Será que teve bunda no funk no #DançaDosFamosos desse domingo com os Homens?

No episódio desse domingo tivemos o ritmo FUNK, e foi a vez dos homens e suas professoras. Quando ouço funk já penso em bumbum granada, tem que ter bunda, não existe sem! Existe sim outros tipos de movimentos que não exigem bumbum, recentemente os passinhos que surgiram na favela e tem feito muito sucesso e são dificílimos, surgiram pra mídia pouco antes da copa do mundo em 2014. Portanto para uma apresentação de funk no #DançaDosFamosos eu cobro rebolado, cobro sensualidade, cobro aqueles passinhos que citei e um corpo bem leve, trabalhado na malemolência.

PS.: Não é só a mulher que rebola viu? Muito fácil apenas a mulher rebolar, quero os homens também! Não vejo melhor definição de funk do que mexer a bunda. Isso de apenas a mulher rebolar é plenamente cultural, Deus deu bunda pra todos, vamos usar?

Não tem como não lembrar de Rodrigo Simas, irmão do Felipe Simas, em 2012, ele arrasou em todos os estilos e claro no funk deu um show com uma abundância invejável.

Do ritmo do forró, na enquete do site, tivemos soberania do BRENNO e sua professora RACHEL, concordando com os comentários meus e do meu ajudante no episódio há duas semanas. Brenno teve 90% dos votos! PARABÉNS. Ele e Rachel estão conquistando cada dia mais o público.

capturar

***********

PS2.: Parabenizar ao Faustão pela crítica ao governo golpista sobre a reforma do EM.

PS3.: Parabenizar ao Faustão por se desculpar da escolha das músicas do ritmo do forró nas duas última semanas, escolhendo músicas sertanejas tocadas no forró ao invés de músicas de FORRÓ.

***********

De jurados do presente episódio tivemos Diego Hypolito, Ellen Roche, Sonia Racy, Fly e Nakamura.

Os comentários foram postados na ordem de apresentação e tive ajuda da linda linda linda CLARICE CALIL.

**

Brenno Leoni e Rachel Drodowsky

brenno-leone-e-rachel-drodowsky-funk-2

Clique AQUI para assistir.

JEAN: Faltou bunda. Contei apenas três vezes, em 0:30, 1:00 e 2:00. Você não precisa fazer vários movimentos técnicos pra dançar o funkFora isso, na apresentação de Brenno tiveram muitos movimentos técnicos e dificílimos, que eu queria muito aprender a fazer, como aqueles ‘passinhos’ que ficou muito comum na época da Copa do Mundo aqui no BR. A energia do casal é muito bacana e o Brenno sabe seduzir as minas e os minos també (rs). Nota: 8,5.

CLARICE: Adoro o entrosamento deles, que vieram super bem hoje. Rachel deixou espaço pro Brenno brilhar e ele correspondeu. Quando estavam juntos, era melhor ainda. A energia deles estava contagiante e arrasaram do começo ao fim, amei! Nota: 9,5

**

Nego do Borel e Juliana Fructuozo

nego-do-borel-e-juju-fructuozo-funk-4

Clique AQUI para assistir.

 

JEAN: Novamente Nego do Borel veio com umas coisas estranhas ao longo da apresentação, na parte solo, e no final exagerou completamente. É GOSTO individual, eu não vejo graça (apenas no primeiro episódio), mesmo embora o funk ainda permita tal. Uma coisa é clara, aqui TEVE BUNDA, algumas reboladas ficaram feias, mas teve e foram visíveis. Isso que eu pedi na apresentação de BRENNO, reboladas visíveis para o público. Outra coisa, agora que eu também não curti muito foram os muitos movimentos no chão, particularmente também não gosto. Nota: 8,8

CLARICE: Todo final de apresentação do Nego do Borel fico me questionando que diabos foi aquilo. Ele me causa tanta vergonha alheia hahahaha O ritmo é super favorável a ele, tanto que achei que faltava um freio em alguns movimentos pois ele estava bem mais acelerado que Juju. Nos solos dele, houve exagero, caras e bocas em excesso e tudo isso me incomodou. Nota: 9

**

Sidney Magal e Camila Lobo

sidney-magal-e-camila-lobo-funk

Clique AQUI para assistir.

 

JEAN: Valeu a tentativa do quadradinho, antes tentar que não fazer. O quadradinho foi todo errado né gente, a roupa também não colaborou muito, ou erro do Magal mesmo não ter levantado a camisa nos momentos de rebolar, que foram poucos e bem mal executados. A coreografia foi bem lenta, em comparação com as anteriores, existe sim um funk mais lento, mais sensual (o que não foi o caso), porém também é questão de gosto, não gosto. Admiro a garra do Magal, o quadro tem sido uma grande experiência para ele, conhecimento de música e conhecimento corporal, mas temos que ser críticos. Ele mexeu muito mais os ombros e braços que o restante do corpo, e estamos falando de funk. Nota; 3,0

CLARICE: Camila pegou bem leve com Magal, fez uma coreografia de funk super mais lenta, que exigia bem menos dele e que soube trabalhar bem nisso. Ele fez alguns poucos passos de deslocamento, ousou num quadradinho e de resto mexeu mais as mãos e ombros enquanto ela brilhava. Eu ainda mantenho minha opinião de que Magal é a maior decepção pois ele já tem o lado performer dele, mas segue travado no Dança. Porém, achei essa a melhor apresentação dele no programa. Nota: 8

**

Rainer Cadetti e Juliana Valcézia

rainer-cadete-e-juliana-valcezia-funk-6-danca-dos-famosos

Clique AQUI para assistir.

 

JEAN: O que eu estava pedindo desde a primeira apresentação mesmo? SIM, teve bunda, teve energia, o que não teve nessa apresentação foi separação de movimentos femininos e masculinos, tudo foi dançado por todos, eu adorei. O cabelo platinado foi show, sexy, eu quero dançar com o Rainer. A roupa também, correta, possibilitou a visualização dos movimentos. Não tenho críticas pra essa apresentação. Nota: 10.

rainer

CLARICE: MEU DEEEEEEUS!!!! Hahahahaha Rainer e Juliana estavam no 220V, mas ambos na mesma vibe, arrasando tanto nos passos solo quanto juntos. A química deles é contagiante, e sinto neles o mesmo que sinto por Brenno e Rachel, mas achei essa coreografia mais pesada e intensa, onde Rainer sustentou toda essa ousadia. Achei também que essa foi a que mais trouxe aquela sensualidade a flor da pele que o funk exige. Nota: 10

**

Felipe Simas e Carol Agnelo

felipe-simas-e-carol-agnelo-funk-5

Clique AQUI para assistir.

 

JEAN: Faltou bunda. Achei a coreografia muito rica, extremamente rica em movimentos muito complicados, e eu valorizo muito a dificuldade (igual na ginástica, a nota de corte sai maior que de uma coreografia mais básica). Teve muita capoeira, acredito que ele é o único da competição a conseguir fazer isso, e ele pode aplicar muito bem ao funk, e poderá também ao HIP HOP, se tiver, mesmo embora acreditando que hoje a coreografia e algumas músicas foi meio misturado entre funk e hip hop. Adorei ver a alegria dele ao fim da coreografia. Nota: 9,5

CLARICE: Felipe e Carol vieram com uma vibe diferente dos demais, achei uma coreografia com vários passos diferente dos demais, sincronia incrível. Carol super esperta sabe usar a agilidade que ele tem da capoeira a favor e deixou Felipe brilhar nos solos. Posso estar errada, mas foi a única dupla que não fez quadradinho e gostei pois o funk não se limita a isso, Carol foi criativa na coreografia. Nota: 9,5

**

Marcelinho e Yanca Guimarães

car-1056

Clique AQUI para assistir.

 

JEAN: Teve bumbum. Adorei a entrega do Marcelinho ao funk, uma notável melhora das últimas apresentações. Alguns movimentos ficaram sem ligação, alguns momentos ficaram meio lentos, porém foram executados muitos movimentos ao longo da coreografia. Agora, a Yanca foi de arrepiar, desde a roupa dela, que arraso, linda, linda de viver! E a bicha arrasou por demais no funk, rebolou muito, adorei. Yanca é demais. Nota: 8,0.

CLARICE: E Marcelinho segue melhorando… Yanca, assim como Camila que dosou a coreografia com Magal, dosou a coreografia com Marcelinho, mas ao mesmo tempo conseguiu fazer o ex-atleta se soltar mais e mais. Houve nítida melhora tanto no jeito tímido dele quanto no jeitão travado, mas tá longe de ser o ideal. Nota: 8,5

****

Por fim tivemos a classificação final, acumulado das semanas passadas:

 

1ª) Nego do Borel e Juju Fructoso – 88,9

2ª) Felipe Simas e Carol Agnelo – 88,4

3ª) Rainer Cadete e Juliana Valcézia – 87,7

4ª) Brenno Leone e Rachel Drodowsky – 87,3

5ª) Sidney Magal e Camila Lobo – 83,7

****

Vote na melhor apresentação de funk desse domingo:

****

Forte abraço meus lindos, até semana que vem com #TeamMulheres no funk. Beijão.

Jean Marinozi
Jean Marinozi

Maringaense de 24 anos amado pelo povo brasileiro. Um homem que ama refletir, observar, abraçar, sair pra comer e ser surpreendido. Acompanho e adoro com muita força competições de música e dança do mundo a fora, seriados e livros de magia e investigações criminais.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: