21 de setembro de 2016
Justiça – S01E17 – Capítulo 17

Perdoar não é comigo, é coisa de Deus

E chegamos ao fim da trama de Elisa, Vicente e Regina. A história de Elisa e Vicente terminou com redenção, tragédia e uma reviravolta envolvendo Regina. Vem que nós vamos te mostrar tudo o que rolou.

Depois de todo aquele confronto de magoas, dores e sofrimentos entre Elisa e Vicente o inesperado (não tão inesperado assim) acontece. Os dois vão para cama e Regina que não é boba nem nada vai bater direto na porta de Elisa após Vicente ter passado a noite fora. Fátima até tenta tirar a amiga de tempo, mas, Regina não é besta e vê a camisa de Vicente no sofá de Elisa e faz o maior barraco. Ela diz umas boas verdades na cara de Elisa alegando que mesmo se Vicente não fosse casado e tivesse uma filha, ele é o assassino da filha dela e que ela estava torcendo para que Isabela estivesse vendo tudo aquilo. Elisa se descontrola mas no fundo sabe que Regina tem razão, ela foi para cama com o homem que matou a sua filha e isso não poderia ser apagado.

2016-09-20-2 2016-09-20-3

Elisa se transforma em uma bola de neve de emoções, se não bastasse a dor de perder sua filha e sua obsessão por “justiça” ela agora precisa conviver com o fato de ter ido para a cama com o homem que ela odiou por todos esses anos, e essa dor  tem consumido Elisa  a tal ponto, que ela fica visivelmente desequilibrada e na noite de lançamento do livro de Heitor, Elisa perde a compostura ao ser provocada pela Universitária pilantra.

2016-09-20-4 2016-09-20-5

Pior do que morte física é a morte espiritual, e Elisa está morta por dentro. A culpa por toda a situação criada em torno dela e Vicente tem a destruído e Isabela que antes era a lembrança mais bonita que ela tinha, hoje é sinônimo de dor, de vergonha e de culpa. Decidida a se livra de todo esse peso e dessa depressão que a cerca, Elisa entra em uma processo de cura interior quando decide jogar a arma que ela iria matar Vicente fora.

2016-09-20-6

Vicente começa a colocar sua vida nos trilhos, sua tese foi aprovada, iria começar a receber um dinheirinho e estava prestes a se reconciliar com Regina que está mais tranquila e pensando em voltar para o seu amado.

Elisa também está tentando levar a sua vida á frente e ela parabeniza Vicente pela boa nota na tese e ele oferece uma carona para a professora até em casa já que ela está sem carro. É inevitável que eles não falem da história em que estão envolvidos e Elisa deixa bem claro com essas palavras: “Nunca vou esquecer o que você fez. Perdoar não é comigo, é coisa de Deus, ou sei lá de quem, mas pelo menos eu estou conseguindo relativizar as coisas. O ser humano é muito frágil”  Elisa deixa bem claro que perdoar Vicente não é uma opção para ela, o que talvez tenha frustrado ele por ver que sua busca pelo perdão de Elisa é vã.  E é ai que vemos como tudo pode mudar em um piscar de olhos, Vicente que está começando a reconstruir a sua vida, com uma família, vê tudo sendo interrompido por um acidente. Já Elisa que perdeu sua única filha, interrompeu a sua vida por anos para viver intensamente cada milimetro de dor que a tragedia lhe causou, agora, tem a vida do assassino de sua filha em sua mãos. E ela decide por um ponto final nessa dor, nessa magoa, nessa culpa e cumpre o seu desejo por “justiça” quando deixa Vicente morrer negando o socorro. 

2016-09-20-7 2016-09-20-10 2016-09-20-11 2016-09-20-13

Elisa aparece no enterro de Vicente para sacramentar o fima da quela história e de tudo o que ela trouxa para sua vida. Ver Vicente morto para Elisa foi enterrar Isabela junto e todas as lembranças de sofrimento. Quem não está nada conformada é Regina, pois ela sente que da alguma forma Elisa é a culpada pela morte de Vicente

2016-09-20-14

Elisa decide se desfazer das coisas de Isabela e doou as roupas e pertences da menina. E a cena em que ela para no quarto vazio da filha e se liberta daquele luto e de tudo que a aprisionava, foi uma das coisas mais lindas que a série nos trouxe, o ato dela abrir a janela e deixar a luz entra é uma representação de que a luz também entrou em sua vida, Elisa se permitiu ser feliz e libertar a sua alma das mazelas que a acorrentavam.

2016-09-20-15

Evidenciando que a vingança é um círculo vicioso, e fazendo referência ao plano de vingança de Elisa exibido no começo da série, a história terminou com Regina praticando tiro com uma arma, deixando claro seu desejo de vingar a morte de Vicente.

2016-09-20-16

Chegamos ao fim da história de Elisa ou de Vicente como queiram se referir. Será que a justiça foi feita? Elisa não precisou apontar uma arma na cara de Vicente, pois, a vida se encarregou de dar o poder a ela de decidir manter a lembrança da tragedia de sua filha viva ou mata-lo. E você? O que você faria se pudesse decidir o destino de alguém que te fez tão mal? Se você fosse Elisa o que faria? Deixaria Vicente morrer ou daria uma segunda chance para que ele pudesse viver sua vida? Não deixem de comentar sua opinião e dizer se concorda ou não com os rumos traçados por Elisa.

É isso meus amores, aqui eu encerro minha participação em Justiça que foi uma série muito bem escrita, muito bem produzida e com atuações impecáveis. Como um bom aspirante a ator digo que essa série me rendeu cenas inesquecíveis de emocionar qualquer um. Continuem acompanhando as nossas reviews dos últimos momentos porque vem muito mais por ai.

Dam Souza
Dam Souza

Baiano que tem caruru e vatapá no sangue, aquele que é o canto da cidade e só discute com quem entende de Inês Brasil.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: