Finalmente chegamos ao final da segunda temporada de Fear The Walking Dead, onde foi nítido uma evolução na história e nos personagens, mas ainda com algumas falhas, mas que creio que seja do ser humano em uma situação dessa e a série apenas tentou trazer mais para realidade, esse teor de humano e lhe dar nessas situações extremas.

A evolução dos personagens de FearTWD é uma das melhores coisas da série, prova disso é a Ofelia, que começou bem sonsa e já estava desbravando sozinha, só que não esperava que seu carro quebraria e que apreciam zumbis tentando a atacar, mas ela mesmo sem nada a princípio conseguiu matar alguns, porém como estava a caminho outros, ela apenas pegou algumas coisas importantes para sua sobrevivência e decidiu ir andando. Na colônia, o Nick começa a executar seu plano em ir trocar drogas por suprimentos, mesmo sem o aval do Alejandro, e prova como o personagem está cada vez mais corajoso, só que ao chegar para trocar a droga, nada serviu essa coragem, porque os chefes do tráfico disseram a eles que não queriam nada, pois iriam invadir a colônia, como o Nick bem sabia do conhecimento deles sobre a localização da colônia e deixou eu e Nick bem apreensivos. Depois da Madison ver com o Travis está sofrendo por causa do seu filho, ela tenta reanima-lo, sem sucesso algum, logo depois vai a Alicia dar comida a ele, que pouco ajuda o chato do Travis a animar a ajudar em algo naquele hotel.

441039

Quando a Madison vai onde estão os “refugiados”, ela encontra dois meninos mimados, que são o Brandon e o Derek, algo que ela saberia só depois deles contarem a história deles, em que o amigo deles morre ao dirigir a picape, e nesse momento juntando várias dicas, a Madison percebe que se trata do Chris e entra em pânico sem saber o que fazer, mas vai até o Strand saber o que fazer, mas ele pouco ajuda, mas a encoraja a falar com o Travis a verdade. O Nick ao voltar para a Colônia encontra a Luciana e conta para ela a verdade, rapidamente vão eles contarem tudo para o Alejandro sobre a invasão dos traficantes, mas só que nesse momento uma pessoa morta se transforma em zumbi e vai atacar o Nick, porém o Alejandro o defende, mas é mordido, assim como um homem e uma mulher no ambulatório, só que o Nick mata esse zumbi da forma mais impressionante que vi, enfiando dedo nos olhos dele, e fiquei bem chocado com essa nojeira.

A tour no hotel ficou completa quando o “médico” tentou tirar o Brandon e o Derek do estacionamento por motivos deles precisarem de uma área reservada para fazer o tratamento, só que nessa confusão todos os outros se revoltaram e foram atrás, o que fez muito barulho e chamou atenção do Travis que rapidamente desceu as escadas do hotel para saber do filho. Depois de pessoas serem mordidas dentro da colônia, o Alejandro fez o papel de líder e levou elas para o matadouro, menos ele, que também havia sido mordido, só que isso revoltou o Nick e foi arrumar suas coisas, mesmo com Luciana não querendo ir com ele, só que quando chega o Alejandro em sua “casa”, a verdade vem à tona e descobrimos, aliás, confirmamos que o Alejandro não é imune, e que estava com muito medo, e com isso o Nick decide mesmo assim partir, só que não entendi o porquê de deixarem o Alejandro andando lindamente pela colônia, podendo se transformar a qualquer momento.

A Ofelia continuava procurando uma forma de entrar nos EUA, só que com aquela cerca era impossível, mas ela conseguiu uma brecha, e continuou a labuta andando muito e cada vez mais, até que do nada vem tiros em direção a ela, mas a tentativa de fuga é em vão, porque ela simplesmente é pega por um cara armado, lhe dando boas-vindas. UAU, o Travis e outros levaram os meninos para cuidarem deles, mais reservadamente, e ele logo depois pede para contar a história do que aconteceu com o Chris, e ele eles contaram uma versão deles, só que se contradizerem, e simplesmente o Travis fechou eles dentro de uma sala e começou uma briga feia, ele estava, totalmente transtornado, que chegou a assustar e batia demais nos meninos, até que conseguiram abri uma porta, só que ele na revolta claramente desmaiou até quem entrou e se trancou novamente para o desespero da Madison, e em seguida a luta continuava, até que ele friamente matou os dois jovens garotos de forma bem brutal, algo que nunca pensei que aconteceria com o Travis, só que acho que a partir desse momento, virá um grande amadurecimento do personagem na série.

440887

Depois de encerrado o primeiro episódio da finale, logo em seguida, por se tratar de um episódio duplo, a série deu continuidade, para responder todas as brechas do primeiro. A primeira grande coisa que o capitulo iria nos mostrar era a situação do hotel depois de toda a confusão que o Travis fez, e a primeira foram as pessoas invadirem para tentar salvar o Oscar que nada tinha a ver com a confusão e foi atingido, a segunda grande prender o Travis, que mesmo sem o consentimento da Madison, como se precisasse da opinião dela para algo, e a grande terceira decisão foi a Madison matar os dois jovens, para evitar a transformação, outro ponto bem positivo para ela, pois mostra bem a evolução dela. Depois de conversarem com o Strand, a Madison e o Alicia decidem partir sem ele e com o Travis, pois ele seria expulso do hotel, mas antes elas foram conversar com a Elena e o Hector para poderem ficar até o outro dia, para conversarem com o Travis com mais calma e dito e feito, e ele a princípio negou levar elas, mas logo aceitou ambas, mesmo eu achando que a Madison estava arriscando a vida da filha por um cara que estava totalmente desabilitado emocionalmente.  E a Alicia foi até o André Saber como estava o Oscar, mas eles nem estavam dando muita bola para a bixinha, já que foi o padrasto dela o responsável por tudo, mas eu senti que tudo iria dar merda com eles tentando diminuir a pressão do cérebro.

440912

Na colônia, o Nick estava penando para levar a Luciana, que parecia ter sofrido uma lavagem cerebral do Alejandro, porque mesmo com ele quente, com sintomas de transformações, ela não ia interferir na vida dele, nem ajudar a colônia como um todo, e já começava a pensar em como isso faria mal para a colônia, pois a transformação estava próxima. O Nick decide partir sem os seus amigos da colônia e acaba vendo que a merda estava maior do que eles poderiam imaginar e prevê, mas eu a princípio não soube muito bem entender, mas o que tomei raiva foi da cara da Luciana e do Alejandro, mesmo já estando derrotados quase, quererem dar esperança ao povo, iludindo com uma falsa fé que eles têm, e fiquei bem triste.

440913

A Madison enquanto anoitecia decidiu abri o coração para o Travis, para ver se ele consolava mais sobre tudo que ela fez, e ela contou sobre as suas “maldades” para proteger os filhos, mas enquanto isso no Hotel o André tentava salvar o seu irmão, mas depois de muita tentativa foi em vão e despertou no Hector e nele um sentimento de ódio contra o Travis de forma bem “justa” se é que podemos dizer, que em ódio/vingança tem justiça. O Hector e o André vão até o apartamento que o Travis estava descasando e lá começam a bater nele e uma arma fica apontada para ele, só que a Alicia muito esperta e fria, consegue dar um golpe com uma faca no André que apontava a arma, e nesse momento vem outra luta para todos tentarem pegar a arma, só que o Strand que acaba pegando e ordena que todos saiam do quarto e que eles fujam, mas ele acaba ficando para trás por vontade própria e a família foge junta e ainda destroem o portão do hotel.

O Nick é extremante bom e preocupado com os demais, então ao ver o helicóptero do outro lado da fronteira, ele acredita que seja uma operação de resgate e decide voltar ao acampamento para conversar com o Alejandro para libertar o seu povo, para que eles possam se salvar, mas o Alejandro é muito egocêntrico e se ferra por isso, mas com o Nick o buraco é mais embaixo, porque ele tem uma lábia que consegue convencer até que biscoito é bolacha. Quando os traficantes chegam para invadir a colônia tudo corre perfeitamente para eles, só que com um detalhe, eles não esperavam que o Alejandro estaria lá e tinha como plano tirar o ônibus do local, para que a colônia fosse invadida por zumbis, deixando o local totalmente vulnerável, mas foi bem nobre um dos últimos atos de vontade do chefe do local. Quando nos é mostrado o Nick, ele está com a Luciana e toda a colônia rumo ao norte, no caso nos EUA, e podemos ver como foi a situação no início do surto para atravessar a fronteira, pois transformou aquilo em um colapso.

A Madison depois de sair do hotel foi encontrar com os traficantes no mercado, mas ao chegar lá não havia mais ninguém, porém, revirando os documentos dos mortos por eles, descobriram o endereço da colônia e partiram rumo ao local, mas ao chegarem lá, deu para perceberem que o local havia sido destruído e que até os traficantes haviam se transformado, mas serviu ao menos para eles pegarem algumas armas e também, para que a Alicia perceber que havia alguém no ônibus e vai até ele, e o ajuda, mas quando sua mãe chega, ele dar informações que o Nick tinha ido rumo a fronteira, que depois de várias informações acabou morrendo nas mãos da Madison para não sobreviver. O Nick ao chegar na fronteira estava feliz e confiante, mas do nada começam a disparar contra eles e até a Luciana é atingida e ambos não conseguem correr e ficam na mira de pessoas, que ainda não sabemos quem possa ser.

440916

Nossa, essa temporada foi muito boa, muito mesmo, se compararmos com a primeira, mas sei que a maioria não gosta pela inocência dos personagens, mas não podemos esquecer que se trata de professores e não xerifes, as relações de família estão muito em abrangência e o caos ainda não estava completo, então os maiores acontecimentos não estavam ainda tão expostos, que creio que serão explorados na terceira temporada com essa chega nos EUA deles. Outra coisa que me intriga é tudo isso na fronteira americana, esse caos, seria um grupo rebelde culpando os latinos ou algo do tipo e por isso não quer que passam pessoas para o outro lado. Uma coisa que não podemos negar, que o melhor da finale foi a morte do Chris.

Então é isso, um forte abraço e beijo.

Phelipe
Phelipe

Estudante de Direito, Cruzeirense, polêmico quando deve ser, mas bem passivo às vezes, além de confuso, autêntico. Começou o seu amor por série com Prision Break e depois disso virou vício.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: