Posts Populares

Dancing Brasil – S01E13 – Final [SEASON FINALE]

E o casal vencedor (fan favorite) e o casal vencedor (moral) da competição, são…

Boa noite gente, chegamos no grande dia, a #Final da 1ª temporada do #DancingBrasil. Nesta final, temos: Léo Miggiorin, Jade Barbosa e Maytê Piragibe, e seus respectivos professores.

Maytê e PV conquistaram meu coração desde o começo, a harmonia entre o casal veio desde o primeiro programa, e claro, o PV em particular já ganhou meu coração, rapaz lindo, gentil, fofo e dança pra caralho, claramente, a revelação do programa. Léo e Dani começaram como um dos grandes casais fortes ao título, e assim vieram, com alguns deslizes, mas sempre superando nas semanas seguintes. Agora, Jade e Téo, começaram a temporada fracos, muito fracos, fraquíssimos, não se encontrava um equilíbrio, não se encontrava Jade atleta nem dançarina, até os saltos ela estava errando, a falta de interpretação, a dureza, eram claras, contudo, nada que o tempo e a afinidade com o professor não mudasse né, Jade ha uns dias se transformou, virou borboleta, hoje ela dança, salta e interpreta, ela está a cara do programa, a candidata que mais cresceu e amadureceu na competição, aceitou as dicas e fez das notas baixas seu combustível.

Todos pegaram Zona de Risco na temporada, vamos que vamos, a grande final está começando, quem será o casal vencedor? Pra quem vai sua torcida?

A Final será composta por 3 danças: a dança que cada casal mais gostou de dançar, a pior nota e um ritmo ainda não dançado, o Charleston. E pra quem não viu, listamos a melhor performance de cada um dos 12 ritmos apresentados! Se ainda não leu, clique AQUI pra olhar nossa listinha!

*

*

*

1ª FASE: DANÇA DA PIOR NOTA

*

*

*

MAYTÊ PIRAGIBE & PAULO VICTOR

RITMO: SALSA

JEAN: A coreografia foi muito carregada, muitos efeitos, muitos giros, muitos giros, e concordo com o Paulo Filho, senti falta de quadril em vários momentos da Maytê, assim como dos braços, muito duros, faltou um pouco de tempero pra ela. O passo em que antecede dela tirar a camisa do PV foi um pouco falho, e também no primeiro aéreo a Maytê não foi bem segurada. No geral, a coreografia eu gostei, rica, mas não consigo gostar muito dela em ritmos muito ágeis.

CLARICE: Coreografia intensa, cheia de rebolado e passos com complexidade alta. Adorei a música (apesar da moça cantando não ter ajudado hahaha), trabalharam todo o palco e o saldo final foi positivo. No momento que Maytê está no chão, tive a impressão de que ocorreu um errinho, mas logo se recuperaram e nem prejudicou o andamento da performance. Em alguns momentos não fluiu tão bem, mas eu gostei da performance em si.

LINDOMAR: Cheia de rebolado, ritmo e passos bem feitos e marcados, Paulo Vitor e Maytê esbanjaram sensualidade e leveza na sua reedição da Salsa, eu amei muito principalmente a parte que ela arranca a roupa dele dando mais destaque a tudo HAHAHA! Os dois destruíram e mostraram que vieram para vencer! Aquele movimento do aéreo foi ousado e muito bem executado!

(9-9-9)

*

*

LÉO MIGGIORIN & DANI

RITMO: SALSA

JEAN: No geral eu gostei mais da coreografia do Léo que da Maytê, eles sempre arrasam na interpretação + dança coreográfica. Eu gostei que teve uma parte solo muito legal, foi divertido, porém teve outra parte de solo, no momento dos ombros, achei forçado. Achei legal arriscarem uns saltos, o momento que ela gira ele pelo pé acredito que o efeito não saiu como o esperado. Bem, da salsa, ficou muito claro, foi ágil, teve sensualidade, pernas, ombros e acrobacias.

CLARICE: Depois da Salsa ligada no 220V da Maytê & Paulo, achei essa tão picolé de chuchu. O ritmo veio bem mais lento, menos intenso, ocorreram errinhos bem mais visíveis e em diversos momentos achei que faltou gingado. Eles brilharam muuuuito quando dançaram separados, quando estavam juntos não gostei tanto. Descartaria o teatrinho inicial e a pegação do final, bem desnecessário ele acabar com a mão no peito dela! hahahaha Esperava mais…

LINDOMAR: Que responsa hein? Vir de Salsa depois uma grande apresentação dos colegas de elenco, mas Dani e Leo não decepcionaram com uma coreografia mais completa e teatral os dois começaram nos 220 e foram mantendo na medida do possível, só senti falta de fluidez e talvez deles usarem mais o palco, ficaram muito no centro e alguns momentos ocorreram pequenas travadas nas pegadas, concordei muito com o comentário do Jaime onde ele falou que os dois separados foram muito bem, as travadas nos momentos em que estavam juntos acabaram travando tudo. Adorei os portés que eles fizeram e aquele final onde ela arranca a roupa dele e ele joga as notas de dinheiro para o alto, no geral foi uma boa apresentação.

(9-10-9)

*

*

JADE BARBOSA & TÉO

RITMO: TANGO

JEAN: Uau, Jade Dona, Jade Fatal, que coreografia incrível, gente estou sem palavras, vários, vários, todos os movimentos do tango que eu mais gosto foram realizados por ela, ela me conquistou total, teve entrelaçar, teve saltos, teve perna, equilíbrio, flexibilidade, elasticidade e muita interpretação, aquela morte no fim. Extraíram muito do musical, foi perfeito.

CLARICE: JESUS MARIA JOSÉ!!! Quem teve a ideia desse Tango todo performático ao som de “Cell Block Tango” é um GÊNIO!!!! Eu amei o cenário, Jade estava lindíssima e Téo arrasou na coreografia! É visível o quanto Jade melhorou no programa, só que chega a ser curioso notar que isso aconteceu depois da troca dos casais! (PV, te amo! ♥) No Tango de hoje, Jade veio empoderada, todo trabalhado no Girl Power e lacrooooou!!!! Teve pernas, teve sensualidade, a flexibilidade de Jade foi trabalhada muito bem também e ela literalmente matou!

LINDOMAR: AAAAAHHHHHHHHH essa pegada de musical e as roupas de couro deram um requinte e uma ousadia que as performances de Jade geralmente não tem, a postura dela esteve perfeita durante todo tempo e aquele giro sem fim foi sensacional. Adorei os carão da Jade e Teo brilhou demais nessa coreografia e esse final foi ESPETACULAR! P.S. Essa quebrada de pescoço onde Jade se mostrou fatal foi muito inspirado na Rainha Katherine Petrova de The Vampire Diaries!

(10-10-10)

*

*

*

2ª FASE: CHARLESTON

*

*

*

LÉO & DANI

JEAN: Que dança gostosa esse Charleston, muito cinematográfico, muito divertido. Teve o movimento das mãos, das pernas e do corpo, meio endurecido. Foi uma coregrafia com saltos, com os movimentos todos bem encaixadinhos. Uma diferença deste casal para Maytê, é que ele se sai melhor em ritmos mais acelerados e Maytê nos lentos.

CLARICE: Já deu pra perceber o quaaaanto Leo ama essa vibe teatral, ne? Óbvio que Dani iria trazer isso pro Charleston também! Adoreeei a coreografia, tudo foi muito ágil e super sincronizado. Se tem uma coisa que me incomoda (e já vi isso antes na competição) é esse lance de subir na bancada dos jurados e dançar lá em cima. Acho isso desrespeitoso e completamente desnecessário! Com um palco desse tamanho, pra que diabos subir na bancada? Affff!!! Outra coisa que me incomodou (e também se repetiu semanas anteriores) foi esse excesso de gente no palco. Interagir com outros bailarinos… OK! Interagir o tempo todo com eles eu já acho que perde um pouco a lógica da dança de casal! Esse final foi totalmente do Leo com os bailarinos… Dani e as demais meninas só cumpriram requisitos. Críticas a parte, eu amei o Charleston apresentado, porém eu precisava apontar essas 2 críticas! 😉

LINDOMAR: Que coisa mais fofa vi muito de passos típicos do Dança da Chuva, um requinte daqueles musicais de cabarés e uma diversão que parece dança circense, enfim, eu amei demais essa dança de Leo & Dani, Leo acabou tendo o destaque como deveria nessa final, estava leve, solto, não ocorreram passos errados ou falhas técnicas como a performance deles na Salsa, enfim, eu amei muito!

(10-10-10)

*

*

JADE BARBOSA & TÉO

JEAN: Gente, já mudei de time, sou #TeamJade. Com um ritmo próximo do Jive, Jade veio lacrando mais uma vez ao som de Charleston. Coreografia incrível, e eu vi Jade atleta e dançarina, e eu vi Téo, dançarino e atleta, foi uma troca, uma real troca foda entre o casal. O ritmo Charleston estava muito presente, o tempo todo, eu particularmente gostei mais da coreo dela que do Léo, pois foi mais complicada, amo, adoro, idolatro coreografias difíceis.

CLARICE: Uns com tanto, outros com tão pouco! hahahaha Faltou um pouco de elemento cênico, o palco estava todo cru sem nada pra dar uma incrementada, o foco ficou completamente neles. Isso não é ruim, óbvio, mas depois de uma baita apresentação do Leo, é a primeira coisa que reparei ao ver Jade & Teo. O Charleston apresentado foi bem bacana, ver essa Jade solta no palco é algo muito legal. O condicionamento dela certamente ajudou pra que essa performance tenha fluido tão bem, pois ele parece ser bemmmmm exaustivo! hahaha

LINDOMAR: Com menos alegorias no palco, os dois optaram por um foco na dança do casal e sinceramente eu achei que eles cumpriram a proposta do Charleston, se divertiram, os saltinhos durante os passos foram bem executados e ocorreu sincronia do casal que é o que mais importa, mas ao mesmo tempo achei que eles não ousaram o suficiente na coreografia e faltou um BUMMMMM, afinal depois do close de Leo & Dani seria uma missão difícil para eles superarem.

(10-10-10)

*

*

MAYTÊ PIRAGIBE & PAULO VICTOR

JEAN: Maytê não está em um dia muito bom, concordam? Ela trouxe a pior coreografia do ritmo Charleston. Todos os movimentos necessários, acredito eu, foram realizados, contudo houve muita falta de sincronia, e ainda que teve um elemento, o chapéu, onde ficou ainda mais perceptível os atrapalhões.

CLARICE: Maytêzinha, meu amor, assim não dá pra te defender! Antes de tudo quero fazer uma análise: palco de Maytê tão cru como o de Jade, mas a iluminação e o fundo dão a ilusão de algo mais trabalhado e preparado do que o palco “pelado” usado na performance de Jade. O deles ficou bem um cenário, todo na vibe praia combinando com o figurino deles. Ver Maytê sem o salto deve ter sido estratégico, afinal o ritmo é acelerado, no entanto o Charleston é uma dança dos Anos 20, algo cheio de glamour, então ver esse figurino praia não combina tanto. Sobre a performance, foi a mais simples de todas, ocorreram problemas, falta de sincronia e faltou acabamento em diversos movimentos. Fica pra próxima, migos!

LINDOMAR: Diria que eles foram uma mistura de estilos das duas apresentações anteriores, teve um início de dança focada no casal e depois uma apresentação com elementos alegóricos, teve a leveza e as brincadeiras, PV usou o chapéu para ter um momento meio malandro no meio de tudo, mas achei que sei lá faltou um requinte e uma ousadia na coreografia, fora isso tiveram pequenos problemas de sincronia em alguns momentos, como Paulo é maior e muito rápido acabou que ele chegava sempre instantes que Maytê nos movimentos.

(9-9-9)

*

*

*

3ª FASE: RITMO QUE MAIS GOSTARAM

*

*

*

JADE BARBOSA & TÉO

RITMO: CHA CHA CHA

JEAN: Discordei do Jaime, teve sim na coreografia da Jade o que ele disse que não teve, foi uma coregrafia rápida, teve ponta de dedos, teve o movimento de quadril que mexesse a saia, teve pernas, que cabem em qualquer coreografia. Claro que, dentre as outras duas coreografias esta ficou mais apagada, mas é nítido a evolução desta mulher, estou apaixonado como ela está segura, a mais segura da noite, forte, confiante no Téo, confiante na coreografia e confiante nela mesma, ela pode tudo, ela pôde tudo.

CLARICE: Acho que eles foram prejudicados pela música. O Cha Cha Cha apresentado anteriormente (no programa sertanejo, ao som de Paula Fernandes, reveja AQUI) foi tão mais agradável de se ver. Os movimentos foram rápidos mas pareciam mais chicotadas do que giros de quadril. Não ficou algo gracioso de se assistir e obviamente foi a coreografia mais simples dela na noite.

LINDOMAR: Amei esse início bem Regina George seguida de um giro no chão muito bem executado, é visível o ganho de confiança que Jade teve durante todo quadro, ela confia plenamente em seu parceiro e se entrega demais em todas as coreografias, pode ser que ela não vença, mas baseado nas finais ela merecia vencer o programa pois foi a que mais brilhou. Eu achei o Cha Cha Cha bem dançado, leve, fluído e com passos de difícil execução, uma coreografia limpa e bem executada.

(9-9-10)

*

*

MAYTÊ PIRAGIBE & PAULO VICTOR

RITMO: TANGO

JEAN: Um tango raiz lindo de viver, amei, foi expressivo, foi dramático, os movimentos de pernas, entrelaçar, os efeitos com as pernas foram lindos, foi lento, foi ágil, teve climax, foi uma história gostosa de assistir. Definição de lacre.

CLARICE: Ahhhhhhhhhh pelamordideus!!! Minha Maytê está vivaaa!!!! ♥ Eu amo uma apresentação performática cheia de efeitos, mas me dá um Tango sensual desse jeito… troco fácil fácil! ♥ ♥ ♥  Eles exalaram sensualidade, pernas MARAVILHOSAAAAAAAS com um acabamento perfeito! Amei que trouxeram a rosa, algo que ninguém na temporada decidiu usar. Foi o Tango clássico e foi tudo maravilhoso, intenso, sensual, apaixonante e PERFEITO!

LINDOMAR: Que arraso foi aquele início, os dois estiveram entregues a todo tempo, pernas retas, braços retos, tudo encaixado, sensualidade, passos marcados, um tango puro sem invenções e muito bem dançado, adorei a performance e foi melhor que a primeira vez deles no palco, geralmente a Maytê vai muito melhor nos ritmos mais lentos e ela arrasou demais!

(10-10-10)

*

*

LÉO MIGGIORIN & DANI

RITMO: TANGO

JEAN: O tango do casal foi morno, foi muito próximo, no nível de qualidade, do tango do primeiro episódio. Alguns movimentos foram realizadas, a força do Léo ficou um pouco abalada nos aéreos, as pernas foram bem trabalhadas, a parte no chão foi bonita, mas muito extensa.

CLARICE: Daí você surge na competição, no 1º programa da temporada e ARRASAAAA no Tango! Decide repetir na final e não faz nem 1/3 do que fez no início… como lidar? Reveja AQUI. A música não ajudou, odiei essa versão Tango de Whitney… até Xuxa em versão Tango foi melhor que isso! Amém, Sheila! Tango precisa ser sensual, não essa briga interna que eles pareciam estar vivendo. É Tango, migos… não Paso Doble! hahahaha

LINDOMAR: Olha acabaram que os três casais dançaram Tango nessa noite e acho que não foi melhor que a primeira versão deles do Tango, achei muito simples a coreografia dos dois e Leo estava muito duro em diversos momentos, não ficou tão natural. Mas enfim, eles fizeram uma boa apresentação e adorei demais esse arranjo mais lento para a música da Whitney.

(9-9-9)

*

*

*

RANKING DA NOITE

*

JADE BARBOSA & TÉO– 88

LÉO MIGGIORIN & DANI– 85

MAYTÊ PIRAGIBE & PAULO VICTOR– 84

*

*

*

OS

VENCEDORES

DA

1ª TEMPORADA

SÃO:

*

*

*

MAYTÊ PIRAGIBE & PAULO VICTOR

Bem, fiquei felizinho com a vitória do casal, pois desde o começo eu gostei deles, porém, hoje, vimos uma Jade rainha, uma Jade dona, uma Jade com a maior pontuação da noite, líder nos rankings finais do últimos programas. Jade teve a maior evolução e ela pode sim ser considerada a Campeã Moral da competição.

Encerrando a temporada, revejam a performance que trouxe de volta todo o elenco!

Bem gente, chegamos ao fim da review, mas antes de encerrar vou apresentar pra você, que não viu, os 12 casais da 2ª temporada do Dancing Brasil:

Susana Alves (Tiazinha)

Théo Becker

Aline Rosa

Fernando Pires

Carlos Moro

Carla Prata

Jaqueline Carvalho

Jesus Luz

Rafael Sander

Lexa

Milene Domingues

Yudi Tamashiro

 

Beijos e abraços meus lindos, até a próxima temporada que estreia no dia 24 de Julho…

gostou da matéria? deixe um comentário!

Jean Marinozi

Maringaense, 25 anos, pisciano. Amo refletir, observar, abraçar e rebolar. Acompanho e adoro com muita força competições de música e dança. Tenho paixão por Drag queens e meu sonho é abrir um espacate.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu