Well, shake it up, baby, now. E os homens trouxeram interpretação de galãs e nerds no Rock anos 60 no #DançaDosFamosos.

No episódio deste domingo tivemos o ritmo do Rock Anos 60, eu amo, e como comentei na review anterior eu já até dancei com minha prima na festa de 15 anos dela em 2009. Arrasamos! Criei toda a coreografia com base na dança da Katiuscia Canoro (rs).

No funk, segundo a enquete proposta pelo site, tivemos concordância mais uma vez com os nossos comentários e Rainer Cadete junto a sua professora foram os mais votados, confira:

resultados-funk**

DESCRIÇÃO

Dessa vez é a vez dos homens e o Rock, assim como qualquer outro estilo, o homem comanda a pegada e conduz a dama todo instante. É um ritmo despojado, alegre, enérgico, com movimento de braços de pernas, foi um ritmo que trouxe a liberdade dos movimentos naquela época. Foi um ritmo onde até o mais tímido se soltava para dançar pois não tinha tantas regras, era um estilo livre, de chutes no ar, de cambalhotas, estalar de dedos, giros, de passar as mãos no rosto, mexer joelhos, pulinhos pra trás e para frente, quase um exercício de funcional, uma brincadeira. E ainda permite uns aéreos, na época não tinha tanto, mas amo e prefiro que tenha hoje em dia. A interpretação desse estilo vai desde o playboy de jaqueta de couro, galã/conquistador de jaqueta de couro, até o mocinho nerd que se joga na pista com camisa e gravata borboleta. As mulheres, idem, vestido de bolinha em suma, com lenços, na cabeça ou cintura.  

**

Trazendo comentários auxiliares aos meus trouxe hoje CLARICE, e assim seguimos comentando na ordem de apresentação.

**

Marcelinho e Yanca Guimarães
car-2678

Para assistir à apresentação clique aqui.

JEAN: O casal dançou bem, adoro essa música, super alegre e enérgica. Achei uma coreografia simples mas bem característica da época, apenas achei muito decorada, com muitas pausas entre os movimentos, dava pra perceber quando um terminava e começava outro, ou seja, faltou conexão. Faltou agilidade em 0:40 e em 1:20 deu alguma coisa errado porque não ficou legal. E também, melhorar nas finalizações, é um ritmo pra mostrar alegria, quando mais espaço ocupar com o corpo melhor. Nota: 7,5.

CLARICE: A melhora do Marcelinho é algo super visível, assim como também é visível que mesmo ele melhorando, está tecnicamente abaixo dos 4 bons (Simas, Rainer, Brenno e Nego do Borel). Ele está mais solto, mas ainda falta agilidade pra ele. Rock são passos rápidos, faltou marcá-los melhor, assim como faltou finalizar melhor alguns braços e pernas. Em alguns momentos senti falta de ritmo também, mas ele tem se esforçado pra melhorar e já dá pra perceber que ele se diverte ali. Nota: 8

**

Sidney Magal e Camila Lobo
car-2771

Para assistir à apresentação clique aqui.

 

JEAN: Não consigo nem pontuar coisas boas, porque não teve e nem coisas ruins, porque foi a apresentação toda um fracasso. Atraso de coreografia, a Camila tem que dançar pelos dois, tem que lembrar o Magal dos movimentos durante a apresentação, ela mesmo se guiava, ela puxava a mão do Magal, ela mesmo se girava, ela fez exercícios pra lombar em 0:20s, pois nem encostou a cabeça na perna de Magal. Enfim, ainda bem que tivemos logo o primeiro corte. Nota: 2,0.

CLARICE: Magal segue sendo uma decepção pra mim no Dança 2016, achei que pelo gingado dele no palco ele fosse ahazar na competição, mas está super travado. O que parece mais é que Camilla brilha sozinha e usa o Magal como coadjuvante em sua coreografia, visto que ele mal dá conta de muitos passos e coisas ousadas. E é assim que eles seguem semana após semanas… ele faz alguns passos básicos, alguns mãos chacoalhando no ar e serve de apoio pra ela divar. Sinceramente? Que vá logo pra repescagem… Nota: 7

**

Felipe Simas e Carol Agnelo
car-2598

Para assistir à apresentação clique aqui.

 

JEAN: Até agora os melhores. Felipe trouxe um personagem nerdzinho, tímido, que na dança se liga no 220V e se solta, interpretou muito bem, a curvatura da coluna, os joelhos juntos, o olhar junto ao óculos e ao cabelo lambido. Foi uma coreografia bem rápida, com conexões entre os movimentos muito bem executada, teve quase todos movimentos que citei quando exemplifiquei o estilo do Rock no começo da review. Eu não gosto, particularmente, de movimento no chão, deitados ou sentados, prefiro apenas em pé, e já comentei isso em episódios e temporadas anteriores. Nota: 9,8

CLARICE: JESUS MARIA JOSÉ!!! Eu cansei só de olhar… hahahaha Que energia eles tem!!! To passada! hahaha Felipe e Carol tem uma química incrível e vieram pra matar todos hoje, começando super acelerados, uma agilidade imensa, Felipe todo trabalhado no personagem, mandaram super bem nos passos juntos e teve espaço pra que brilhassem sozinhos também. Algo que foi citado entre o juri e eu concordo… os passos sempre muito bem marcados e finalizados. Nota: 10

**

Nego do Borel e Juliana Fructuozo
car-2817

Para assistir à apresentação clique aqui.

 

JEAN: Finalmente o Júri viu que toda essa caricatura é uma chatice e tiraram pontos. Ele poderia usar isso a seu favor, mas só conseguiu me enjoar, parece que todo ritmo é o mesmo ritmo, precisa tomar muito cuidado com isso. E ele tem muito gingado, pega coreografia rápido, tem flexibilidade, agilidade, ele pode arrasar muito e chegar na final, se e somente se, se dedicar mais a técnica que na teatralidade cômica. Nota: 8,0

CLARICE: Pela primeira vez eu o vi perdendo os passos na coreografia, achei que ele se perdeu diversas vezes, perdia contagem, não deu conta e talz, mas isso tudo na 1ª parte da coreografia, porque na 2ª parte tinha os solos dele e vimos novamente o Nego do Borel caricato que eu tanto odeio. O povo aparentemente adora isso e Juju vem insistindo nesses solos pra ele “soltar a franga”, e eu já acho que ele se solta demais e estraga a coreografia. Nota: 8,5

**

Brenno Leoni e Rachel Drodowsky
car-2860

Para assistir à apresentação clique aqui.

 

JEAN: Adorei, o casal fez junto de Felipe Simas e Carol os melhores casais até agora. Ele trouxe um personagem de galã, playboy, com uma calça, minha nossa senhora, apertadinha. Foi uma coreografia ágil, cheia de conexões muito bem executadas também, teve vários dos movimentos que citei no começo da review que caracterizam esse estilo de dança, de giros, a saltos, chutes etc. Teve mais uma vez o movimento no chão, que eu não gosto, porque quebra a rotina coreográfica, e prejudica a avaliação dos jurados. O casal teve um brilho um pouquinho inferior ao casal Simas e Carol hoje. Nota; 9,7.

CLARICE: Com Brenno e Rachel consigo sentir a mesma boa energia de Felipe Simas e Carol, ela sabe do potencial do Brenno e vai aumentando o grau de dificuldade nas coreografias e ele vai acompanhando. A química deles é boa e a coreografia de hoje veio cheia de agilidade com tudo muito bem finalizado. Nota: 9,5

**

Rainer Cadetti e Juliana Valcézia
car-2892

Para assistir à apresentação clique aqui.

 

JEAN: Rainer começou bem mas do meio pro fim ele tentou ser alguém que ele não é. Fez diversos movimentos característicos, adotaram uma coreografia rápida também, realizaram alguns aéreos legais, teve giros, chutes, saltos, mas fez palhaçada, e no fim mostrou a cueca. Não teve lógica. Nota: 8,5.

CLARICE: Hoje não curti muito não, achei exagerado demais. Começaram bem, rolou beijão hahahaha, mas quando entrou nos solos eu já desgostei… senti vergonha alheia porque Rainer inventou de ser caricato como tudo que odeio em Nego do Borel. Daí por fim, arrancou as calças e eu morri de rir hahahahaha Mas acho que criei expectativas demais pra eles porque quando acabou tive a impressão de que poderia ter sido melhor. Nota: 9

**

CLASSIFICAÇÃO FINAL

1ª) Felipe Simas e Carol Agnelo – 118,1

2ª) Nego do Borel e Juju Fructozo – 117,9

3ª) Rainer Cadete e Juliana Valcézia -117,2

4ª) Brenno Leone e Rachel Drodowsky – 116,4

5ª) Marcelinho e Yanca Guimarães – 112,2

6ª) Sidney Magal e Camila Lobo – 112

**

Com isso, Felipe (que assumiu a liderança WOOOOOOW), Nego do Borel e Rainer seguem para a próxima etapa e Brenno, Marcelinho e SidneyzZzZzZzz vão disputar 2 vagas na repescagem junto com mais 2 casais da semana que vem na disputa da mulheres no Rock. Facilmente, Brenno Leone terá uma dessas vagas da repescagem. FACILMENTE.

**

O que vocês acharam deste episódio sobre Rock anos 60? Todas apresentações foram boas? Qual foi a melhor? Vote na enquete abaixo:

**

A review está então encerrada, aguardo vocês semana que vem no #TeamMulheres no Rock anos 60. Um forte beijo e abraço a todos.

Jean Marinozi
Jean Marinozi

Maringaense de 24 anos amado pelo povo brasileiro. Um homem que ama refletir, observar, abraçar, sair pra comer e ser surpreendido. Acompanho e adoro com muita força competições de música e dança do mundo a fora, seriados e livros de magia e investigações criminais.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: