Posts Populares

Greys Anatomy – S16E01 – Nothing Left to Cling To [SEASON PREMIERE]

Amélia, suas costas não param de doer?

Mais uma temporada de Greys chegou para gente e já chegou fazendo o que mais fez nas últimas temporadas, decepcionando.  Eu gostaria de entender o que se passa nas cabeças desses roteiristas, não faz sentindo algum deixar vários pontos de tensão no último episódio da temporada passada e todos se resolverem em menos de 15 minutos de tela. Jackson não havia sofrido acidente, Meredith não foi presa e Tom parecia estar vendo borboletas azuis, ao invés de confrontar a Teddy, tudo muito rápido e sem aprofundamento. Espero que pelo menos todas essas resoluções repentinas sejam porque há muita história nova para contar nessa temporada.

Mas nem tudo foi ruim nesse episódio, finalmente tivemos o fim Jaggie, o casal já vinha se mostrando desgastado na ultima temporada e depois de ser abandonada na estrada, Maggie percebeu que não dava mais para continuar, uma escolha acertadíssima, a química era zero e ficava bem claro o quanto ambos não se complementavam.  A escolha dos roteiristas de apresentar o episódio tendo saltos temporais, fez com que não víssemos o momento do termino, o que é uma pena já que momentos assim sempre são bons para os atores mostrarem seu potencial.

Na última temporada Meredith, Karev e Richard foram demitidos e ambos seguiram caminhos diferentes nessa premiere. Meredith foi condenada a serviço comunitário e até aqui eu estava bem incomodado, ela havia cometido um crime de fraude, não estava errada, mas cometeu e em crimes como esse, as resoluções não são tão simples, só no final do episódio que foi mostrado a seriedade de suas ações. Todo o desenrolar de Karev foi na verdade de Jorev e meus amigos, que casal! As duas últimas temporadas foram feitas para todos se apaixonarem pela Jo e a Camilla Luddington mostrou que dá conta desse protagonismo e vem emocionando a todos com a história de sua personagem, sua cena com Alex na terapia foi de doer o coração e toda sua felicidade ao perceber que não estava sozinha e havia sido pedida em casamento, foi lindo demais. E por último, mas não menos importante, foi o Webber e que dó que me deu, foi de chefe de um hospital para um trabalhador de aplicativo atendendo em casas, porém algo me diz que ele e o Alex nesse novo hospital será muito interessante e eu gostaria de parabenizar o ator James T. Pickens por ser tão talentoso, ele é engraçado sem querer, toda sua cena sacudindo  com o Alex foi hilária.

Não é segredo para ninguém que me conhece o quanto eu amo a Amelia, foi impossível não se apaixonar por ela na temporada passada após o aprofundamento de sua história e agora que está grávida, ela tem tudo para pegar o protagonismo da temporada para si. Para quem não sabe, a Amelia era uma personagem de private practice, spin off de Greys feito para Addison, e lá ela engravida, porém o bebe nasce com o cérebro não inteiramente desenvolvido e morre logo após o parto. Toda esse plot fez com que Amélia se tornasse uma mulher ainda mais forte e se conectasse com sua fé, estando grávida de novo as possibilidades são infinitas, seja fazer com que nos apaixonemos mais ainda por seu relacionamento com o Link ou querer abortar ou até mesmo se aprofundar novamente com sua fé, a temporada pode ter varias vertentes e eu estou ansioso para descobrir qual seguirá.

Outras observações:

– Devido aos flashwords, não vimos a Amélia propondo o Link de fazer a três com a Carina, imagine o quão hilário seria essa cena.

– Que coisa mais linda e engraça a Teddy sendo mãe, deixou até o Owen suportável.

– Espero que o DeLuca continue assim, apenas como figurante.

– Queremos mais cenas de Glasses e Nico!!!!

Mas e aí? O que acharam do episódio? Concordaram com os rumos dos personagens? Deixe aí nos comentários suas opiniões.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ives Gonçalves

Um carioca estudante de direito querendo se formar, viciado em x factor´s do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries