Posts Populares

Gotham – S05E01 – Year Zero [SEASON PREMIERE]

Uma Gotham pós-apocalíptica.

Depois de muito tempo, muitos problemas, muitos acertos e muita água rolar, chegamos finalmente à última temporada de Gotham. E não poderíamos ter um começo mais promissor. Antes de mais nada, cabe lembrar de como a temporada passada acabou. Jeremiah, irmão gêmeo de Jerome, ficou louco igual o irmão, se aliou à Ra’s Al Ghul e causou pesado! O terrorismo foi feio! Apesar de muita gente ter evacuado Gotham antes dos vilões explodirem algumas bombas, muita gente ficou pra trás, e muita gente escolheu ficar pra trás, como Jim, Harvey e Bruce. Fato é que Gotham ficou isolada do mundo (eu nunca soube que Gotham era uma ilha, mas ok) e ficou à deriva do governo. Como diz no início do episódio: virou terra de ninguém.

A temporada começou mostrando como as coisas estão lá na frente, mais de 1 ano após o isolamento de Gotham. E de cara vemos uma união improvável entre Jim, Harvey, Nygma e Pinguim, todos lutando por Gotham, de alguma maneira. Como chegou a isso é o que vamos descobrir!

Não vou entrar em detalhes de muitos núcleos, mas o conflito geral desse primeiro episódio é por sobrevivência. Cada grupo tomou uma parte da cidade e tem seus recursos, como Pinguim com armamento e Barbara com comida. Tudo parece calmo por um tempo, cada um na sua, evitando conflitos, mas tudo acaba com a invasão do Espantalho à área da polícia e o furto de vários suprimentos. Aí o negócio esquentou, pois os “cidadãos de bem” ficaram sem nada, e coube à Bruce ajudá-los de alguma maneira.

Mais conflito rolou, pois o helicóptero que Bruce havia contratado pra trazer suprimentos foi derrubado e teve gente (Pinguim) que foi atrás pra saquear. A questão aqui é quem derrubou o helicóptero, porque só quem teria poder de fogo pra isso seria o próprio Pinguim, e ele admitiu que não o fez. Meu palpite vai pra Lee, que está sumida e pode finalmente estar retornando. Pois bem, o bafafá todo resultou na primeira morte da temporada: Tabitha. Ela apareceu pra encurralar Pinguim, mas acabou morta pelo vilão. E quase que Barbara vai pra vala também, se não fosse Jim atirar no vilão.

Uma coisa que preciso elogiar sobre Gotham é o desenvolvimento de personagens. Quase todos foram bem desenvolvidos. Pinguim, Nygma, Bruce, Espantalho, Selina, Harvey… todos sofreram grandes mudanças e cresceram ao longo da série. Também deve uns desenvolvimentos zuados, tipo de Barbara e Lee, que mais parecem que regrediram. E tem Jim que ficou na mesma, acho que por causa do ator não muito bom.

O que vemos nesse primeiro episódio é que cada um está lidando com seu apocalipse, com seu problema. Temos Selina querendo se matar por ter perdido os movimentos das pernas, temos Nygma sofrendo com sua dupla personalidade de maneira surreal, temos Pinguim e o problema da sua perna, e temos Jim querendo salvar a cidade, mas sofrendo com a impotência. E no meio de tudo isso, temos a inserção de novos plots, novos personagens. Quem está atrás daquela criança? Quem é aquela mulher que desenhou no mapa de Jim? Fato é que a temporada vai ser mais curta e a adrenalina vai ser boa. Torcendo pra uma grande temporada e um grande final desde já!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Gerson Elesbão

Um @gerson incomoda muita gente, um @gersonrealoficial incomoda incomoda incomoda muito mais! É DC, é Marvel, é Netflix, é reality. Se a série for boa, chama no probleminha, bebê!

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu