O norte sempre lembrará dessa batalha!

Antes de tudo, que episódio fantástico foi esse, posso dizer que esse é o meu episódio favorita de toda a série até o último exibido. Diferentes das demais batalhas, como Porto Real vs Pardais e Peixe Negro vs Jaime, nos decepcionaram por conta da rendição, dessa vez nenhum dos lados se renderam (Jon vs Ramsay), ao contrário ambos lutaram até o último momento, numa batalha épica e cheia de reviravoltas. Antes mesmo da temporada estrear, eu aguardava ansiosamente por esse episódio, já que os produtores já anunciavam que o nono episódio teria a maior cena de batalha da série. Analisando aqui rapidamente, eu não me sentia tão apreensivo e aflito em um episódio de GOT, desde o massacre do “Casamento Vermelho”. Bem, vamos deixar de lado a empolgação e começar a review, até por que o episódio diferente do que muitos acreditavam, não foi totalmente centrado na batalha dos bastardos, outros núcleos da série também compareceram nesse episódio, que aliás tiveram plots bem interessantes para o rumo da série.

Retomando a última cena do episódio anterior, o tratado feito entre anão bebum Tyrion e os mestres de escravos, não deu nada certo, ao contrário só gerou um confronto ainda maior em Meeren. Para a sorte dele, Daenerys tem sua tão esperada volta bem no dia da confusão e rainha como ela é, conseguiu contornar toda a situação e sair por cima na história. Inicialmente a mãe dos dragões queria simplesmente tocar fogo em todos seus inimigos e eliminar de uma vez só seu problema, porém Tyrion (todo cagado aliás, hahaha) tenta colocar um pouco mais de humanidade na rainha, de forma que ela diferente do seu falecido pai louco, pudesse controlar mais seus institutos e agir e forma menos abusiva e mais sensata. Tem sido muito bom essa parceria entre Daenerys e Tyrion, primeiro porque acho que ele, apesar desse mancada catastrófica, tem sido um bom conselheiro para ela e também será uma peça essencial quando ela for atacar Westeros, ele será um ótimo guia e saberá criar ótimas estratégias por conhecer tão bem o continente. Seguindo a estratégia sugerida por seu novo conselheiro, Daenerys tenta negociar uma rendição, que inicialmente os mestres de escravos acreditava ser dela, mas como conhecemos bem dela, sabíamos que essa seria uma ideia totalmente descartada e impensada para ela. No final das contas, os mestres não aceitaram o acordo à primeira vista e assim gerou o contra ataque, numa cena maravilhosa e cheia de efeitos especiais, Daenerys sobe em Drogon e é acompanhada por seus outro dois dragões, para conter os barcos e gerar medo nos demais, ela ordena que Drogon queime um dos barcos, já em terra firme ele contou com a ajuda de seu khalasar que deram um jeito nos Filhos da Harpia que tocavam o terror por ali.

ClW0U0dWEAAHA_g

Em Westeros, o bastardo ressuscitado  Jon Snow junto com seus maiores aliados tem o primeiro confronto com Ramsay, destaque para Lyanna lá representando sua casa Mormont, espero ver mais dela e que a personagem tenha mais destaque na próxima temporada, ela aliás tem feito maior sucesso entre os fãs de GOT que amaram toda sua bravura e ousadia. Nesse primeiro “encontro” de Jon e Ramsay, foi regado de provocações principalmente da parte do psicopata Ramsay Snow Bolton, sendo a pior provocação quando ele joga a cabeça do lobo de Rickon, Cão Felpudo, confesso que ali só aumentou ainda minha vontade de ver aquele FDP se fuder nessa batalha, até porque matar os lobos é sacagem né?! George pfv, vamos poupar mais os Starks e seus lobos né? Até porque ambos já estão em extinção na série, hahaha. Após o encontro entre os bastardos, Jon volta para o acampamento e junto com seus aliados começam a planejar estratégias para salvar seu irmão Rickon e conseguir de volta o poder em Winterfell, porém como Sansa bem o alertou, ela o conhecia melhor do que todos eles e sabia que ele não pouparia a vida do irmão e que podia esperar as piores artimanhas vinda dele. Jon procura Melissandre e pede para que ela não o ressuscitasse mais, caso ele viesse a morrer novamente, mas a Mulher Vermelha deixa claro pra ele que ela seguia apenas as vontades do Senhor da Luz, aquele que tinha permitido que ela trouxesse de volta a sua vida. Acredito que na próxima temporada teremos mais detalhes sobre a ligação do Senhor da Luz com Jon Snow, até porque uma outra sacerdotisa dele está aliada a Tyrion em favor de Daenerys.

ep9-18

Fazendo uma menção a temporada passada, tivemos uma cena na qual Davos encontra o pequeno animal de brinquedo que tinha dado a Shireen e percebeu que tinha sido ali que ela tinha sido queimado viva. A ligação entre eles era muito grande e foi legal o episódio de ter dado foco a essa lado emocional dele, que aliás vem tendo grande destaque nessa sexta temporada.

ep9-19-768x432

Voltando pra Meeren, Theon e sua irmã Yara conseguem chegar até Daenerys e negociar com ela para reconquistar o domínio das Ilhas de Ferro, usurpado por seu tio Euron Greyjoy. Tyrion fica bastante alerta e receoso com essa oferta, o anão conhecia bem o caráter duvidoso de Theon, mas depois de muitas conversas e levando em consideração que eles levaram uma grande frota para a rainha e que seriam bons aliados, acaba cedendo e concordando com o pacto firmado entre os Greyjoys e Daenerys. Uma coisa que chamou bastante atenção, foi o flerte que rolou entre a Daenerys e Yara, bom já sabemos que Yara gosta da coisa, resta saber se a rainha cederá as investidas. Outro plot interessante da cena, foi a ligação que se criou entre eles, já que ambas tiveram péssimos pais e ambas são mulheres que lutam para governar as terras que seriam suas por direito.

 ClXprELUkAAceVd

E então chegamos ao ponto x do episódio, confesso que até aqui ficava olhando a hora para ver quanto tempo faltava acabar, pois tinha medo que a batalha fosse “adiada” ou houvesse alguma “rendição”, mas após aproximadamente 30 minutos do início do episódio, enfim começa a batalha dos bastardos. Ramsay tinha um exercito bem maior que o de Jon, além de ter em mãos o caçula Stark Rickon. Quando vi aqueles homens pegando fogo na frente do exercito e no formato do brasão da casa Bolton (um homem esfolado em vermelho), acreditava que um deles poderia ser o Rickon, mas logo depois surge Ramsay trazendo-o amarrado numa corda. Para ferrar com a gente, Ramsay faz mais um de seus perversos joguinhos e solta Rickon para que fosse em direção de Jon Snow, mas com o detalhe que durante esse percurso ele iria atirar flechas em sua direção. Por um momento eu acreditava que George iria poupar a vida de um Stark, mas depois de várias flechas atiradas sem acertá-lo e quando ele já estava próximo de ser resgatado por Jon, a maldita flecha atirado por Ramsay, acerta Rickon que logo depois é atingido por outras diversas flechas lançadas pelo exercito liderado por Ramsay.

13461088_1126875863999975_1962453299_o

A morte de mais um Stark, se tornou o estopim para a guerra realmente começar. A morte do pequeno Stark, só aumentou ainda mais a sede de vingança de Jon Snow que logo partiu pro ataque seguido dos seus fies aliados. Depois daí, foi uma cena lotadas de flechadas, espadadas e sangue pra todo lado. Jon, Tormund  e o gigante selvagem, foram pra batalha com tudo e lutaram ferozmente, mesmo estando em minoria. Enquanto isso, Davos mantinha-se afastado junto com um pequeno grupo de arqueiros, já do lado rival estava Ramsay e vários arqueiros, aliás bem covarde da parte dele não se jogar na guerra, mas bem esperto também hahaha. Um dos maiores erros de Ramsay, foi lançar flechas aleatoriamente no meio da batalha sem se importar que ali também tinha seus aliados, coisa que Davos não permitiu para preservar a vida dos seus, eu achei um erro enorme do psicopata Ramsay porque primeiramente seu exército era maior e segundo que vários dos seus guerreiros morreram com esse ataque de flechas. Chegou uma hora que a coisa foi ficando feia para Jon e companhia, foi quando Davos e os demais entraram pra batalha também, mas a porra ficou mais séria quando o exército de Ramsay começou a cercá-los com seus escudos e lanças, aliás a estratégia era ótima, pqp muito bem planejada. A situação só piorava, no momento em que eles voltavam para fugir do cerco, Jon cai e é esmagado pelos seus, numa cena desesperado e sufocante, aliás a posição da câmera durante as filmagens, os cortes de cenas rápidos me deram uma certa sensação de sufoco, foi um jogo bem legal a tática e confesso que me sentir agoniado com tudo isso. Parecia que estava tudo perdido, até que no meio de todo o caos surge um sopro de esperança …

ClXJkluWAAAsUlSFotorCreated

Depois de todo o massacre e todo o cerco fechado do exercito de Ramsay, surge Petyr (Mindinho) surgem com um grande exército do Vale e daí que a guerra tem a sua reviravolta que tanto desejava. Os guerreiros do Vale, conseguiram contra atacar todo o cerco fechado e revigorar as forças de todos o que lutavam ali ao lado de Jon Snow. Tormund estava em confronto com Smalljon Umber, um dos líderes do exercito de Ramsay, depois de ter apanhado um pouco, ele retoma seu instinto selvagem e morde seu rival, arrancando-lhe um pedaço e conseguindo enfim matá-lo, ao seu lado estava o gigante que resistia a todas flechadas e estraçalha um a um todos rivais que ele encontrava em sua frente. Vendo que seu exercito estava sendo derrotado, foge para Winterfell, porém é perseguido por Jon, Tormund e o Gigante. Ele fecha o portão e tenta impedir a entrada deles, mas tudo em vão já que o gigante consegue arrombar o portão e assim liberar o acesso para seus aliados entrarem e acabarem enfim toda a batalha. Infelizmente, o Gigante depois de várias flechas foi morrendo aos poucos, até ser atingido pela última flechada lançada por Ramsay que o acerta bem no olho. Ali foi game over para Ramsay, todo seu exercito foi derrotado e só restava ali ele e suas flechas, mas não é que o ex bastardo resistiu até o fim? Enquanto Jon se aproximava dele, ele ia lançando várias flechas que eram defendidas por um escudo. Depois de todo o caos, Jon chega até Ramsay e o enche de pancadas, muitas pancadas, aliás gostei de toda as pancadas que levou, mereceu todas elas e ainda achei pouco pro desgraçado, hahahaha. Ao ver Sansa, Jon acaba poupando a vida de Ramsay e o prende no canil e como era de se esperar, a Sansa iria quer vê-lo. E lá estava Ramsay, cheio de hematomas e bastante ferido em seu verdeiro habitat, quando Sansa vai vê-lo, ele como sempre lança várias de suas ironias, já Sansa olhava para ele com um olhar que despertava bastante ódio e repulsa. Sansa sabia muito bem o que queria e ela queria ver o sofrimento do cara que tanto te machucou, numa cena espetacular Ramsay acaba sendo morto por seu próprio cachorro, que estava cheio de fome e atacou Ramsay, arrancando pedaço a pedaço dele, melhor morte impossível para ele né? Hahahaha.

FotorCreated2

Não sei vocês, mas eu gostei muito desse episódio e todas minhas expectativas foram supridas, aliás superaram todas as minhas expectativas. Realmente a cena da batalha foi grandiosa como os produtores prometiam, achei que tudo foi muito bem encaixado no episódio e gostei ainda mais que a cena da batalha foi toda feita em apenas um episódio. Eu torci bastante que os Starks levassem ele, apesar de achar meio sem sentido, sabia que podia esperar que Ramsay vencesse essa, dado que o autor adora matar um Stark hahaha. A série se aproxima do fim da temporada, deixando um enredo bastante interessante para a próxima e pelo jeito a verdadeira batalha pelo trono de Westeros logo vai começar e aí sim a teremos a maior batalha da série. Como já era previsto, o episódio rendeu bastante impactos nas mídias sociais e renderam diversos memes, deixo aqui os melhores que vi por aí, hahaha.

FotorCreated3

Fique aqui com as cenas do próximo episódio, o último episódio da temporada.

Até o próximo episódio galera, deixem aqui seus comentários sobre o episódio e a review. Espero que tenham gostado e até a próxima.

Michel Araujo
Michel Araujo

Baiano perdido em Aracaju, fã de realities show musicais e séries. Uma personalidade misturada a humor, sarcasmo e uma leve ousadia.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: