Posts Populares

Grey’s Anatomy – S17E05 – Fight the Power

I’ve got sunshine on a cloudy day

Grey’s Anatomy havia feito uma abordagem diferente em relação ao COVID, enquanto outras séries focaram nas vítimas, eles focavam em como seus médicos lidavam com aquela situação e não achei nem errado nem certo, foi apenas uma escolha narrativa, mas eu sentia falta de uma situação ao qual o público pudesse de fato se identificar e esse episódio veio para calar minha boca.

Uma das personagens mais amadas pelo público é a Miranda Bailey, presente desde o inicio com o seu jeito durão e engraçado, a personagem não tem ninguém que não tenha um carinho por ela e foi ela a escolhida para representar a dor que tantas pessoas sentiram esse ano. Perder alguém que amamos nunca é fácil, mas perder alguém esse ano foi pior ainda, a Bailey ainda teve o privilégio por ser médica de estar ao lado da mãe e poder ser despedir, mas assim como seu pai, muitos de nós não tivemos isso. A Bailey perdeu a mãe duas vezes, uma para o alzheimer e agora para o Covid-19, a revelação da doença para Meredith me pegou de surpresa, pois jamais esperava que a Bailey teria mais esse em comum com a Merdeith e que conversa linda elas tiveram, já havia tido um episódio contando a infância da Bailey e ver as lembranças boas desse tempo deu um quentinho no coração.

Todas as cenas da Miranda nesse episódio foram emocionantes, a conversa sobre como é ser uma mulher negra com a Pierce, ela cantando “My Girl” para acalmar a mãe, o desabafo com a Meredith, a vídeo chamada com seu pai, a narração inicial e final dela e por último a sua despedida da sua mãe, foi tudo muito tocante e bem feito. Se culpar é algo comum do ser humano, nós temos tendência a achar que tudo gira em torno da gente, por isso é muito plausível a Bailey se culpar por ter botado os pais na casa de repouso e por isso foi importante a conversa com a Maggie. A Maggie também perdeu sua mãe e fez ainda pior, pois forçou a sua mãe além da conta para não perde-la, acredito que foi ai que Bailey decidiu não tomar o mesmo caminho e respeitar que era a hora da sua mãe.

Algo que sempre foi certeiro para se tornar um ótimo episódio foi botar um médico em perigo e todo o resto completamente focado em salvá-lo, foi assim com a Meredith, Callie e April, por isso eu não entendi o porquê de deixar tão irrelevante o fato do Koracik estar quase morrendo, quando a promo do episódio foi basicamente sobre isso. Logo no inicio do episódio ele aparece já em estado crítico e fica por isso mesmo. As únicas coisas de relevante que aconteceram nesse plot foi a volta da Amelia para o hospital e a conciliação dele com a Teddy, inclusive eu gostaria de fazer um adendo e comentar o quão hipócrita são os personagens por estarem julgando a Teddy dessa maneira quando o Owen traiu a Amelia com ela e ainda fez a esposa pedir desculpas para ele, que homem nojento e todos que o defendem.

O residente paquistanês teve um pouquinho de destaque e eu já estava criando várias fanfics com o Levi, mas a sua história teve na verdade um impacto na Jo. Desde o inicio o episódio havia deixado claro o quão ela estava infeliz e com toda história da mãe que não pode ver a filha, eu achei que o plot da adoção seria novamente abordado e ela se tornaria mãe, mas fomos todos pegos de surpresa e na verdade ela quer refazer sua residência e se especializar em obstetrícia, não faço a mínima ideia de onde esse plot vá levar, mas fico feliz em ver a personagem feliz e tendo destaque sem estar relacionada a homem.

Grey’s Anatomy deixou um pouco de lado a Meredith e seus fantasmas e finalmente focou no lado mais humano e emocional dessa pandemia.

Usem máscaras

  • Racismo sempre foi um ponto forte no show, mas essa temporada em particular tem tocado e ensinado bastante nesse assunto, é muito importante saber que mais uma vez a população negra é a mais prejudicada e nós que somos brancos devemos apenas aceitar que somos privilegiados sim e usar esse privilégio para buscar igualdade.
  • No final do episódio, ao invés dos créditos foi a lista de algumas vítimas do COVID-19

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Ives

Um carioca estudante de direito querendo se formar, viciado em x factor´s do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries