Posts Populares

How To Get Away With Murder – S06E02 – Vivian’s Here

4 enredos em um só episódio! Analisamos cada um deles!
Quais são suas teorias?

Olá pessoal, aqui é Andy e estou louco para comentar com vocês sobre tudo que aconteceu no episódio 2 da sexta e última temporada de HTGAWM. Hoje, vamos por partes, tivemos praticamente 4 enredos dentro desse episódio e é interessante analisarmos cada um deles com paciência.

Para começar eu gostaria de fazer uma coisa que não costumo fazer muito, enaltecer Connor Walsh. Como de costume, tivemos um caso que precisava ser resolvido nesse episódio e Connor ficou a frente do mesmo, como vimos, um garotinho latino tinha sido separado de sua mãe devido a uma instituição de controle de imigrantes nos EUA, apesar de estarmos falando de uma série ficcional, essa é uma realidade presente no país atualmente. Foi de doer o coração ver a reação do pequeno ao ver o ator disfarçado de policial da “ICE” e foi gratificante ver Connor o defendendo de forma tão genuína, como um verdadeiro aluno de Annalise. Pontos para a atuação de Jack Falahee, que vive a personagem. Outro ponto bastante interessante desse enredo foi Tegan, pudemos enxergar um lado mais maternal da personagem, assim como a exploração da sua latinidade, Tegan sem dúvidas é uma das minhas personagens favoritas, ela é muito bem construída e profunda.

 

Enquanto isso Bonnie estava em mais uma de suas aventuras, fazendo coisas ilegais para ajudar quem ama, assim como Annalise a ensinou muito bem. O triste é que dessa vez ela foi pega e perdeu o emprego, mas foi bonito demais ver a conversa dela com Annalise, em que elas declaram o amor que uma sente pela outra, é incrível e bonito como Anna Mae consegue ser a mãe de todos que estão ao redor dela. Infelizmente também é bem doloroso as vezes. E como pudemos perceber, o circulo ta se fechando cada vez mais para nossos amados personagens, estou aflito com o que vai acontecer.

Onde está Laurel? O que ela está fazendo? Onde está o pequeno Christopher? Ninguém sabe, mas nesse episódio tivemos a primeira pista, depois de ter encontrado a chave que da acesso a algum conteúdo secreto de Laurel e que eu não entendi muito bem do que se trata, Frank foi até o cofre tentar encontrar alguma pista e foi assim que o beloved descobriu que a última pessoa a visitar o lugar tinha sido Laurel e isso há apenas 3 dias atrás. Minhas teorias são, Laurel está viva e se escondendo de algo. Segunda teoria, ela é uma psicopata. Terceira e última teoria, tem alguém se passando por ela e ela foi sequestrada. E vocês, o que acham que está acontecendo com Laurel?

Agora vamos pros enredos mais interessantes e profundos do episódio: Michaela Pratt e Vivian Maddox.

Começaremos por Vivian, a mãe de Gabriel Maddox e também a primeira mulher de Sam, a qual ele deixou para ficar com Annalise. Depois de ser largada a vida de Vivian só foi ladeira a baixo, estamos falando de uma mulher negra, apaixonada por um homem branco e que a traiu e abandonou com um filho. Vivian nunca superou esse homem, que talvez tenha sido uma das poucas pessoas que olharam e entenderam ela, um dos poucos momentos da vida em que ela se sentiu completa e feliz, não é fácil perder isso, não é fácil perder essa sensação e eu a compreendo completamente quando ela diz, completamente perdida em uma ilusão, que era mágico, eu percebo a mentira, mas compreendo os motivos para ela se perder nessa mentira e acredito que qualquer outra pessoa negra, principalmente mulheres e LGBTs, também irão compreender.

O ponto é que Vivian quer vingança por uma coisa que nem foi culpa de Annalise, por mais que seja importante pontuar o erros de Annalise com Vivian, faltou empatia, faltou sororidade. Entretanto,  o incrível de Annalise, é que ela reconhece todos seus erros  e ela percebe como Sam era uma grande mentira, como ele sugava mulheres como ambas, mulheres negras e depois as trocavam ou mexia com o psicológico delas, tudo isso de forma muito sútil, qualquer um que olha-lo de fora, superficialmente, vai acha-lo um homem maravilhoso. Esses são os piores. O ponto é que os diálogos entre Annalise e Vivian são essências para discussões feitas no mundo real, sobre relacionamento interracial, sororidade, sororidade negra, solidão negra. E por isso eu destaco as palavras de Annalise para Vivian e peço que vocês reflitam sobre isso:

“Essa é a verdade Vívian, ele veio atrás de mim, paciente. E Deus sabe que eu poderia ter dito não, mas eu precisava dele para fazer com que eu sentisse que eu valia. E agora olhe para nós, duas irmãs negras retintas jogando a mesma história, dando de tudo para um homem que nos ver em um mundo que não nos ver, não é mágica, Vívian, É UMA MENTIRA!”

E para finalizarmos, AJA NAOMI KING VOCÊ NÃO MERECE SÓ O EMMY, VOCÊ MERECE O MUNDOOO!!! Que atuação meus amigos, QUE ATUAÇÃO, sucessora natural de Viola Davis. Como descobrimos desde o ep 1, Annalise mentiu para Michaela sobre seu pai e é nesse episódio que Michaela vai atrás do seu painho. O triste é que a resposta que o encontro que ela esperava nunca vai acontecer, afinal, seu pai está morto. É difícil descrever essa dor, é difícil entender isso, mas a verdade é que Aja conseguiu passar toda a dor em sua atuação.

Obviamente ela culparia Annalise pelo ocorrido, todos a culpam por tudo. Em meio a isso, ainda é perceptível que mesmo com ódio, existe muito amor de Michaela para Keating e isso é lindo de ver, o abraço que ela deu no final, em meio as lagrimas, raiva e dor, são indescritíveis. Foi uma cena extremamente profunda, dolorosa e ainda bonita de se ver. Michaela Pratt, conte comigo pra tudo, você merece o mundo!!!

Nos segundos finais do episódio descobrimos que foram encontradas as digitais de Pratt na cena do crime ocorrido, que supostamente é de Annalise. Eu gostaria de dizer que não acredito que Michaela tenha assassinado Annalise, assim como não acredito que ela tenha assassinado alguém e nem acredito que Annalise está morta. Espero que minhas suposições estejam corretas, caso contrario, o surto vem!!

Bom queridos, por isso é hoje, encontro vocês no episódio 4!

Um grande beijo em todos e não esqueçam de comentar suas teorias.

Até mais!! <3

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Autor

Andy

20 anos, pernambucano da peste, estudante de Radio, TV e Internet da UFPB. Sagitariano com asc e vênus em aquario, lua em câncer! Signo importa sim! Amante e consumidor massivo de cultura pop, além de problematizadora. Amém Rihanna, amém Katy Perry! Bjxxx de luxx

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries