Não sei como começar essa review, a última de Hart of Dixie. Só sei sentir.

Adiei por mais de uma semana assistir a series finale de Hart of Dixie porque sabia que iria sofrer de verdade após assistir o último episódio, não sabia como ia lidar com isso e muito menos como escrever uma review falando do episódio. Eu, Caroline Azevedo, estou completamente despedaçada e escrevo para vocês em lágrimas, se fosse papel estaria molhado. É muito difícil se despedir de uma série tão querida, mas é praticamente insuportável se despedir daquela série que você acompanhou desde os primeiros episódios e se tornou o seu xodó. E essa foi/é Hart of Dixie pra mim. Por isso, está sendo tão difícil. Queria que tivessem temporadas intermináveis, apenas.

1

Por mim, esse episódio só poderia ser melhor em um aspecto: durar muito mais e contar detalhadamente tudo o que passou rapidinho durante a música final, de resto foi PERFEITO! Eu realmente não sei por onde começar, então resolvi falar tudo junto.
Pela primeira vez, consegui aceitar Lemon e Lavon juntos. Tudo bem que o futuro deles já tava certo, mas nesse episódio eu acho que entendi o que ele representa pra ela, o quanto ele mudou/muda ela e , principalmente, quanto ele a faz feliz, que foi o mais importante pra mim, ver aquele sorriso o tempo todo desde que ficou noiva, o quanto ela tava relaxada com tudo e o que Lavon significava pra ela. A única hora que me deixou meio tristinha foi quando ele decidiu contar sobre o pedido de casamento e no meio da festa de noivado, vi aquele olhar de decepção e tristeza que estamos acostumados e não gostei. Tudo bem que eu queria que fosse revelado logo isso, mas Lavon podia ter escolhido uma hora melhor não? Mas… ele conseguiu se redimir e de uma forma bem fofa, achei aquele pedido no meio da estrada muito mais fofinho do que seria aquela coisa toda planejada. Então, casaram-se no fim do episódio e foram felizes para sempre e, finalmente com minha aprovação rsrsrs 🙂

2

Uma coisa que esqueci de falar lá no início é que eu chorei desde os primeiros minutos desse episódio, foi a Zoe conversando com a Rosie, o Brick fazendo aquela mega surpresa LINDA pra ela e tanto mais que não aguentei, me senti como a Zoe disse pra Rosie: “Esse dia está sendo muito intenso!”, tipo… That’s it, Zoe!

3

Essa hora que a Zoe foi brigar com o Brick e ele mostrou a placa pra ela com o nome dos dois, gente… como eu chorei, foi TÃO linda essa cena, ela sem conseguir falar e só abrindo os braços pra ele abraçá-la, MEU DEUS! E a cena dela “conversando” com o Harley no túmulo? As coisas que ela disse e passando um filme da minha cabeça desde a 1ª temporada vendo como ela mudou, como todos mudaram, como eu mudei, inclusive. Affff, emoções que não cabem em mim. E o mais fofo disso tudo é que ela não teve o Harley (doeu quando ela disse isso também), mas ela tem o Brick ao lado dela pra cumprir um pouco esse papel, ain :’)

45

Achei muito fofo e emocionante (uma das 243434 horas que eu chorei) o fato de meio que recriarem a história de Zade e mostrar uma “nova Bluebell nascendo”, essa cidade… como eu amo essa cidade, por mais que ela não exista na realidade <3
E por mais que Zoe e Wade sejam a minha paixão, pra mim a cara de Bluebell é Lemon e Wade, acho que eles transmitem exatamente o que Bluebell é, sério. O jeito dos dois, a atitude, a forma de falar, acho que por isso que eu amo tanto essa amizade dos dois e justamente por isso que, mais uma vez, me emocionei com eles, mostrando o quão amigos eles são e antes ela sabendo exatamente que ele tava escondendo algo dela, depois ele dizendo que odiava aquela expressão dela, mostrando que se conhecem como a palma da mão e por fim, Lemon dizendo que ficaria mais que feliz de dividir seu momento com ele, coisa mais linda desse mundo!

6

Achei engraçadíssima a cena das meninas metendo o pau nos homens lá no Rammer Jammer e depois completamente bêbadas, mostrando exatamente como nós mulheres smos hahahahaha
Uma das partes foférrimas do episódio foi quando George disse que amava a AB, eu nunca shippei os dois, mas fiquei num nível de gostar muito e querer sempre saber o que será dos dois. Por mais que eu soubesse que eles não iam terminar, me afetou a cena deles brigando e tudo, mas depois compensou aquilo tudo que o George disse pra ela. Esse George é muito bom com as palavras, não é à toa que é advogado e empresário né não? 😛
No finzinho deles acredito que ela tenha ido passar um tempo com ele em Nashville, mas pode ser também uma experiência para mudar pra lá, quem sabe? Meio que deixou no ar. Sei que fiquei feliz de verdade pelos dois juntos 😀

7

Agora, vamos falar dos REIS de Bluebell, reis da minha vida, desse episódio, de Hart of Dixie, de Bluebell, de tudo: Zoe e Wade, vulgo Zade <3
É tanta emoção ao falar deles, foi tanta coisa linda que não consigo expressar em palavras, vou expressar em gifs (ps. Já estou em lágrimas de novo)

Zoe dizendo que não aguentava mais esperar para ter Wade como marido e se casando com seu homem da forma mais Zade que poderia existir, atrapalhada, romântica e maravilhosa. Tudo que eles disseram um pro outro, os sorrisos, a alegria. Sério… :’( <3

89

10

A felicidade de Wade e do povo de Bluebell inteiro abençoando a união desses dois. O Dash dizendo que todos são família e Zoe reiterando, dizendo que ninguém ia sair dali <3

11

12

E, por fim, eles com o bebê Hart-Kinsella (que não soubemos o nome, infelizmente) e nos mostrando a família maravilhosa que formaram. Não gente, não aguento de tanto amor (e dor)!

13

Me despeço dessa série da forma mais sofrida que possa existir, mas também da forma mais grata. Eu “cresci” junto com Bluebell, sem querer ser hipócrita mas quantas coisas esses personagens me ensinaram?
Aprendi com Wade que se as pessoas quiserem, elas mudam sim por mais que esse processo seja demorado e doloroso até e que, claro, todas as mulheres precisam de um Wade em suas vidas. Aprendi com Zoe que nunca se deve desistir dos sonhos e, principalmente, do verdadeiro amor. Aprendi com Lemon que nunca deve-se ser deixada passada pra trás e que podemos ser a pessoa mais adorável e mais temida, ao mesmo tempo. Aprendi com Brick que cuidar da família pode depender só de você e que você sempre irá lutar por ela. Aprendi com George que amores vem e vão, mas seus sonhos são para sempre e só depende de você para realizá-los. Aprendi com AB que o humor e a simpatia superam tudo e que amigos são a base de sua vida. Aprendi com Lavon que você nunca deve tirar o sorriso do rosto, pois somente assim os momentos difíceis passam e vem os melhores sorrisos. Aprendi tanto com todos de Bluebell, que não tenho palavras. Percebi que nunca vou conseguir dizer adeus de verdade a essa série e essa cidade, eles estarão sempre comigo e eu simplesmente não consigo deixá-los.

14

15

A CW não se pronunciou ainda sobre esse ter sido o series finale, porém a Leila (produtora) e uma parte do elenco fez questão de falar pros fãs no Twitter, além disso soube que o Scott (George) e a Jaime (Lemon) já foram contratados para outra série, ou seja, é praticamente um milagre a série voltar para a 5ª temporada, mas por mais que eu já tenha colocado isso na minha cabeça, não deixo de tentar. E se vocês assim como eu querem fazer alguma coisa mesmo que seja para mostrar como a série é querida, votem aqui quantas vezes quiser em Hart of Dixie (que está em segundo no momento e vai pra final), a votação termina no domingo e a final começa no dia 6. Não custa tentar né?

Queria estar deixando a promo da próxima temporada aqui, mas já que infelizmente não temos isso, deixo pra vocês um vídeo dos momentos Zade desse episódio relembrando todos os outros momentos importantes, desde a 1ª temporada até a 4ª, contando e relembrando toda a história deles. Não tem forma melhor de terminar essa review não?
Termino por aqui (até porque não tenho mais nenhuma estrutura emocional) agradecendo à vocês que leram minhas reviews e acompanharam essa série tão amada comigo, fico MUITO agradecida, de coração e… LONG LIVE THE HART! <3 :’(

 

Caroline Azevedo
Caroline Azevedo

Complicada e perfeitinha. Me tira tudo, mas não me tira minhas séries e a música. Já que não tenho o meu mozão, shippo os mozões do mundo seriador: Delena, Captain Swan, Olicity e Zade são os principais. Entre os meus vícios, estão The Vampire Diaries, Once Upon A Time, The Originals, Arrow e Supernatural.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: