Não há bonzinho.

Fear TWD está começando a mostrar para os bonzinhos que o mundo não é o mar de rosas como eles pensam, e com isso começou a surgir vilões que querem realmente o mal deles, mas eles também têm que mostrar menos passividade, porque talvez não exista mocinhos no mundo apocalíptico.

Depois de toda a burrice que a Alicia cometeu que fez levar aos acontecimentos do episódio passado, esse episódio começou com ela dentro de uma cozinha com o Connor a oferecendo comida e dizendo que ela poderia ser feliz ali, mas ela queria saber da família e do Travis obviamente, quando o Connor e sua comparsa deram uma brecha para ela ficar só, ela procurou um meio de sair de onde estava, quando ela consegue finalmente sair, ela percebe que está em um navio atracado na costa, e quando menos espera aparece o Jack aconselhando a não desobedecer o Connor e que ele tentaria descobrir as informações sobre o Travis e sua família. A Alicia pode até ser esperta, mas as vezes fico besta como ela acredita novamente no Jack depois de tudo que ele fez, mesmo ele parecendo ser uma pessoa boa.

Eu pensei que o capanga do Connor que havia sido atacado por um ferro tinha morrido, mas não, ele sobreviveu e o Daniel estava cuidando dele, pois, para o Daniel é bom ter os inimigos sob as asas, mesmo o rapaz ameaçando sua filha e tudo mais. O Chris que acompanhava o Daniel ajudar o rapaz, queria ser útil e se propôs a ajudar a vigiar e o Daniel aceitou, para que ele não pensasse besteira, como falou para a Ofelia. O Daniel foi até a Madison contar o que descobriu, como que o prisioneiro deles é irmão do Connor e que eles estão em cinco barcos, e usando o radar conseguiram uma possível localização. Ao perceber que o barco mudou de rumo o Luis foi intervir, mas a Madison, como qualquer pessoa sensata estava irreversível em relação a isso, e o Strand porque ela o salvou, estava devendo ela uma.

405435

A grande questão era quando chegasse lá o que fariam, o Daniel tinha um plano em mente, mas contava com a ajuda do Nick e Chris, mas a Madison não estava muito satisfeita com a ideia, por tratar eles como crianças, mesmo em pleno apocalipse ela não muda, apesar que acho que minha mãe trataria minha irmã desse jeito. Já no outro lado, a Alicia estava tentando de algum jeito ganhar a confiança dos demais, e o Jack era sua isca, já que ele estava dando a nova função para ela, que era tentar se comunicar com novos barcos e fazer a mesma coisa que fez com ela, mas em um momento de distração do Jack a Alicia pegou algo do bolso dele, sem que ele sinta, algo que acho pouco provável de acontecer, mas, para o bem da ficção tem que acontecer essas anormalidades.

405655

Quando o Travis acordou, ele procurou um jeito de tentar escapar, mas era em vão, principalmente quando alguém se aproximou e veio um plot, que se tratava da Alex se aproximando, e ela estava com um ar de vingança para cima dele, ainda mais que o seu amigo morreu depois de ter sido abandonada em alto mar, mas essa volta da Alex não me surpreendeu tanto, porque eu vi que se tratava de uma personagem que apareceria mais para frente, mas nunca pensei que seria como inimiga. Com o Strand se recuperando a Madison decidiu falar com ele umas verdades, sobre colocar seus filhos em risco, principalmente o Nick, já que foi a mando do Strand que ele foi para o continente só, porém eu acho que enquanto a Madison estiver protegendo esses filhos dela, ela nunca irá saber se portar no apocalipse.

Enquanto a Alicia e o Jack ficavam olhando as embarcações pelo radar, o Jack acabou descobrindo que o Abigail estava planejando e ela começou a desconfiar que todos fizeram mal para a família dela, já que ela não sabia o que realmente tinha acontecido, porém ela acaba convencendo o Jack a ajudá-la a buscar sua família de algum modo e ela até seduziu o pobre do rapaz ou ela estava sendo burra e realmente se apaixonou, mas que ele ajudou ela traçar um plano, mesmo que não confiei muito no plano dele. A Alex continuava a pressionar o Travis de forma errônea, já que ao meu ver ele não foi o responsável pelo fato dela ficar à deriva, e sim o Strand, já que ele manda e desmanda no Abigail.

Daniel e Strand sempre que conversam rola um Shade e até parece com o grupo no WPP deste site, mas o mais importante é que vimos que eles realmente se aproximaram dos inimigos, mas a grande questão era como eles iriam se livrar dos inimigos. A Alex e o Travis continuavam a conversar, mas o Travis foi esperto em relembrar o que ele fez com a mãe do Chris para tocar o coração da Alex e de certo modo foi perceptível que ela sentiu, e nessa hora comecei a ver uma luz para a Alex ir para o lado dos bonzinhos.

O Chris infelizmente começou a se levar nos papos do prisioneiro, que começou a falar da sua mãe e tudo, e ele sempre estático ao menos, pois mostrou calma, mas o Nick chegou e conseguiu evitar que o sangue ferva e que ele perca a cabeça, mas veio algo bem louco, onde o Nick deu conselhos para o Chris, porque né, Nick é meio doido.  O Jack até então era um ponto de interrogação, mas comecei a acreditar nele, quando ele levou a alicia para conversar com o Travis e na conversa ela disse para o padrasto que iria fugir e ajudaria ele, mas ele disse que era melhor não, porém ela que manda né.

405653

A Tour do episódio começou a melhorar quando o Connor entrou em contato com o Abigail e a Madison falou as condições dela para que ele possa ver seu irmão novamente, e gostei de ver uma Madison mais fria, pois é isso que queremos nesses personagens a essa altura do jogo.  O Chris que está totalmente abalado psicologicamente acabou matando o Reed e ele como um bom menino disse que ele estava começando a se transformar, por isso que matou, a Madison ao chegar no local foi consolar o Chris que ao mesmo tempo que começa a evoluir e se preparar, começa a ficar mais abalado, infelizmente, porém a Madison conseguiu dar um conforto que esse menino tanto precisa.

405563

Quando a Ofelia disse que ela já estava acostumando com a situação de limpar sangue, o Reed começa a se transformar, assustando todos, só que ao invés de matar o Daniel teve a ideia de amarra-lo para usar na troca com o Connor.  Quando o Jack foi procurar a Alicia, ela se escondeu de forma brilhante, para disfarçar do rapaz, mas nessa hora comecei a achar que ele estava sendo verdadeiro com ela, mas como ela iria acreditar depois de tudo que aconteceu.

A Ideia de ir só a Madison na troca dos familiares não me agradou nenhum pouco, ainda mais com um transformado com ela em um bote. A Alicia depois de escapar foi para a cela procurar o Travis e acabou encontrando aquela grávida ¬¬, porém a Alicia se inspirou na Lexa (referência a the 100) e colocou ela na cela e ainda trancou, porque Rainha é rainha.

Chegou o momento da Troca e Madison de forma brilhante jogou o Reed para cima do Connor que nem desconfiava de nada e acabou sendo mordido como um capanga e o Travis começou a lutar com um terceiro capanga, mas queria saber quando ele começou a lutar. A Alicia ao ver a família ficou mais confiante, porém o Jack chegou e creio que botou uma dúvida na cabeça dela, para ficar com ele, porém não deu certo e ela partiu com a família rumo ao Abigail.

Esse episódio foi um dos mais emocionantes da temporada, pois houve de tudo, emoção, adrenalina, vilão de verdade, coisas que Fear está precisando, mas também não deixou de lado os dramas, que é para mim a grande diferença da série mãe. A série além de tudo está começando a ter uma lógica maior e com uma continuidade mais avançada, porque se observarmos a Alex e Jack provavelmente vão ser vilões mais pela frente, talvez por uma vingança.

Então é isso, Pessoal. Forte beijo e abraço.

Venha ser um Paneleiro! Clique AQUI pra saber participar da nossa seleção. Vocês terão até o dia 12/06. Aguardamos vocês!

Phelipe
Phelipe

Estudante de Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, mas bem passivo às vezes, além de confuso, autêntico. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: