Linha temporal digna de X-Men!

Legends Of Tomorrow ainda não mostrou a que veio, pois, sua história não está bem redondinha ainda, não tem algo claro para nos apresentar, só que eles vão ficar mudando de tempo para procurar o Vandal Savage e correndo dos magos do tempo. Acho que ainda está faltando um herói para chamar de sua a série, pois tem muito e acaba não tendo nada, mesmo tendo a Sara e o Leonard se destacando na série até então, mas não com um poder de liderança e acaba tornando a equipe uma certa bagunça. No último episódio vimos que os magos do tempo enviaram a Peregrina para matar as versões jovens dos legends, e fiquei muito curioso para saber como eles nos mostrariam essa salvação a sua versão jovem.

No último episódio acabou com a Peregrina indo atacar o Mick em sua versão jovem, e se iniciou com os Legends no mesmo tempo do acontecido, pois segundo a Gideon, a probabilidade era alta do ataque ser ali, e por eu ser muito de humanas, não gosto muito de probabilidades. Deixando a probabilidade de lado, vimos que antes de atacar a versão jovem do Mick, o Ray conseguiu intervir e salvar o colega. O Mick jovem, então começa a viajar no tempo com os legends, e fiquei me perguntando o quanto isso mudaria tudo na vida dele, porque estava mexendo no seu passado.

Dentro da nave, a Sara e a Kendra continuavam treinando e ao mesmo tempo conversando sobre a vida amorosa da Kendra, que é muito movimentada e ainda mais que a versão dela no passado, pediu para ela não continuar com o Ray.  O Hunter explicou para os legends que a Peregrina só poderia tentar matar cada versão deles uma vez, por isso que a probabilidade é alta, mas mesmo assim odiei esse método. A próxima versão jovem a ser atacada foi a da Sara jovem, que estava no ano de 2007, mesmo ano que ela e o Oliver tem o acidente de barco (imagine o que isso pode mudar na vida dela), ela na época era muito rebelde e estava detida na delegacia e vimos a Peregrina chegando com muito poder e força, mas a Sara juntamente com o Mick, consegue a salvar, deixando a jovem bem estática por estar se vendo no futuro.

401101

Eu pensei que o episódio iria continuar com aquela chatice de ficar procurando a versão que seria atacada graças a Gideon, mas a inteligência artificial começou a não saber onde a Peregrina estava indo fazer os ataques, e poderia atacar as versões em qualquer época, deixando todos bem aflitos. Os Legends começaram a surtar com a possibilidade de morrerem, e o Leonard e o Hunter começaram até discutir, sobre o passado do mago do tempo, que ninguém sabe. PS: Amei aquela cena que as versões jovens da Sara e Mick brigam, e a versão velha da Sara vai conversar com eles.

O Ray e a Kendra estavam conversando quando ele começa a sentir coisas e logo a Gideon diz que se trata de eventos passados, e faz com que parte dos Legends voltem aquele tempo e conseguem salvar o Ray de ser atacado e morto, em uma cena bem tensa. A tensão começou a tomar conta de mim, quando vi que se ela destruísse os jovens no nascimento, ninguém lembraria deles, e me deixou bem pasmo com essa possibilidade. Seguindo a linha de pensamento do pós-nascimento, a Kendra e a Sara vão até o berçário e sequestram o bebê Leonard, me deixando bem intrigado com essas mudanças em seu futuro, pouco explicadas.

A captura do bebê do Dr. Martin, foi a mais estranha, mas nos mostrou com os anos 50 as pessoas eram mais confiáveis, pois seus pais entregaram a dois estranhos que diziam trabalhar no hospital, sem fazer maiores alardes. Quando foram buscar o bebê do Jefferson, o Dr. Martin fez a versão adulta dele se encontrar com o pai, já que ele não chegou conhecer, e novamente fiquei com medo da mudança na linha do tempo que aquilo poderia causar, mas ainda bem que não teve nada demais. Na hora que a Peregrina entrou no berçário, meu coração começou a bater mais forte de medo, mas os nossos legends foram mais rápidos que ela hahaha.

401104

Depois de ter salvo todas as versões jovens que seriam atacadas, os Legends vão até o passado do Hunter, que é no futuro, para deixarem as versões jovens com a sua mãe, e vimos um pouco do seu passado e a relação com sua mãe, e o seu arrependimento de colocar a vida de todos em risco, mas a mãe logo deu aquele toque de mãe para ele levantar a cabeça. Amei o esporro do Mick em sua versão jovem, sobre ele não ter ajudado os pais no incêndio.

Nos dramas do episódio, vimos o quanto o Jefferson ficou abalado com o encontro com seu pai, e arrependido em não ter salvo ele, mas os dramas sempre envolvem a Kendra e o Ray, que dessa vez foi sincero e disse para amada que ouviu ela conversando com a Sara, que prontamente disse que é porque a versão dela do passado disse que ela nunca seria feliz com outro homem, e isso parte o coração de qualquer um.

Quando pensamos que a parte da Peregrina tinha acalmado, ela manda uma mensagem para o Hunter, dizendo que se não entregarem a versão jovem, ela matará que eles amam.  A Peregrina estava irredutível em relação a sua proposta, então o Hunter ofereceu a versão dele do passado, por que se destruir ele, a equipe nunca terá existido. A equipe elabora um plano e fazem começam a fazer a troca entre o pai do Jefferson e o Hunter jovem, e no momento da efetiva entrega, a equipe começa toda atacar, e realmente vimos como aquela Peregrina é poderosa, porque ela conseguiu paralisar todos os legends, mas ela não sabia que havia uma carta na manga, que era a versão jovem do Hunter, que atacou e deixou mais fraca, fazendo com que todos atacassem em definitivo e a transformasse em pó.

1872183

Esse episódio trouxe um toque de emoção que a série precisava, principalmente naquelas cenas em que o Hunter conversou com a sua mãe, aquela em que o Mick deu umas dicas para a sua versão jovem. Quando a Sara encontrou seu pai, ela teve que explicar as coisas que aconteceram, e aí nos sanou uma grande dúvida do episódio, pois foi mostrada a pílula da amnésia, porém não entendi a lógica do Jefferson contar para o seu pai como ele morreria, sendo que ele teria que tomar a pílula da amnésia, mas o Hunter emotivo, não achava válido.

Vendo que as mudanças deles por causa das mudanças que a Peregrina obrigou no passado, o Hunter, disse que o tempo contra o Vandal Savage estava acabando, e eles precisariam agir urgentemente e que o ideal seria atacar ele no Auge, em 2166.

Esse episódio sem dúvidas foi o mais louco e que mais me entreteve em todos mostrados até aqui, porém não consigo compreender essa coisa da linha do tempo, das mudanças, quando ocorre, tudo isso pode mudar várias coisas, um minuto alterado na minha vida, poderia mudar muita coisa, então acho que essas coisas estão bem em branco na série. Acredito que a série não será somente uma temporada, porque se tratando de CW, tudo é possível, mas não imagino mais história, visto que esses acontecimentos mudaram muito a vida deles, no tempo real, no caso 2016

Então é isso, forte abraço e até mais.

Venha ser um Paneleiro! Clique AQUI pra saber participar da nossa seleção. Vocês terão até o dia 12/06. Aguardamos vocês!

Phelipe
Phelipe

Estudante de Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, mas bem passivo às vezes, além de confuso, autêntico. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: