Com direito a Liga dos Assassinos e tudo mais!

Antes de tudo gostaria de pedir desculpas pelo atraso, mas minha vida em último ano de faculdade, com projetos de pesquisas com prazos para entregar, provas e muitas outras coisas, acaba deixando minha vida de seriador em segundo plano, mas já estamos aqui prontos para mais uma review.

Depois de toda a confusão temporal criada pelo chronos, graças a invasão da nave do tempo, ficamos na dúvida o que aconteceria com o Ray, a Sara e a Kendra, já que os três ficaram em 1958, e os outros legends não.

Ao iniciar o episódio continuava a luta entre o Leonard e o Hunter vs o chronos dentro da nave do tempo, e o Jefferson e o Dr. Stein não podiam se fundir por medo do que poderia acontecer, indo até o bote do tempo para se proteger, só que durante a luta os dois decidem irem ajudar os amigos, só que ao chegarem veem que o Hunter está caído e atingido e o chronos havia levado o Leonard até o bote do tempo e a Gideon não podia afirmar para onde, nossa nessa hora fiquei meio tenso. E tinha mais por vim, já que a nave havia sido sabotada e eles poderiam ficar preso na linha do tempo pela eternidade, mas o Hunter decide reiniciar tudo para tentar resolver os problemas, mas correndo sérios riscos. Essa primeira parte do episódio me deixou com muita expectativa.

A turma que ficou em 1958, perdeu as esperanças que o resto da equipe poderia voltar, então eles decidem sair da cidade, por causa do Savage. Ao sair da cidade todos decidem recomeçar uma vida, menos o Ray a princípio já que ele queria criar um sinalizador do tempo para os amigos resgatarem ele, mas não estava dando certo e vendo que aquele não era seu mundo, e não tinha nem netflix para desabafar a Sara decide sair e procurar o seu grupo, deixando a Kendra e o Ray só. O Ray e a Kendra ficando só tocaram a vida deles e acabaram formando um casal, ele virou professor, e estranhamente isso poderia causar muito na linha do tempo da tecnologia, já que os conhecimentos dele são bem mais avançados, mas voltando ao assunto principal, quando eles decidem destruir o sinalizador do tempo, já que tinham perdido todas as esperanças, o aparelho começa a emitir sinal.

loft

A máquina do tempo voltou à ativa e parou em 1960 e pegou o Ray e a Kendra, mas o Ray ficou meio receoso com isso tudo, já que eles tinham criado uma vida durante os dois anos que ficaram presos, mas logo a Kendra o convenceu ele do melhor. A Kendra também atualizou a todos que não sabia onde a Sara estava, já que ela abandonou eles. Quando o pessoal da nave contou o que houve a Kendra ficou bem intrigada de terem pego o Leonard e não o Hunter, já que ele era um exímio conhecedor das viagens temporais. Finalmente mostrou o protagonista, vulgo Leonard, e nada demais nos acrescentou, só que o chronos sabia que os amigos tinham sobrevivido e estavam em 1960.

395771

O Ray continuava não aceitava muito bem a situação de largar a vida que havia criado, mas tinham que seguir em frente, mas a grande questão era “onde a Sara estava? ”. E logo foi nos respondido essa questão, pois ela estava em Nanda Parbat, que é o local secreto da Liga dos Assassinos, e estava treinando de forma pesada, com direito a aparição do Ra’s al Ghul e sua filha (Não a Nissan obviamente). Finalmente nos mostrou quem era o chronos que estava com o Leonard e logo descobrimos que era o Mick, já que o Leonard por compaixão não quis matar o seu amigo, mas o que ele não esperava e nem eu, era que o Mick seria resgatado pelos cavaleiros do tempo e que voltaria, treinado e bem mais preparado.

395773

Graças ao Ray que continuava querendo voltar para a vida de professor, a Kendra que estava inteligentíssima nesse episódio por sinal, acaba deduzindo e depois com a ajuda dos outros que a Sara virou uma membra da Liga dos Assassinos, e eles decidem ir atrás da sua amiga, pois é tudo muito imprevisível fazer parte dessa liga. Os amigos ao chegarem no local da L.A foi um monte de surpresa atrás de surpresa, pois vi o quanto a liga é manipuladora de mente, pois o Hunter quando foi conversar com a Sara, ela simplesmente o atacou, e ainda armou para capturarem os outros amigos, fazendo com que eles perdessem força ao separar o Dr. Stein do Jefferson e tirar a armadura do Ray. Durante toda a D.R do casal Ray e Kendra, o Hunter teve uma ideia de apelar para as tradições da L.A, e achei genial.

A Ideia genial do Hunter, por mais óbvia que seja, foi a tradicional luta entre cavaleiros, e o Ra’s al Ghul escolheu a Sara para lutar e o Ray até que se propôs para lutar, mas o Hunter escolheu a Kendra para o duelo. Quando o Leonard finalmente ficou só ele consegue armar um plano melhor para tentar se soltar e talvez tentar fazer algo útil. No meio de toda a Luta da Sara e a Kendra, eu estava muito ansioso por tudo aquilo e no meio da Luta a Kendra usando todo o seu poder e forçando ainda mais a mente de Sara, ela a lembra que não é assassina e que é canário branco. Quando a Sara finalmente relembra melhor das coisas, o chronos aparece e começa a derrotar toda a liga, temendo perder todo o seu exército, o Ra’s al Ghul liberta os legends para que todos possam lutar.

A luta com o chronos foi bem intensa, até ao ponto de que estavam próximos a matar ele, e o Leonard chega (depois de uma dolorosa libertação) e impede, pois, ali tratava-se de um amigo dele, e surpreende a todos ao revelar que é o Mick. Quando acaba todo aquele carnaval dentro da Liga (Sdds Liga dos Assassinos em Arrow), eles explicam pouco para o Ra’s al Ghul, e a Sara é libertada, que surpreendentemente dá um recado, que pode mudar a linha temporal, para não deixar a Nissan fazer uma viagem.

jgldjd

Quando todos os Legends voltam para a nave, juntamente com o Mick que estava preso, eles resolvem dar uma chance para o antigo parceiro e tentar esperar ele melhorar da influência dos mestres para trazer ele definitivamente de volta à ativa. O Leonard que para se libertar perdeu a mão, passou por um procedimento, que todos nós esperamos no futuro, que é a regeneração do membro perdido, que achei bem chique. Depois de todas as D.R. no meio do episódio e acontecimentos o Ray e a Kendra finalmente se acertaram no relacionamento. No final finalmente focam na busca pelo Savage e decidem ir buscar ele, mas no ano de 2147, e fiquei ansioso pela forma que mostrará o mundo nesse aspecto.

Esse episódio me deu um misto de sensações fora do normal, antes de tudo, foi o meu episódio favorito até aqui, achei genial a introdução da Liga dos Assassinos, que era genial em Arrow, achei tudo bem pensando, desde a separação em tempos distintos, a forma que o Mick retornou, e a minha esperança que essa série possa crescer cada vez mais.

PS: Será que a Sara irá descobrir em 2147 da morte da irmã? -q

Então é isso galera, até mais e um forte abraço a todos, e não deixem de deixar o seus comentários.

Phelipe
Phelipe

Estudante de Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, mas bem passivo às vezes, além de confuso, autêntico. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: