Posts Populares

Fear The Walking Dead – S04E02 – Another Day in the Diamond

Um novo dia…mil novas histórias.

Depois de adentrarmos em histórias novas no mundo de Fear TWD e nos surpreender em seu episódio inicial, já que foi uma forma de nos mostrar a história inovadora para esse mundo Walker, chegamos nesse episódio loucos querendo saber mais sobre os acontecimentos posteriores, anteriores e tudo mais, envolvendo todos eles, ainda mais com essa narrativa interessante adota por fear.

Precisávamos saber mais uma história e dessa vez da Alicia e sua turma depois dos acontecimentos na represa até a emboscada com a turma do Morgan, mas o episódio logo de cara nos mostrou que não deixariam as coisas bem claras, pois já nos foi mostrado o local onde Alicia e o grupo da emboscada estava vivendo, que para minha surpresa tinha a Madison, que creio que a série poderia ter aproveitado de outra forma a separação delas, já que essa nova colônia parecia ser maravilhoso. Nos deu para perceber que a série quer trabalhar com mistério relacionado aos acontecimentos pós represa, até essa nova colônia, já que quando a Madison, Alicia, Luciana e Strand saíram para patrulhar atrás da família da Charlie, ficou bem claro pelos diálogos bem obscuros.

A Charlie logo que eu a vi, pensei que seria a Laura que o John (do episódio passado) tanto disse, mas na verdade é uma garota que se perdeu da família, mas ao mesmo tempo me mostra ser alguém misteriosa, sendo mais um para a temporada, tanto que na busca pelos seus familiares o grupo da Madison vasculhou e nem sinal de vivos e/ou mortos transformados, o que me deixava mais pensativo em relação a ela. As buscas no local apontado pela menina onde estaria sua família estava completamente vazio, até aparecer uma mulher ameaçando a Madison, mas ela com o jogo de palavras, conseguiu a atrasar até chegar os seus amigos, que a salvaram e fizeram a mulher fugir.

Ao fugir a mulher foi para o topo de uma caixa, só que caiu dentro dela, que estava LOTADO de zumbis e quem arriscou a vida por uma estranha? A Madison, que pulou dentro e ajudou ela se salvar, enquanto os amigos abriam as comportas, que com isso as libertaram. Enquanto isso o Nick estava com alguma síndrome, pois não conseguia sair da colônia e pelo que Madison disse anteriormente, ele mudou depois dos acontecimentos na represa, tanto que ao ouvir uma música e pensar ser pedido de ajuda, ele saiu de carro pela primeira vez, só que deu TUDO errado, sorte que foi salvo, tanto pelos patrulheiros, quanto pelos seus amigos que estavam voltando.

Enquanto estavam buscando o carro que o Nick havia deixado depois do seu novo surto, a Luciana avistou um perigo, só que eu não pensava que era um possível perigo TÃO grande, pois desgraçou surgir caminhões em volta do estádio que eles haviam feito a colônia, o que me assustou demais, porém são os refrescos que precisávamos para melhorar a temporada. OS refrescos não foram tão agitados, mas nos deu para colocar um terror, pois os novos “vilões” foram extremamente espertos ao implantar a Charlie (que nunca enganou nenhum telespectador) no meio da colônia, espantando a todos, mas ele só queria uma coisa, que era a colônia, e esperaria todos eles morrerem lá dentro, pois a Charlie já havia contado tudo que precisavam saber, mas adorei que eles decidiram não se render.

Uma das coisas que mais gostei no episódio foi o gesto final da Luciana, ao colocar um livro para que a diaba da Charlie pudesse ler. Por fim nos foi mostrado o que aconteceu depois do bote armado por eles para cima do Morgan, que nitidamente nos foi surpreendido com eles procurando os “abutres”, as pessoas que colocam as bandeiras nas coisas, pois achavam que isso significaria uma união deles, com esses novos vilões.

Posso ser sincero? A temporada pode está lenta no sentido de emoção, mas o texto e a direção estão incríveis, o que chega a ser inovador para todo o mundo Walkers, pois nunca antes vi uma modulação temporal tão bacana, pois se olharmos estamos trabalhando em 3 períodos de tempos, pois queremos saber o pós represa, também queremos saber da guerra dos “abutres” com a colônia e ainda tem toda a história envolvendo o Morgan, que por mais que eu não goste do personagem, trouxe algo que poderá ser inovador e uma nova injeção de ânimo a temporada.

Então é isso, um forte abraço e beijo.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries