Posts Populares

His Dark Materials – S02E01 – The City of Magpies [Season Premiere]

I look around this room and I see failure

Lyra está de volta em um episódio maravilhoso! Exatamente do ponto em que deixamos a primeira temporada reencontramos nossa heroína, depois de descobrir a verdade sobre a falta de escrúpulos de seu pai e de perder seu melhor amigo Roger, acompanhamos a pequena explorando um novo mundo até encontrar Will.

Aqui eu acho que a escolha do roteiro de introduzir Will na temporada passada foi 100% acertada. A primeira temporada cumpriu as expectativas de cobrir os acontecimentos do primeiro livro de maneira muito fiel e a escolha de adiantar a história de Will, que só é explorada a partir do segundo livro, não teve qualquer impacto negativo, inclusive serviu para quebrar alguns momentos monótonos que existam na primeira parte da história e permitiu acelerar os acontecimentos sem necessidade de interrupções para contextualização.

Um dos pontos altos do episódio foi a fotografia e o cenário, Cittàgazze, a cidade que Will e Lyra exploram no episódio, foi retratada exatamente como eu imaginei quando li os livros, em cada detalhe. Mais um ponto para essa superprodução da BBC/HBO.

Em termos de ação e explicações o episódio foi bem paradinho, Will e Lyra descobriram muito pouco sobre o novo mundo, sabendo apenas que os adultos da cidade ou fugiram ou foram mortos por espectros e que Will teve no final do episódio um encontro com um ser estranho.

Os eventos mais agitados se concentraram em outro núcleo, primeiro Marisa Coulter (Como senti falta da perfeição de Ruth Wilson) colocou Fra Pavel e Padre MacPhail no devido lugar deles e ainda quase conseguiu informações importantíssimas ao torturar uma feiticeira.

O segundo núcleo foi a reunião de feiticeiras, Lee anunciou que partirá na missão de encontrar Stanislaus Grumman, o explorador que supostamente está vivo e que tem grande conhecimento sobre o pó. No entanto em meio a discussão Ruta Skadi intervém argumentando sobre a necessidade de as feiticeiras lutarem contra a igreja, as feiticeiras, no entanto entendem que o foco delas deveria ser Lyra. Ruta então parte sozinha em direção ao navio onde Coulter torturava outra feiticeira e a executa antes que possa revelar a vilã que Lyra era na verdade a criança da profecia.

O início da temporada foi bem interessante, tivemos a primeira interação de Will e Lyra, e devo pontuar aqui que tanto Dafne Keen quanto Amir Wilson têm feito um trabalho espetacular além de contracenarem com bastante naturalidade.

Também tivemos as primeiras ameaças de guerra com a discussão das feiticeiras, apesar de rechaçada no momento sabemos que a guerra é inevitável e os acontecimentos que levarão a ela se desenrolarão em breve.

Ainda nos destaques do episódio temos a retomada de poder por Coulter, ela, apesar de derrotada, soube ainda dominar o ambiente e novamente se colocou em uma posição de poder dentro do Magistério.

Estou extremamente ansioso pelos próximos episódios e, caso se mantenha fiel ao livro, tem tudo para não só trazer muitas respostas, mas para também ser incrível, e vocês o que acharam? Ansiosos por essa temporada? Até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Felipe Tanabe

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries