Posts Populares

His Dark Materials – S02E07 – Æsahættr [Season Finale]

Don’t you go before I do

O episódio dessa semana sofreu dos mesmos males que o da semana passada, ainda que tenha sido um excelente episódio. Muito se discutiu, mas pouco se respondeu, de fato tivemos acontecimentos impactantes, encontros e desencontros, mas ainda assim ficamos com aquela sensação de incompletude.

Essa temporada conseguiu superar a primeira, além da qualidade e da fidelidade ao material original, essa temporada conseguiu expandir os plots dos livros de uma maneira tão natural que mais de uma vez eu tive que checar se um fato foi adicionado pela série ou já era parte da história, o que só me deixa mais animado para a próxima temporada.

Voltando para o episódio de hoje, como a série tem seguido, com as devidas ressalvas, a ordem dos acontecimentos dos livros, quase todos os acontecimentos impactantes eu já esperava (o que não significa que eu estava pronto para quando eles de fato acontecessem.

Ainda seguimos a longa caminhada de Lyra, Will e as feiticeiras para encontrar o pai de Will, mais cavernas e florestas e mais diálogos no tempo futuro. Ainda que algumas informações importantes como o plano de Asriel e o aprofundamento da relação de Will e Lyra tenham sido discutidos nesses momentos, estes não foram os mais interessantes.

A jornada de Coulter por Cittàgazze, que foi uma adição muito bem vinda da série, trouxe muito mais respostas, vemos ela mais uma vez torturar uma feiticeira para conseguir informações sobre Lyra, dessa vez obtendo sucesso: Ficamos sabendo que Lyra na verdade é Eva.

Além disso, outra adição bem explorada pela série foi a relação de Coulter como os espectros, lá ela apenas justifica que “eles sabem que ela pode fornecer mais almas para eles consumirem se deixarem ela viver”, já aqui temos Coulter controlando-os a seu bel prazer.

No mesmo mundo Lee e Jopari conseguem pousar em segurança, mas logo são perseguidos por soldados do Magistério. Ferido, Lee fica para trás para dar uma chance para Jopari Escapar. Essa cena é um dos momentos mais tristes do livro e Lin-Manuel Miranda junto com Cristela Alonzo a executaram perfeitamente.

Eu já sabia que em algum momento da temporada isso aconteceria, mas nem de longe eu estava pronto para me despedir do aeronauta. Eu sabia que toda a cena seria difícil de assistir, eu sabia que Lee lutaria e não fugiria, mas ainda assim doeu como na primeira vez que li o livro.

Logo na sequência temos o tão esperado encontro de Will e seu pai, aqui houve uma mudança significativa do livro para a série. No livro o encontro é de noite e os dois apenas se reconhecem instantes antes de John Parry ser assassinado por um feiticeira que ele rejeitou.

A escolha por fazer o encontro durante o dia, possibilitou que ambos de pronto se reconhecessem e pudessem compartilhar um último momento como pai e filho, além de que o fato de John ter se sacrificado pelo filho da ainda um tom mais dramático à cena. Também não foi uma cena fácil de se assistir, mas com certeza deu um toque a mais que a tornou ainda melhor.

Por fim o episódio termina com um discurso de Asriel muito bem executado por James McAvoy, ainda que tenha sido bem forte, o resultado não foi tão surpreendente quanto o esperado, já sabemos que os anjos caídos se rebelariam contra a autoridade e isso tirou um pouco do impacto do discurso.

A temporada acabou em um tom um pouco abaixo do que eu esperava, mas ainda assim terminou muito bem, a terceira e última temporada já foi confirmada e deverá cobrir o terceiro livro da série, “A Luneta Âmbar”.

As duas temporadas me agradaram muito, essa segunda ainda mais que a primeira. O bom nível dos atores foi mantido, destaque para Ruth Wilson, Dafne Keen e Amir Wilson, entregando atuações consistentes e muito interessantes. A promessa é que a próxima temporada tenha um ritmo mais intenso, o que fez com que as minhas expectativas para fiquem ainda maiores.

O que vocês acharam da segunda temporada de His Dark Materials? Quais as suas expectativas para a terceira e última temporada? Me conta ai embaixo! Até ano que vem, pessoal!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Felipe Tanabe

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries