Posts Populares

Dancing Brasil – S02E04 – Filmes Premiados no Oscar

Noite de Oscar no Dancing Brasil!

Oi pessoal! Na noite desta segunda temos o tema #FilmesPremiadosNoOscar, no #DancingBrasil,

BLABLABLA

A abertura foi toda trabalhada no glamour com todos os participantes, Xuxa e Sérgio Marone saindo de uma limousine e fazendo a entrada triunfal no palco. E como virou tradição em tudo relacionado ao Oscar, confiram a selfie tirada no programa!

Vamos começar com os comentário e novamente contarei com os comentários de Clarice e Carlos, que não perdem um programa e me ajudam a entregar uma review de qualidade para vocês.

*

*

*

SUZANA & TUTU

RITMO: JIVE (Filme: Flashdance)

JEAN: Wow, que massa, que lindo ver esse casal. Eu vi o flashdance e o jive o tempo todo, o filme e o ritmo estavam unidos. Inteligência musical e coreográfica teve muito. Amei a energia, amei alguns movimentos, o giro que ela se envolveu no braço do tutu no ar foi demais. Movimentos como estes, surpresa, de efeito, me atraem. Sobre o jive, concordo com Paulo, faltou um pouco mais de joelho, mas de resto, teve a agilidade, teve a alternância de pés, como um sapateado. Quando ela terminava um movimento jogando a perna pra cima, eu gosto disso, uma boa finalização de efeito. Energia do casal equilibrada. Continuem que vão brilhar até o troféu. O DEEEZ SAIUUU!!

CLARICE: ESTOU SEM PALAVRAS!!! Como Suzana está progredindo na competição, e Tutu é outro que melhorou horrores da 1ª temporada pra 2ª! Figurino estava lindíssimo, coreografia maravilhosa, ágil, super dinâmica e dessas que prende a atenção do primeiro ao último minuto. Todos passos que conheço do Jive estiveram presentes e tudo com força total! Finalistas… sim ou com certeza? \o/

CARLOS: Tutuzana são ótimos como casal, a química é algo fora do normal. A técnica de Jive está toda aí! Os chutes, pulos, pisadas… Os lifts foram bons, difíceis. Gostei também do final e do figurino. Ela se joga, vai com intensidade e a coreografia teve muita dinâmica. O casal a se bater. Junto com Yudi e Bárbara, quero na final, pra ontem!

(10-10-9)

A maior nota até agora no quadro.

*

*

*

RAPHAEL & NAY

RITMO: RUMBA (Filme: Titanic)

JEAN: Não gostei. Primeiro que o auge da música não foi respeitado, o casal se segurou no que o Rapha abriu a camiseta para mostrar o corpo e o aéreo de levantar a professora, apenas. Pouco, muito pouco, a música pedia mais Rumba nesse momento, uns giros, sequência de giros com levantamento e jogo de pernas. Senti falta de sensualidade logo no início. A falta da sincronia esteve presente em vários momentos na coreografia, quando levantava os braços, a amplitude não era proporcional e assim trazia mais imperfeições à performance.

CLARICE: Antes de mais nada preciso confessar que eu esperava essa música semana passada quando Céline foi citada! hahaha Sobre a performance de hoje, houve sim melhora do Raphael, mas ao invés da sensualidade que a Rumba exige, vi um ator dançando e interpretando! Eu senti a sofrência da música nos carões dele, mas não aquela urgência, paixão, sensualidade da rumba. Como disse antes, ele melhorou, mas ainda está num nível inferior dos demais… e é uma pena!

CARLOS: Faltou trabalhar mais os quadris e os braços. Em dado momento me lembrou um boneco de posto, um pouco. Rs… Desculpem, mas eu percebi muita entrega por parte da Nay, mas não o mesmo vindo dele. O lance da camisa e do beijo – particularmente -, eu não gosto, mas entendo que tenha apelo com a mulherada e, afinal, é uma competição. Caso alguém se interesse, sugiro darem uma olhada na rumba da Shawn e do Derek, que foi dançada com a mesma música e que traz o conceito do Titanic muito bem. Eu esperava mais dele, sabia? Achei que ia render muito…

(8-7-7)

*

*

*

CARLA PRATA & BRUNO

RITMO: FOXTROTE (Filme: Butch Cassidy)

JEAN: Achei bem morno. Eu senti uma performance muito homogênea, senti falta de movimentos que me fizessem lembrar da coreografia e voltar a assistir mais tarde. Concordo com a Clarice aqui embaixo de trazer os problemas com o professor. Bem, eu não sei até onde isso influencia, não sei se com outro professor ela iria produzir mais, uma coisa é que eu esperava muito dela e estou tendo uma frustração a cada semana. Eu ainda acredito que ela vai despertar e fazer história no programa. Sobre o foxtrote achei bom, achei que teve musicalidade, foi respeitado o tempo da música, e os movimentos tanto em casal, quanto em solo foram respeitados, talvez um pouco da finalização das mãos poderia ter sido mais marcante.

CLARICE: Achei extremamente desnecessário a Carla vir a público dizer que tem problemas com o Bruno. Ele pode até não estar fazendo ela render na competição, mas pra mim ela não está sabendo lidar com as críticas e quis jogar o peso sobre ele! Melhore, querida! 😉 E talvez por já ter essa antipatia entre Carla e o Bruno, não consigo me conectar com o que eles apresentam no palco. Acho tudo frio demais, falta a emoção. Tecnicamente tudo funciona, mas falta aquele TCHAM! A coreografia fluiu, mas sabemos que ela pode mais que isso e esse ponto foi até citado pelos jurados. Bruno precisa conhecer melhor a Carla pra saber os limites dela, aposto que todos estão esperando vê-la sendo jogada pro ar só pra aumentar a complexidade das performances pois já vimos o que ela é capaz.

CARLOS: Curti bastante a coreografia, foi um foxtrote bem clássico. Teve dinâmica, acompanhou bem a música, que é bem bonitinha e divertida. Poderia ter um pouco mais de flerte entre os dois. Gostei do figurino. Não consigo ficar um programa sem ter que discordar do Jaime, dizer que faltou musicalidade… Não dá pra concordar… 😕

(7-8-8)

*

*

*

YUDI & BÁRBARA

RITMO: RUMBA (Filme: O Rei Leão)

JEAN: Adoro este casal porque eles trabalham muito com formas geométricas, com sincronia, com musicalidade, com teatralidade equilibrada. Percebo que para Bárbara deve ser um amor trabalhar com Yudi, olha o olhar dela de alegria, parece que deu pra ver a alma dela ali, plena, segura. E sobre o Yudi, ele é demais, ele é a perfeição em pessoa, ele se cobra demais e ele faz tudo aquilo que é proposto. A rumba, isso que é rumba, amei, agilidade, efeitos o tempo todo, flexibilidade, a professora brilha sem medo de apagar o Yudi.

CLARICE: Até fiquei triste quando acabou porque tudo foi tão lindinho que eles poderiam continuar lá… hahahaha Eu admiro demais o talento de Bárbara, ela tem uma inteligência coreográfica incrível e está extraindo o melhor do Yudi! Quem diria que esse casal iria fluir tão bem, não é? A música já é linda, a coreografia foi intensa e muito bonita, com pegadas nas medida certa. Adorei ver Yudi reclamando do tamanho da mão dele pra ter que pegar Bárbara nos movimentos! Impossível não gostar dele… e impossível também não gostar das apresentações deles! Segue pra final também, migos! ♥

CARLOS: Vídeo de ensaio bem favorável. Gostei do começo na plateia. Muita hipaction, os aspectos técnicos muito bem executados. Coreografia excelente. Encenação boa, na medida. Grande dança. Pra ficar melhor, só se tivesse no salto, mas entendi a pegada meio pro lado da dança contemporânea, uma contemporumba, sem afetação.

(9-10-9)

*

*

*

JAQUELINE & MARCELO

RITMO: VALSA (Filme: Bonequinha de Luxo)

JEAN: Não gostei muito. Acho o casal lindo, com um potencial bem forte, mas eles ficaram em uma valsa sem muito casal, sem dois pra lá e dois pra cá, sem agilidade, sem giros concêntricos, e assim, os efeitos se perdem. Ela tem uma altura incrível, que faz com que as pernas dela atinjam a lua, e isso ficou vago, nessa coreografia poderia ter sido melhor explorada, usar pernas combinadas em giros longos. A música era lenta, mas existe um artifício, nos tempos da música, que movimentos mais rápidos podem ser utilizados, justamente, para haver essa quebra, que chama a atenção, mas claro que tem que tomar muito cuidado, pois estaríamos em uma corda bamba brincar com o tempo da música.

CLARICE: Me decepcionei um pouco com eles hoje. A Jaque tem uma postura incrível, as mãos e pernas sempre com um belíssimo acabamento, tudo estava a favor dela pra valsa… só que não deu certo! Jaque estava tensa e isso ficou visível demais, principalmente nos braços que estavam travados. E Marcelo deixou essa coreografia linear demais… quando a música, até então instrumental, passou a ser cantada eu imaginei que finalmente teria o clímax da performance, mas não teve. Jaque se encolhia nos aéreos e perdia toda sua elegância. QUEDÊ A SEQUÊNCIA DE GIROS DAS VALSAS? Não aceitoooo!

CARLOS: É linda dançando. Tem ótimas linhas, mas senti um pouco tensa essa semana. Um pouco fora do eixo e dura em algumas passagens, deixando faltar suavidade. Ela pode mais, com mais romantismo, mais química. Mas a dança não foi ruim. O vestido estava lindo. Ela estava linda. O Lift final foi meio tenso. E moon river é um clássico pra valsa. Talvez só perca pra “a time for us” rs

(7-7-8)

*

*

*

MILENE & RAFAEL

RITMO: SALSA (Filme: Footloose)

JEAN: Ela estava bem diferente, como estava, socorro, continue assim Mielene que vais brilhar ainda mais. Embora eu senti ela mais alegre, ainda senti um pouco travadinha e com um desequilíbrio entre o casal, o professor levemente mais animado. A salsa foi legal, teve vários movimentos característicos, a agilidade esteve presente, mas faltou conexão entre o casal, Milene ainda está muito dependente do professor, esperando ele começar o movimento e pegar ela, quero ver ela mais INdependente, como se não precisasse do professor para brilhar, assim como Yudi e Bárbara.

CLARICE: Que choque de realidade deram na Milene pra essa semana? Ela estava anos luz mais solta! Óbvio que ainda bem longe do ideal, mas cá estamos pra também reconhecer os progressos! Logo no início, Rafael estava ligado no 220V e destoou demais de Milene que estava mais na dela… isso visualmente não ajuda na performance. Ela se desequilibrou um certo momento, perdeu o ritmo em outros, ainda precisa soltar bem mais o corpo mas eu fico feliz por ela estar se superando!

CARLOS: Eu vou muito com a cara dela. Ela estava bem mais solta se comparada aos programas anteriores. Achei os lifts bons, e só foram bem executados porque ela tem muita confiança no parceiro. Muito conteúdo de salsa reconhecível, sem enrolação. Entretanto ainda é perceptível a timidez dela, sobretudo quando ela está solta, sozinha, pois os movimentos ficam pequeninos e tal. Mas me diverti.

(7-6-7)

*

*

*

LEXA & TÉO

RITMO: VALSA (Filme: Luz da Minha Vida)

JEAN: Vou copiar e colar os comentários da Jaque aqui na Lexa. O diferencial dos dois casais que aqui a Lexa parece que trabalhou mais alguns efeitos de pernas, mesmo assim foram em levantamentos. Valsa não precisa de muitos levantamentos, a não ser que o chão esteja impecável e ai usar os aéreos para dar complexidade. Aqui não foi o caso.

CLARICE: E eu achando que a valsa de Jaque e Marcelo tinha sido estranha! 🙄🙄 Não gostei de nada que foi apresentado por Lexa e Téo! Novamente cito: QUEDÊ OS GIROS DA VALSA? Vi passos ali que sequer são característicos da valsa, melhore Téo! Coreografia fraca, linear, não soube aproveitar o clímax da música e tampouco o talento de Lexa. Ela estava nervosa, ombros e braços tensos prejudicaram demais. 

CARLOS: Faltou suavidade na dança, como um todo, mas gosto do quão esforçada ela é. Esticou as linhas, mas os ombros ficaram meio tensos, escolhidos em algumas passagens. Gostei do vestido e do visual como um todo. Não entendi bem esse Lift com as pernas entrelaçadas numa valsa, porque ele é mais característico de tango e tal… Mas tudo bem.

(7-7-7)

*

*

*

ALINNE ROSA & YGOR

RITMO: RUMBA (Filme: Don Juan DeMarco)

JEAN: Não gostei muito também não. Foi uma rumba com movimentos de rumba mas sem efeitos, não me chamou atenção em nenhum momentos. Uma coisa é fato, a danada melhorou, adoro a Alinne e estou muito feliz que ela está se dedicando mais, que está se familiarizando mais, que está permitindo que seu corpo acompanhe a evolução. A coreografia teve muita sensualidade, teve muita sensibilidade, eu senti que a pele arrepiava quando havia o toque dos dois, isso é muito bacana, só a parte criativa que eu senti falta. Pernas, quebras coreográficas no sentido de usar vários níveis de altura dos movimentos, do chão ao céu.

CLARICE: Adoro Alinne e deu pra ver que ela estudou de fato a rumba. Ygor fez um trabalho incrível pra ela encontrar seu eixo e foi até reconhecido pelo Jaime. Foi uma boa rumba, mais intensa e sensual do que a apresentada por Yudi e Bárbara. Alinne e Ygor trouxeram a rumba mais trabalhada na urgência da paixão, a sensualidade exalava ali, inclusive na mão boba do Ygor que não saia dos peitos da Alinne! hahahahaha Eu quero ver Alinne divandoooooooo!!!! Estou feliz demais que ela melhorou e acredito que vai longe!

CARLOS: Melhorou bastante, estava mais relaxada. Mais uma vez acho que foi prejudicada pela escolha da música, que seria perfeita pra uma valsa, com esse compasso 6/8. Ainda precisa melhorar alguma coisa na postura e movimento de quadril, mas não foi ruim, não.

(8-8-7)

*

*

*

THÉO BECKER & SARAH

INFORMAÇÃO: Théo sofreu um tombo na performance da semana passada e está fazendo tratamento no joelho desde então. As regras do programa permitem que o casal se ausente por 1 semana, caso não ocorra a recuperação nesse período, Théo Becker estará eliminado.

*

*

*

CARLOS & DANI

RITMO: PASO DOBLE (Filme: Rocky III)

JEAN: Cara, eu não gostei desse paso doble, não curti a música e nem como a coreografia foi encaixada na música. Achei que a roupa estava apertada um pouco pra ele. Paso Doble tem intensidade, foi apresentada, mas pra mim não foi da maneira correta, em apenas alguns momentos eu senti a tourada, a dor, em outros ficou vago, como se eu não sentisse nada. O casal melhorou desde a última apresentação, incluindo a professora que trouxe mais movimentos para seu aluno, falta corrigir um pouco a postura e trabalhar a teatralidade e fazer mais movimentos ágeis com efeitos de braço e giros, já que pernas não é o forte dele.

CLARICE: Eu adoro ser surpreendida com essas misturas de música e ritmos inusitados! Quem diria que “Eye Of The Tiger” daria esse Paso Doble tão incrível?! E finalmente Da DeLove deu as caras na competição… parecia que ela ainda estava no hiatus entre a 1ª e 2ª temporada! hahaha O enquadramento da Record prejudicou em alguns momentos que não pudemos ver ao certo o que estava acontecendo e isso me irritou profundamente! 😡 Adorei a inteligência coreográfica de Dani aqui, tanto touro como toureiro estavam ótimos, intensos e dentro do personagem, por um momento surgiu a dúvida de qual deles morreria no final. E até a morte do touro foi de uma forma inusitada. Bonow em sua melhor performance até agora na competição, precisa ainda fazer algumas melhorias, mas mostrou que está no jogo simmm!

CARLOS: Gostei da intensidade, faltou um pouco de postura pra ele, mas foi a melhor dança dele. As mãos também me incomodaram um pouco. Os comentários do filho da Nicete tão muito em cima do que a Suzana e o Tutu fizeram semana passada – o lance da dinâmica. Mas acho que é um casal que está crescendo.

(8-8-8)

*

*

*

RANKING

*

*

ZONA DE RISCO

JAQUELINE & MARCELO

RAPHAEL & NAY

LEXA & THEO

*

*

*

*

OBS: Eu achei a zona de risco justa, eu só acrescentaria Carlos e Aline e faria uma zona de risco de 5 duplas (rsrs). Jaqueline e Lexa pecaram muito na essência da valsa e não trouxeram o climax esperado pelos jurados e nem por nós aqui do Panela de Séries, porém, tanto nós quanto os jurados, acredito eu, sabemos que as duas podem corrigir isso mais facilmente e tem capacidade de trazer mais. Raphael ficou muito em cima do seu corpo e esqueceu de dançar uma rumba, de trazer sensualidade, o rosto parecia frio, gélido, o quadril mal se movimentava. Dos três da Zona de Risco eu acredito que Raphael é o que menos pode agregar ao programa, então pra mim ele deveria sair hoje.

*

*

*

E o casal eliminado no 4º episódio da 2ª Temporada do Dancing Brasil foi:

*

*

*

RAPHAEL & NAY

*

*

*

TEMA DA PRÓXIMA SEMANA: MUSICAIS (com direito a banda ao vivo!)

*

*

É isso gente, até semana que vem! Espero vocês nos comentários! 😉

gostou da matéria? deixe um comentário!

Jean Marinozi

Maringaense, 25 anos, pisciano. Amo refletir, observar, abraçar e rebolar. Acompanho e adoro com muita força competições de música e dança. Tenho paixão por Drag queens e meu sonho é abrir um espacate.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu