Posts Populares

Legacies – S02E01 – I’ll Never Give Up Hope [SEASON PREMIERE]

Um episódio introdutório.

No final da temporada passada, Legacies deixou várias pontas soltas e já logo no primeiro episódio a maior de todas foi respondida. Isso me leva a crer que a Julie Plec tem muita história para contar nessa temporada e se baseando nessa premiere, ela está correta. O episódio foi basicamente dividido em duplas, sendo duas delas surpreendentes.

Como havia comentado antes, não houve muito enrolação, logo de início já sabemos que a Hope não derrotou Malivore e agora se tornou apenas mais uma de seus monstros esquecidos e o motivo foi coeso, Hope nunca morreu, então nunca ativou seu lado vampiro, não se tornando uma tríbida, mas ainda sim era tóxica ao Malivore e por isso ele logo trata de expulsa-la de dentro dele. Durante todo o desenrolar dessa história, Clark aparece e apresenta uma personalidade diferente do que havíamos conhecido antes, ele se mostra amedrontado e diz que nunca foi vilão, apenas queria a aprovação do pai, acalorando até mesmo o coração da Hope. Eu não consigo imaginar eles como casal, igual alguns comentários que vi por ai, mas achei interessante a dinâmica entre ambos e ao ter ficado para trás e prometido se assumir como vilão, essa relação tende a ficar cada vez melhor.

No mundo real já são as férias e apesar de ninguém se lembrar da nossa protagonista, Alaric e Landon sentem que tem alguém faltando. Foi importante esses dois personagens serem os que sentem falta já que ambos são os homens da vida da Hope e apesar de não terem muitas cenas juntos, ambos estão sofrendo. Alaric perde o cargo de diretor da escola e agora com as gêmeas sabendo de seus destinos e pressionando-o por mais informações, nosso professor entra em um espiral de tristeza e vai afogar suas magoas no bar, inclusive lá temos a primeira aparição da nova detetive. Já Landon além de ter perdido a pessoa que ele mais amava, ele ainda precisa lidar com o fato de seu irmão estar preso como um lobo e confirmando a teoria da maiorias dos fãs, ele fica se suicidando, pois ali ele sempre lembra de alguns traços da Hope. A narração do episódio foi através dele e já podemos ver uma evolução no personagem e o quanto o Aria está cada vez mais confortável em seu papel, apesar de não ser o meu favorito, o Landon deu conta do protagonismo e emocionou.

A outra parte do episódio fez questão de não esquecer de seus outros personagens, enquanto Josie fica na escola cuidando de seu pai, Lizzie viaja para Europa com sua mãe e no inicio a mesma diz que está conhecendo rapazes e curtindo os países, mas depois revela que passa o tempo inteiro tendo consultas com doutores, pois quer melhorar de seus problemas mentais e durante uma conversa entre as duas, Josie revela que finalmente seu pai cedeu e explicou o que é o ascendente e meus amigos, se Kai Parker não aparecer nessa série, eu vou ficar muito decepcionado, pois tudo indica que ele volta e eu já consigo imaginar todo o cenário, porém vou deixar para teorizar aqui com o decorrer dos episódios.

Uma relação que começou lá na primeira temporada e cada vez conquista mais os fãs com esse bromance é MG e Kaleb. Depois de ter sua família destruída, o nosso vampiro nerd vai passar o verão na casa de Kaleb e eu espero ver muito mais desses dois personagens nessa temporada. Kaleb era o possível antagonista da primeira temporada, mas após quase botar o MG em risco, ele foi se mostrando mais humano e hoje é o alivio cômico da série, espero ainda mais desenvolvimento e uma história própria para ele. Já MG está na fase de tentar superar a crush, ele sempre foi apaixonado pela Lizzie, mas sempre foi uma via de mão única, não vejo sentindo em se estender por mais uma temporada e eu gostaria muito de ter ainda mais inclusão nessa série, se o MG fosse bi seria muito legal, o Jed está ai para ser usado, precisamos de novos casais.

E por falar em novos casais, Landon e Josie chegaram para balançar a estrutura da série. Sendo uma teoria dos fãs devido fotos vazadas das gravações e vindo a confirmação no teaser da temporada, esse foi um casal que já dividiu bastante opiniões, vi fãs fanáticos dizendo que iriam até abandonar a série. Eu consigo ver ambos juntos e entendo o motivo, mas eu não consegui curtir como aconteceu, talvez seja pelo fato de ter sido tudo jogado para gente sem um desenvolvimento, ambos estavam na escola e foi isso. O casal que mais torci em todo esse universo compartilhado foi Steroline e vejo muitos traços desse casal neles, porém Steroline teve um desenvolvimento de QUATRO temporadas para enfim se tornarem um casal, a Josie foi um ponto de luz nessa depressão que o Landon se encontrava e talvez se tivessem explorado mais dessa amizade, para que com calma fossem se apaixonando um pelo outro junto com a gente, seria melhor, até porque eles nunca haviam interagidos antes.

 

 

 

 

 

 

Hope voltar justamente na hora do primeiro beijo foi muito, mas muito clichê, o que deixa nítido que o novo casal foi criado apenas para essa cena e mesmo sendo extremamente genérico, a Danielle conseguiu emocionar com sua atuação. Ao ver seu amado beijando sua amiga, Hope toma uma atitude que para mim soou um pouco imatura, ela resolve ir embora sem ninguém saber de nada, mas no caminho ela esbarra com mais um novo monstro, provavelmente é o Hulk de Chernobyl e assim terminamos o episódio.

Foi um episódio com poucos acontecimentos, mas serviu para nos preparar para o que está por vir e as possibilidades são infinitas. Vocês também estão animados? Shippam Josie e Landon? Dessa vez a Warner irá transmiti dublado duas semanas após a exibição nos EUA, não percam!

 

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ives Gonçalves

Um carioca estudante de direito querendo se formar, viciado em x factor´s do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries