como é chamado no Brasil.

Clique AQUI pra ver o trailer do filme.

Renée Zellweger venceu o prêmio de Melhor Atriz de Drama por sua atuação no filme Judy. Renée destacou seu retorno às premiações após um período em que andou sumidinha.

A categoria só tinha gente boa, mas todos já sabiam quem era o real merecedor do prêmio, né não?! Por seu belíssimo trabalho em Joker, Joaquin Phoenix venceu a categoria Melhor Ator de Drama! Ele fez um gigante discurso de agradecimento, mas foi enaltecido pelos colegas.

“É muito bom que tantas pessoas tenham enviado seus melhores votos para a Austrália, mas temos que fazer mais do que isso. Felizmente, podemos ser unificados e realmente fazer algumas mudanças. É ótimo votar, mas às vezes temos que assumir essa responsabilidade e fazer mudanças e sacrifícios em nossas próprias vidas. Não precisamos levar jatos particulares para Palm Springs para os prêmios .” (Joaquin Phoenix)

E o prêmio final da noite, da categoria Melhor Filme de Drama ficou com o filme 1917! Com 3 indicações, o filme venceu 2 delas. O filme trata de um dos momentos críticos da 1ª Guerra Mundial, onde dois soldados britânicos Schofield e Blake recebem uma missão aparentemente impossível: em uma corrida contra o tempo, eles devem cruzar território inimigo e entregar uma mensagem que cessará o ataque brutal de milhares – entre eles, o irmão de Blake.

Clique AQUI pra ver o trailer do filme.

E em uma noite cheia de surpresas, tivemos Once Upon a Time… in Hollywood como maior vencedor da noite, seguidos de Joker, Rocketman e 1917 com 2 prêmios cada, porém esse último com o prêmio principal da noite. The Irishman e The Two Popes saíram de mãos abanando!

A lista completa dos vencedores vocês podem conferir logo abaixo! O que acharam dos vencedores? Comentem aí… e até a próxima!

CINEMA

Melhor Filme de Drama

  • 1917
  • Joker (Coringa)
  • Marriage Story (História de um Casamento)
  • The Irishman (O Irlandês)
  • The Two Popes (Dois Papas)

Melhor Ator de Drama

  • Adam Driver (Marriage Story)
  • Antonio Banderas (Dor y gloria)
  • Christian Bale (Ford vs Ferrari)
  • Joaquin Phoenix (Joker)
  • Jonathan Pryce (The Two Popes)

Melhor Atriz de Drama

  • Charlize Theron (Bombshell)
  • Cynthia Erivo (Harriet)
  • Renée Zellweger (Judy)
  • Saoirse Ronan (Little Women)
  • Scarlett Johansson (Marriage Story)

Melhor Filme de Comédia ou Musical

  • Dolemite Is My Name (Meu Nome É Dolemite)
  • Jojo Rabbit
  • Knives Out (Entre Facas e Segredos)
  • Once Upon a Time… in Hollywood (Era Uma Vez em… Hollywood)
  • Rocketman

Melhor Ator de Comédia ou Musical

  • Daniel Craig (Knives Out)
  • Eddie Murphy (Dolemite Is My Name)
  • Leonardo DiCaprio (Once Upon a Time… in Hollywood)
  • Roman Griffin Davis (Jojo Rabbit)
  • Taron Egerton (Rocketman)

Melhor Atriz de Comédia ou Musical

  • Ana de Armas (Knives Out)
  • Awkwafina (The Farewell)
  • Beanie Feldstein (Booksmart)
  • Cate Blanchett (Where’d You Go, Bernadette)
  • Emma Thompson (Late Night)

Melhor Ator Coadjuvante

  • Al Pacino (The Irishman)
  • Anthony Hopkins (The Two Popes)
  • Brad Pitt (Once Upon a Time… in Hollywood)
  • Joe Pesci (The Irishman)
  • Tom Hanks (A Beautiful Day in the Neighborhood)

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Annette Bening (The Report)
  • Jennifer Lopez (Hustlers)
  • Kathy Bates (Richard Jewell)
  • Laura Dern (Marriage Story)
  • Margot Robbie (Bombshell)

Melhor Filme Animado

  • Frozen II (Frozen 2)
  • How to Train Your Dragon: The Hidden World (Como Treinar Seu Dragão 3)
  • Missing Link (Link Perdido)
  • The Lion King (O Rei Leão)
  • Toy Story 4

Melhor Filme Estrangeiro

  • Les Misérables (France)
  • Pain and Glory (Spain)
  • Parasite (South Korea)
  • Portrait of a Lady on Fire (France)
  • The Farewell (USA)

Melhor Canção Original

  • Cats – “Beautiful Ghosts” (Taylor Swift, Andrew Lloyd Webber)
  • Frozen II – “Into the Unknown” (Kristen Anderson-Lopez, Robert Lopez)
  • Harriet – “Stand Up” (Joshuah Brian Campbell, Cynthia Erivo)
  • Rocketman – “(I’m Gonna) Love Me Again” (Elton John, Bernie Taupin)
  • The Lion King – “Spirit” (Beyoncé, Timothy McKenzie, Ilya Salmanzadeh)

Melhor Trilha Original

  • Alexandre Desplat (Little Women)
  • Daniel Pemberton (Motherless Brooklyn)
  • Hildur Guðnadóttir (Joker)
  • Randy Newman (Marriage Story)
  • Thomas Newman (1917)

Melhor Roteiro

  • Anthony McCarten (The Two Popes)
  • Bong Joon-ho and Han Jin-won (Parasite)
  • Noah Baumbach (Marriage Story)
  • Quentin Tarantino (Once Upon a Time… in Hollywood)
  • Steven Zaillian (The Irishman)

Melhor Diretor

  • Bong Joon-ho (Parasite)
  • Martin Scorsese (The Irishman)
  • Quentin Tarantino (Once Upon a Time… in Hollywood)
  • Sam Mendes (1917)
  • Todd Phillips (Joker)

TELEVISÃO

Melhor Série de Drama

  • Big Little Lies
  • Killing Eve
  • Succession
  • The Crown
  • The Morning Show

Melhor Ator de Série Drama

  • Billy Porter (Pose)
  • Brian Cox (Succession)
  • Kit Harington (Game of Thrones)
  • Rami Malek (Mr. Robot)
  • Tobias Menzies (The Crown)

Melhor Atriz em Série Drama

  • Jennifer Aniston (The Morning Show)
  • Jodie Comer (Killing Eve)
  • Nicole Kidman (Big Little Lies)
  • Olivia Colman (The Crown)
  • Reese Witherspoon (The Morning Show)

Melhor Série de Comédia ou Musical

  • Barry
  • Fleabag
  • The Kominsky Method
  • The Marvelous Mrs. Maisel
  • The Politician

Melhor Ator em Série de Comédia ou Musical

  • Ben Platt (The Politician)
  • Bill Hader (Barry)
  • Michael Douglas (The Kominsky Method)
  • Paul Rudd (Living with Yourself)
  • Ramy Youssef (Ramy)

Melhor Atriz em Série de Comédia ou Musical

  • Christina Applegate (Dead to Me)
  • Kirsten Dunst (On Becoming a God in Central Florida)
  • Natasha Lyonne (Russian Doll)
  • Phoebe Waller-Bridge (Fleabag)
  • Rachel Brosnahan (The Marvelous Mrs. Maisel)

Melhor Minissérie ou Telefilme

  • Catch-22
  • Chernobyl
  • Fosse/Verdon
  • The Loudest Voice
  • Unbelievable

Melhor Ator em Minissérie ou Telefilme

  • Christopher Abbott (Catch-22)
  • Jared Harris (Chernobyl)
  • Russell Crowe (The Loudest Voice)
  • Sacha Baron Cohen (The Spy)
  • Sam Rockwell (Fosse/Verdon)

Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme

  • Helen Mirren (Catherine the Great)
  • Joey King (The Act)
  • Kaitlyn Dever (Unbelievable)
  • Merritt Wever (Unbelievable)
  • Michelle Williams (Fosse/Verdon)

Melhor Ator Coadjuvante

  • Alan Arkin (The Kominsky Method)
  • Andrew Scott (Fleabag)
  • Henry Winkler (Barry)
  • Kieran Culkin (Succession)
  • Stellan Skarsgård (Chernobyl)

Melhor Atriz Coadjuvante

  • Emily Watson (Chernobyl)
  • Helena Bonham Carter (The Crown)
  • Meryl Streep (Big Little Lies)
  • Patricia Arquette (The Act)
  • Toni Collette (Unbelievable)

Talvez Você também goste de...

21.09.2020 Cobertura Emmy 2020
emmy 2020 28.07.2020 Indicados Emmy 2020

gostou da matéria? deixe um comentário!

Clarice Calil

Engenheira de Computação, apaixonada por The Voice, tanto é que virou legender e dona do Grupo Sub Voice! No Panela de Séries comentará sobre o The Voice, fará as coberturas das premiações e irá se aventurar em algumas séries. E também cuidará da administração do site, afinal backstage é com ela mesma.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries