Posts Populares

Grey’s Anatomy – S15E14 – I Want a New Drug

”I hope that she decides to live.”


Bailey e Teddy estão conversando a caminho do hospital e do nada quase são atropeladas por um carro que simplesmente ”descarta” um garoto na porta do Grey-Sloan e depois vai embora. Ele estava tendo uma overdose. E, logo após esse garoto ser socorrido, o hospital começa a receber cada vez mais jovens com o mesmo problema. Não é explicado de fato o motivo pelo qual isso aconteceu, mas sabemos que foi por causa de uma mesma droga e que Betty estava lá, o que deixa tudo mais tenso ainda.

Enquanto isso, Owen se prepara para se despedir de Leo porque os avós do garoto irão buscá-lo. Apesar de eu não simpatizar com o personagem, é muito triste essa situação, já que durante todo seu tempo na série ele sempre quis ter um filho e agora que conseguiu vão tirar a criança dele. E, particularmente, acredito que a criança deveria ficar com o Owen que desde o início demonstrou ser um ótimo pai, mas a gente está falando de Grey’s então tudo de ruim acontece nessa série, né? já estamos acostumados.

Seguindo, enquanto o hospital continua lidando com os casos de overdose, Meredith quebra o recorde do hospital de cirurgia mais longa. A mulher ficou mais de 24 horas direto em cirurgia, UM DIA INTEIRO, eu nem sei se isso na realidade é possível, se já aconteceu e tal, inclusive se alguém souber comenta ai. Mas, olha… que mulher meus amigos, que mulher. E achei super fofo o DeLucca apoiar ela nesse momento, e que cena fofa ele ajeitando ela pra dormir AAAA eu apoiava ela com o Link mas estou me acostumando cada vez mais com a ideia de Mer e DeLucca, viu. Espero que ele continue tratando bem essa rainha.

E por falar em Link, achei que nesse episódio jogaram no ar um rolo entre ele e Amelia. Geralmente quando dois personagens se aproximam assim do nada, ainda mais em um momento triste, a série enfia um casal no meio. Não sei se isso vai acontecer mesmo, ou se só vai rolar amizade, ou nem isso. Mas de qualquer forma é algo pro futuro e, sinceramente, não os vejo como um casal não. Amelia ainda tá enrolada com o Owen e acho que ela gosta real dele (mas bem que eu queria ver ela largando o embuste).

Mas, deixando isso de lado, foi muito triste a maneira como Amelia reagiu à morte do namorado da Betty, ela nem o conhecia direito, mas sabe a dor que a menina vai sentir quando descobrir porque ela já passou por isso. Olha, de verdade, eu quero minha cristal Amelia sendo feliz pelo menos um pouquinho nessa série, porque já deu de fazer a outra rainha sofrer, viu?

Outro ponto muito legal também foi o Jackson ajudando o senhor que morava no parque onde ocorreram as overdoses. Eu gosto bastante de como a série constrói os relacionamentos entre médicos e pacientes, bem humanizada. Jackson sem o conhecer direito se propôs a ajudar sua situação que já estava precária, quem dera se os médicos da vida real fossem assim também, né?

Por fim, é importante, novamente, dizer o quão importante Grey’s Anatomy é pra todos que assistem. O debate a cerca do uso de drogas é de extrema importância e a maneira como a série aborda isso, e abordou nesse episódio, é de extrema sensibilidade. Uma cena que mexeu muito comigo foi quando Amelia e os pais de Betty visitam ela no quarto do hospital, e Amelia diz que torce muito para que a morte do namorado a faça perceber que está no fundo do poço, porque assim ela percebe o quanto precisa viver. E quando Amelia diz ”eu espero que ela decida viver” é de quebrar o coração, e é exatamente isso que muitas famílias que convivem com isso sentem, é isso que muitas mães sentem. Por isso eu amo essa série, por isso ela é tão importante.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Erik Lacerda

Paulista, 17 anos, não bebo mas rola um cantinho do vale de vez em quando (ou é cantina? não sei). Amo comentar sobre tudo o que assisto porém nenhum amigo meu tem paciência pra me ouvir falando besteira sobre GOT, Grey's e How I met Your mother, por isso estou aqui.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries