Posts Populares

Legends
DC’s Legends of Tomorrow – S05E02 – Meet the Legends

Pessoal de Legends of Tomorrow são hilários, passam por tudo quanto é história e ficaram famosos!!!

O episódio tinha tudo para dar errado, já que a premissa era de que uma equipe de filmagens iam filmar a equipe dentro da nave.

No entanto, com um tremor no tempo nível 5, as coisas mudaram, e para melhor!

Portanto, nessa review terá dois subtítulos: A equipe Vs. Rasputin e Constantine.

Legends Vs. Rasputin

Após todos os conflitos decorridos do final da temporada passada, com Nora se tornando uma fada madrinha e Zari desaparecendo, a equipe conseguiu se virar nos 30, visto que, para eles, nunca houve uma Zari, no entanto, Nate ainda sente que faltava algo na vida dele.

Com o tremor de nível 5, foi descoberto que Rasputin havia ressuscitado após a morte comum dele, o que serviu para que todo o climão de morte do Oliver decorrente do Crossover passasse.

Lá, a equipe sofreu para enfrentar Rasputin, visto que ele não morria seja da forma como fosse ferido.

Como eles tentaram enfrentar o cara sem levar Sara e Behrad, os dois observaram tudo graças às gravações do cinegrafista.

Quando voltaram, Sara soltou o verbo e disse para Ava que não foi uma boa deixar de falar sobre o Oliver apenas para esquecê-lo, pois ela jamais esquecerá (e muito menos nós).

Para consolá-la, Behrad fez um cartão lindo com Sara, Oliver e Laurel sentados em volta de uma mesa.

Enquanto Ava ia dar ela apenas um cartão de consolo e, pior, falando mal do Oliver.

Com isso, a equipe ainda esqueceu o cinegrafista com Rasputin e este usou ele para mandar um recado sobre o casamento com Anastasia, a filha dos Romanov.

Sabendo disso, Sara e Behrad foram lá para tentar impedir, mas apenas conseguiram interromper o casamento.

Observando tudo, a equipe resolveu ir ajudá-los e, bem, já sabem, pancadaria para todos os lados, Sara beijando Ava e lutando ao mesmo tempo (o que foi maravilhoso), mas nada do Rasputin cair, até que, ao ser atingido e encolhido, Sara jogou Ray na boca de Rasputin e o mandou crescer, com isso, foi restos de Rasputin para tudo que é lado.

Constantine

Constantine e Gary também tiveram sua cota de filmagem para o documentário.

Nesse episódio, eles foram fazer um exorcismo em um menino no apartamento.

Ao chegar lá e começar o exorcismo, John reconheceu o demônio que possuía o garoto e os dois foram beber.

Masher, como o demônio se chamava, não pôde entrar no bar, mas John conseguiu comprar uma garrafa de vodca e Masher revelou que as piores almas do inferno foram libertadas e Rasputin era uma delas.

Portanto, o motivo dele não morrer era porque ainda há restos de sua alma no inferno (mesmo estourado, seu olho ainda se mexia rs).

Para resolver o problema, ao término do episódio, Constantine decide ir ao inferno novamente para tentar encontrar uma solução para esse problema.

Conclusão:

Portanto, para um retorno de temporada, visto que o crossover não teve mudanças significativas para a trama da série, foi até razoável.

A premissa da temporada até então é a equipe procurando conter essas almas do inferno (com certeza teremos alguns políticos rs) enquanto Constantine procura uma forma de fechar esse caos.

Nate recebeu uma mensagem de Zari, mas não a reconheceu então ela ainda pode voltar ao longo da temporada.

A loba, por sua vez, após Mick passar toda sua produção de Rebecca Silver para ela, saiu da série (creio eu).

Enfim, essa foi a review de Legends of Tomorrow, espero que tenham gostado e até a próxima.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Leonardo Aguirre

Graduando em História na UFMS campus de Três Lagoas, amante de séries, filmes, animes e livros.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries