Posts Populares

Gotham – S04E19 – A Dark Knight: To Our Deaths and Beyond

Um final focado em Ra’s Al Ghul!

É isso, meu povo! Apesar da sequência dos últimos episódios ter mostrado o surgimento do possível Coringa definitivo em Gotham, o fim da quarta temporada deve mesmo seguir em torno de Ra’s Al Ghul. Eu já havia cantado essa bola quando vi que estavam dando muito foco pra Barbara e aquele povo que queria trazer Ra’s de volta à vida. Pois bem, e ao que parece, um evento cataclísmico atingirá Gotham até o fim da temporada, mudando de uma vez os rumos da série. Conto mais no fim da review!

Vou começar falando do que eu não gosto: Lee e Nygma. Os produtores estão tentando empurrar garganta abaixo, mas tá difícil. Primeiro, que eu já não achava legal Lee de ladra, ainda mais agora como uma Robin Hood de Gotham. Se não bastasse, ela e Nygma de casal fica difícil, né gente! Enfim, o arco deles é basicamente essa historinha, com acréscimo de Pinguim e Butch, e todo o blá-blá-blá de confiança, passar a perna, usar um ao outro, e etc. No fim das contas, só acabou com Lee sendo presa por Gordon, que estava alheio à tudo que acontecia no submundo da cidade.

E este foi o foco do episódio. Enquanto Barbara permanecia arrogante, tentando manusear o poder que lhe foi dado, Tabitha ajudou a trazer Ra’s Al Ghul de volta à vida. Eu gosto desse vilão, e acho que ele e a Liga das Sombras têm muito pra acrescentar à série. Inclusive, fiquei bem bolado quando ele morreu facilmente mais no começo da temporada. Felizmente, ele está de volta, e neste episódio vimos que “a cabeça do demônio” é um poder que é muito amplo, dando oportunidade ao detentor de até ver o futuro.

Barbara bem que tentou lutar, ficar com o poder, mas acabou cedendo e o devolvendo para Ra’s. Embora ela não seja mais a Cabeça do Demônio, parece que a vilã agora tem um exército feminino pra chamar de seu. Enquanto isso, Bruce se sente culpado novamente, por ter sido usado pra trazer Ra’s de volta à vida. Aliás, ele e Selina voltaram a ser parceiros, embora essa amizade pareça passar por altos e baixos a todo momento.

O episódio enfim termina com um encontro um tanto quanto revelador de Ra’s e Bruce. Parece que um grande incêndio assolará a cidade, e com isso muita gente deve morrer, e muitas coisas devem acontecer. A principal delas, segundo Ra’s, é moldar Bruce pra que ele se torne de vez o Batman que estamos esperando. Isso se ele sobreviver, como o próprio Ra’s diz. Então, já aposto na morte de Bruce e no seu retorno, pelas mãos de Ra’s, se tornando uma pessoa mais fria, e mais próxima do Bruce Wayne dos quadrinhos.

A temporada vai chegando ao fim, e ao que parece alguns arcos vão se fechando. Apesar dos enredos promissores, fico um pouco com medo do que a produção pode aprontar, visto que temos várias cagadas com arcos interessantes. Fiquemos atentos!

Talvez Você também goste de...

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries