Posts Populares

Grey’s Anatomy – S17E07 – Helplessly Hoping

Não tema o final da vida, pois a morte é apenas um início.

Grey’s Anatomy é um dos shows que mais apresentou mortes em tela, se não o mais, mas é justificável por ser uma série médica, afinal de contas todos os dias pessoas morrem e mais da metade em hospitais, já deveríamos estar acostumados, certo? A resposta é não. Uma das maiores qualidades ou defeitos de nós seres humanos é a incapacidade de desapegar com facilidade, quantas vezes sofremos por aquele amor que já não é mais nosso ou quando perdemos algum objeto que amamos tanto? É a mesma coisa com personagens fictícios que gostamos, estamos acostumados a ver toda semana a história dele sendo contada e torcer pela sua ascensão, mas assim como na vida real, uma pessoa pode partir em seu melhor momento.

Eu já disse em algumas reviews que uma ótima fórmula de um bom episódio é por um médico em risco e todo o resto da equipe tentando salvá-lo (o único episódio acima do bom na temporada 14 foi o da April) e quando comecei o episódio, achei que seguiria esse estilo, mas não podia estar mais enganado. Por ter tido a história do DeLuca e a sequestradora no episódio de Station 99, Grey’s Anatomy se conteve em continuar a história do pós tais acontecimentos, logo no início vemos que a facada foi bem mais séria do que esperávamos e o Andrea corria um grande risco de vida. Já houve diversas vezes em que a série enganou a gente, fez o personagem ficar bem, para depois nos surpreender (Saudades Denny) e aqui ocorreu novamente, respirei aliviado junto com a Carine ao saber que ele estava salvo e me desesperei junto com a Teddy ao vê-lo daquela maneira na mesa de cirurgia, Andrea DeLuca não era nem de longe o meu personagem favorito, mas eu torcia por ele, torci para que aceitasse ajuda e melhorasse de sua doença, torci que ele conseguisse acabar com o esquema de tráfico humano e torci até o último segundo para que ele conseguisse sobreviver, mas no último não adiantou, ele acabou não resistindo e já sabíamos disso segundos antes devido a excelente analogia do castelo e da maré. Sua despedida na série foi bonita, morreu como um herói, teve lindas interações com a Meredith e encontrou a paz junto a sua mãe, não sei se o ator decidiu da série ou foi apenas uma escolha dos escritores, mas deixo aqui o meu agradecimento ao excelente trabalho do Giacomo Gianniotte e desejo um enorme sucesso em sua carreira daqui para frente.

Algo sempre muito comentado em qualquer família é o quanto um filho deve saber, diversas vezes nossos pais nos esconderam problemas para que não nos preocupássemos e esse discussão veio para o episódio. Meredith já está há 5 episódios internada e até agora nada foi dito as crianças, não acho que deva deixá-las a par de tudo que está acontecendo, mas pelo menos dizer que a mãe não está bem e foi isso que a Amélia decidiu no final das contas, em uma linda cena da Zola.

Quem também teve destaque foi a Jo, é incrível ver a evolução de sua personagem, foi daquela residente egoísta e insuportável, para essa mulher extremamente empática. Regras foram feitas para serem quebradas, toda vez que uma medida de proteção é formada, ela ignora o nosso lado humano e foi isso que a Jo bateu de frente, sua paciente estava fazendo cirurgia atrás de cirurgia, ainda não havia segurado sua filha e o pai da criança não ia ser presente, ela precisava de uma quebra no protocolo e ir ver sua filha, uma pena que a Jo não conseguiu levar a criança a tempo. Esse plot me fez crer que assim como fizeram com o do DeLuca e a sequestradora, a Jo novamente tentará ser mãe, essa história também foi deixada de lado devido a saída do Justin Chambers e agora com calma eles poderão retorná-la, muito provavelmente a filha da Val será adotada pela Jo.

Grey’s Anatomy retornou depois de um hiatos de 3 meses e pelo visto continuará apostando em uma temporada mais pesada e cheia de surpresas.

Outras observações:

  • APRIL KAPNER ESTARÁ DE VOLTA!!!!!!!! A atriz foi confirmada para fazer uma participação especial na atual temporada.
  • Stefania Spampinato entregou muito nesse episódio, a atriz é do elenco regular em Station 99, mas acredito que com a morte do irmão de sua personagem, ela terá destaque em ambas a séries.
  • Glasses teve destaque nesse episódio, mas suas atitudes foram um pouco autocentradas.
  • Não da para entender o porquê de estarem tratando tão mal a Teddy, tanta gente nesse hospital já fez merda também.
  • Morre todo mundo, mas não morre o Owen….

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Ives

Um carioca estudante de direito querendo se formar, viciado em x factor´s do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries