03 de abril de 2016
Daredevil – S02E05 – Kinbaku

Elektra na área!

Com a heroína na área, temos flashbacks fazendo parte fundamental do episódio. O recurso mostra como Matt e Elektra se conheceram e como a relação deles avançou até o ponto que é hoje, também apresentado no episódio. Resumindo: Elektra é uma riquinha entediada que busca ação e encontra em Matt a possibilidade de ter alguma diversão. Os dois praticam alguns golpes, fazem algumas coisas ilegais e acabam se relacionando amorosamente, se tornando namorados durante a faculdade. A relação dos dois é interrompida quando Elektra ultrapassa uma linha crucial para Matt: a de matar pessoas. Ela captura um dos responsáveis pela morte do pai de nosso herói e diz que Matt deve mata-lo. No entanto, Murdock não faz o que sua namorada pede e ainda chama a polícia, o que faz Elektra sumir do mapa.

De volta aos dias atuais, a morena volta pedindo ajuda a Matt em um problema com as Companhias Roxxon, nas quais seu pai tinha participação. A princípio, ele recusa, mas após um depósito gorducho na conta do escritório, Matt decide descobrir o que Elektra está tramando. Ele então espiona uma reunião que ela tem com os empresários da Roxxon, que acaba do nada após um telefonema misterioso, onde sabemos que os arquivos da empresa foram hackeados.

Durante o episódio ainda temos o promotor assistente tentando corromper Foggy, a fim de favorecer a promotoria no caso Castle; temos o primeiro encontro oficial de Matt e Karen, onde eles vão a um restaurante chique, mas desistem e acabam em um mais simples. A noite dos dois acaba com um beijo, mas é interrompida anteriormente por um telefonema de Elektra. Sobre Matt e Karen: desculpe, não shippo. Acho que o casal não combina, mas que deve acontecer, segundo as HQs. Aliás, se a história seguir o rumo que deve, Karen será importantíssima pra trama…

Por falar na loira, ela começa a criar laços com o New York Bulletin, o jornal em que Ben Urich trabalhava, quando vai tirar satisfação pelas notícias superficiais veiculadas sobre Frank Castle. O editor-chefe então dá permissão pra ela acessar antigos arquivos do jornal, a fim de obter uma boa história sobre o Justiceiro. Ela descobre que na semana em que a família de Castle foi morta, ocorreu uma briga entre gangues no carrossel do Central Park, que envolveu as três gangues que Castle perseguiu e atacou.

O episódio termina com Elektra se sentindo vitoriosa sobre Matt, após atraí-lo para uma “diversãozinha”. No geral, um ótimo episódio de introdução de Elektra. Achei a atriz interessante e o personagem melhor construído do que no cinema. Mais uma vez vimos que Karen tem roubado a cena e jogado Foggy pra escanteio. Também acredito que a loirinha conseguirá ir mais fundo nessa história. Em relação ao que Elektra procura, aposto que é coisa grande e que vai definir os rumos da temporada daqui pra frente, lado a lado com a resolução do caso Frank Castle.

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: