Posts Populares

Kidding – S01E09 – LT. Pickles

O fio que segura a nossa sanidade intacta, ou quase, é mais frágil do que imaginamos.

Acho que chegamos a um ponto que todos imaginavam em Kidding, só não sabíamos como seria: o colapso de Jeff. Depois de tantos acontecimentos que derrubariam qualquer um, Jeff se manteve de pé por mais tempo do que o esperado e nem consigo julgá-lo por qualquer atitude impensada, pelo contrário, só consigo pensar em parabenizá-lo por conseguir se manter tão “inteiro” por tanto tempo, ajudando tantas pessoas ao seu redor, enquanto o seu interior se desfazia aos poucos.
Talvez o término inesperado com Vivian tenha piorado tudo ou apenas deixado de causar um efeito retardante. Jeff nunca conseguiu lidar com a perda do filho, ele internalizou toda a sua dor e ela permanece lá. Enquanto Jill consegue, pouco a pouco, seguir com a sua vida, desenvolver seu relacionamento com Peter, é como de Jeff tivesse parado no tempo, como se estivesse esperando as coisas se ajustarem para poder seguir também. Mas a vida não para. E o que me deixa mais triste nisso tudo, é que ninguém parece realmente se importar. As pessoas que estão a sua volta se mostram mais preocupados com o Mr. Pickles do que com o Jeff. Mais preocupados com o dinheiro que podem perder, do que com a saúde mental de seu filho/irmão/etc.

“Você é uma gaita de foles de insanidade” PAI EMBUSTE DOS INFERNOS!

Tentando lidar de forma mais “humana” com o seu próprio filho, após o mesmo aprontar mais uma vez na escola, Jeff vai com sua ex-esposa e o filho a um restaurante, para o tempo em família e lá podemos ver aonde essa sua grande confusão interna vai acabar o levando. Ele tem visões do passado, com Phil e Will, misturando passado e presente, real e fantasia. Ali nós vemos que estamos perdendo Jeff. E o pior é saber que estamos perdendo-o para ele mesmo. Seja com essas alucinações, sejam com ligações dele para ele mesmo, onde ele tenta se alertar que o pai vai o substituir no programa. Esses alertas parecem tentativas de se salvar, mas sair de uma depressão sozinho é muito difícil. Muito difícil de verdade.

Na outra ponta do episódio, tivemos Deirdre resolvendo parte de sua situação com seu marido (gay) e o Pickles-San. Depois que Scott sai de casa após uma briga, ela parte para atacar, de verdade Pickles-San. O rapaz não quer ter nenhum tipo de relação com ela, pois eles fazem um voto de celibato ao se tornarem Pickles-San, mas ela não o respeita e força uma situação. E numa cena constrangedora e bem problemática, ouvimos Deirdre forçar um ato sexual que não era desejo de ambos. E nós sabemos o que isso significa, certo? Após esse festival de coisas desnecessárias, ela percebe que não consegue mais se comunicar com ele através das marionetes. O que isso pode significar? Pra mim significa que no momento em que ela forçou que ele fizesse sexo com ela, fez com que a relação sincera e de confiança que tinham fosse desfeita.

Era a estreia do Pickles on Ice, com as alterações com Jeff tinha pedido, mas seu pai achou que era interessante ignorar todo o combinado e fazer com que o boneco dele voltasse ao espetáculo. A irmã de Tara foi a responsável por dar vida ao fake Jeff, numa decisão de última hora. Com mais um pedido desrespeitado, Jeff sentiu todo aquele turbilhão voltar. Imaginou que estava dentro do jogo que criaram, onde o jogador atirava nos personagens do seu programa. Ele conseguia ver, perfeitamente a mira viajando entre Tara e sua irmã. Ele estava tendo alucinações novamente. Só que algo inesperado o traz de volta a realidade.

Sarah tenta fazer um passo no gelo e em um dos giros, o seu patins atinge a garganta de Tara, cortando-a profundamente. E enquanto gritos desesperados tomam o ginásio e o sangue de Tara tinge o gelo de vermelho vivo, a gente fica aqui imaginando aonde essa série vai nos levar com esses plots INSANOS.
O próximo episódio já é a season finale, mas não precisamos ficar muito tristes, pois a série já foi renovada, então só teremos que esperar um pouco.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Thais Pereira

Feminista, leonina com ascendente em gêmeos e lua em virgem, viciada em memes, em Friends e problematizar na internet. Formada em História da Arte, mas consciente que nunca vai trabalhar com isso na vida. Normalmente eu escrevo e falo mais do que deveria. Eu mesma, Thais Mello.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries • Hosted by flaunt.nu