Posts Populares

Fear The Walking Dead – S04E12 – Weak

Surgiu uma nova esquisita.

A chuva separou todos os personagens importantes da série (fui bonzinho e inclui o Morgan nisso), já vimos como a Charlie e a Alicia sobreviveram e também vimos o Morgan, então chegou a vez de sabermos o que aconteceu com a All e June, que ao meu ver eram as que estavam mais preparadas, porém eram as que estavam mais expostas, pois ninguém sabia que era um furacão essa chuva.

Pois bem, depois da chuva passar a June ficou muito sentida de ter se separado do John e ficou insistentemente procurando ele em sinais de rádio, mas ela também precisava sobreviver, então ela e a All acabaram ficando paradas, vendo todos os seus produtos de sobrevivência acabarem e tendo que finalmente tomar um rumo, que seria procurar alimentos, combustível e sinal com a pessoa que estavam falando tentando falar com eles. Surpreendentemente o episódio decidiu não focar em apenas um seleto grupo, pois o de Morgan também estava próximo e estavam procurando o antigo grupo dele e obviamente bem insistente, ainda mais ouvindo algum sinal no rádio.

Enquanto esses dois grupos tentavam se encontrar, havia uma terceira pessoa que ainda é um grande mistério a procura deles, sem nós ao menos saber o porquê, ainda mais que carregava um walkers de estimação. A All e a June depois de conseguirem um carro, estavam voltando para o carro da SWAT, só que a All estava passando muito mal e tiveram que parar, só que nessa hora ela avistou seu carro vindo em sua direção e decidiu simplesmente perseguir a van, o que me deu muita emoção, pena que o carro dela estourou um pneu e ela nem pode continuar, mas me deu muita curiosidade para saber quem tinha pego aquela van.

O Morgan em sua caminhada atrás da pessoa do sinal acabou encontrando a mulher misteriosa, que ele pensou ser uma pessoa frágil, só que ela deu um aviso para ele tomar cuidado e achei tão enigmático e forte a forma como ela disse, que deu para sentir o impacto. A All ouviu uns barulhos vindos da sua van, então conseguiu convencer a June, falando que lá tinha remédios, então sua amiga decidiu arriscar a vida para ir atrás da van e consequentemente dos remédios, chegando lá, a June quase morreu por um doido, só que ela está muito hino e conseguiu bater no cidadão e ainda desarmar.

Pensei que aí veria o final feliz, só que a June não conseguia achar esses benditos remédios e para a tristeza geral, a All ainda corria risco, pois um Walker estava tentando ataca-la e ela estava sem arma e debilitada ainda, só que ela conseguiu se salvar, mas quando a June conseguiu falar com ela para saber dos remédios, vimos que All foi extremamente egoísta (apesar de não sabermos sua história), em querer a van de volta, colocando até outros em risco. Depois da June com toda a razão do mundo meter a ripa na All, ela disse que aquelas fitas fazem parte da sua história, mas tudo isso foi rompido com uma comunicação do Morgan com elas.

Elas depois dessa comunicação, tomaram uma grande decisão, mesmo eu achando que a All não iria aceitar, que foi sobre abandonar a van e ir atrás do Morgan, talvez assim ela viva a sua história e sua história não seja a história de outras pessoas. Assim que chegaram lá, amei a recepções dos caminhoneiros e do Jim cervejeiro, sei lá, vou muito com a cara de todos eles, mas amei mais ainda a June entrando em contato com o Quinn (o cara que ela brigou), porque gostei dele e melhor ainda que ele estava com o carro da All e prometeu ir ao encontro deles, só que todo o meu sonho foi por agua abaixo, pois a mulher que tem um walker de estimação, armou para ele ir em outro local e o matar, me deixando bem arrasado e a June sem entender nada e me provou que aquela mulher é mais louca que tudo, quando ela pegou o Quinn para ser seu novo mascote, socorro.

Esse episódio eu tive um misto de sentimentos em relação a ele, achei ele o melhor episódio desde a volta, porém achei ele extremamente cansativo, creio que a história poderia ter sido desenvolvida em menos tempo, pois vi coisas desnecessárias e longas, além de ter matado um personagem que eu realmente havia curtido, mas nos apresentou talvez a personagem mais psicótica de todas as temporadas de Fear até aqui.

Um forte beijo e até mais.

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Phelipe

Um cara Fitness, gosta de esportes e um escorpiano nato, apaixonado pela vida. Um "nerd" que curte balada e um baladeiro que curte coisas "nerds", porque a vida é muito curta para se apegar em coisas pequenas, logo pode observar que sou uma pessoa muito eclética em todos os sentidos da vida.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries