Posts Populares

Let It Shine – S01E01 – The Starway, Part 1 [Series Premiere]

O início de mais um talent show!

Como vocês podem conferir clicando AQUI, para caso de alguma dúvida também, Let It Shine estreou nas telinhas e veio com promessa de nos mostrarem novos artistas e, quem sabe, ótimas performances. Para comentarem comigo, hoje teremos os lindos e maravilhosos Valber Ferreira, Dam Souza e Lindomar Albuquerque. Espero que gostem, vamos lá!

Clinton Elvis – “(Your Love Keeps Lifting Me) Higher and Higher” by Jackie Wilson

Netto: Quando vi Clinton só consegui enxergar uma pessoa bastante humilde. Em termos de performance ele me agradou muito. Sabemos que há muito em jogo aqui, então só ter uma ótima voz não é tudo. Clinton mostrou tudo que pode fazer, desde a um lado mais suave a um mais animado. Não foram vocais tão bons, porém vi carisma e uma atitude muito interesse, acho que ele tem bastante a crescer e possui potencial para estar numa boyband. 5 Estrelas.

Valber: Amei o estilo dele. Tem muita animação, mostrou bons vocais ao piano e logo depois foi para o público, uma ótima jogada para uma audição. Conseguiu deixar uma boa impressão nos jurados e o público curtiu também. 3 Estrelas.

Dam: Nossa, chorei com o Clinton, a voz dele carrega uma história linda e isso é perceptível, e quando ele saiu do piano para trazer uma parte mais agitada da cancão eu não curti muito, acho que se ele levasse a performance como uma balada mais romântica ficaria mil vezes melhor. 3 Estrelas.

Lindomar: Clinton logo de cara mostrou que tinha estilo, tinha carisma e que além da voz sabia tocar piano, todos diferencias interessantes para um integrante de banda. Gostei muito do inicio mais centrado em sua voz, mas não achei nada demais, entretanto quando ele deixa a cadeira e se solta no palco, mostrando muita presença de palco, demonstrou que pode sim compor uma banda com outros colegas, Clinton pode surpreender, apesar de vocalmente não ser uauuu ou não ter um timbre tão diferenciado. 3 Estrelas.

 

Deaclan Arthurs – “New York, New York” by Frank Sinatra

Netto: Gosto de pessoas como Deaclan, que chegam para quebrar tabus. Assim que ele começou a cantar eu fiquei tipo: COMO É, RAPAZ? E se já não bastasse essa voz, ele ainda demonstrou ter uma presença de palco considerável, e o olhar? A minha deixa é do estereótipo que há para boybands. Mas estou interessado para saber o que ele vai trazer na competição e como lidará com o trabalho em grupo. 4 Estrelas.

Valber: Foi uma audição bem divertida no geral. A voz grave logo de cara causou impacto, mas os trejeitos e a presença de palco desse menino foram o grande destaque da audição. As caras e bocas me lembraram muito Brendan Jordan, pra quem não lembra é só pesquisar no Youtube que logo de cara vão lembrar quem é.  Foi uma boa audição no geral. 4 Estrelas.

Dam: Que voz é essa? O menino chegou todo na dele fofinho cheirando a algodão doce e quando abriu a boca me solta um grave maravilhoso, e a interpretação alá Broadway? Simplesmente amei e a minha reação é a mesma que a da Riley. 5 Estrelas.

Lindomar: Sua voz falando é extremamente irritante, mas ele se mostrou alguém muito engraçado, Amber não parava de rir, Deaglan parecia ser uma figura inusitada no meio das audições.. tipo aqueles joke acts. Entretanto ele calou minha boca com todo aquele vozeirão, e ele desabrochando durante toda performance, mostrando outros lados de si, Deaclan seria perfeito para um musical, do tipo Glee, como componente de uma banda não sei, mas que voz ele tem, isso é inegável. 4 Estrelas.

 

Jamie-Ryan Taylor – “Last Request” by Paolo Nutini

Esse aqui seria claramente o crush. Gente, esse povo que não tem experiência e vem com tudo é muito a minha praia, mas pena que esse não é o caso de Jamie-Ryan. Tadinho, já estava pensando em qual seria o fandom dele. Estava nervoso, e como Martin mesmo disse, ele precisa praticar bastante.

Jazzie Martins – “Uptown Funk” by Mark Ronson ft. Bruno Mars

Netto: Seria o crush? Jazzie tem um material valioso para boyband. Os vocais foram bem qualquer coisa, mas Uptown Funk nem exige tanto. Jazzie ajudaria muito o grupo na parte de dança, e isso é o principal fator que ele tem a contribuir. Mas, sendo bem sincero, Jazzie nem passou tanta vergonha como eu imaginava. Gostaria de vê-lo mostrando um lado diferente, acho bem interessante. 4 Estrelas.

Valber: Vamos ao primeiro participante farofa da competição. Vou confessar que não gostei muito, ou ele entregava vocais, que eu não achei muito bom, ou ele entregava a dança, que achei extremamente exagerado. Não houve um conjunto harmonioso entre dança e canto e me passou algo bagunçado a sua performance.  1 Estrela.

Dam: Nossa amei o Jazzie que presença de palco, que ousadia e que fôlego. Amei simplesmente tudo e para mim foi de longe o melhor da noite, trouxe uma vibe boa e ainda bons vocais, eu só escolheria outra música para ele, porque no fundo senti que ela exigia mais de sua performance vocal. 4 Estrelas.

Lindomar: Dançarino profissional, algo extremamente valioso para uma boyband cheia de vozes, Jazzie poderia ser aqueles que lacra com um solo de dança. Uptown Funk é a música perfeita pra ele, alia vocais acelerados, um ritmo intenso, algumas brincadeiras e muito espaço para uma performance lacradora, Jazzie como Clinton tem uma voz comum, mas sabe como usá-la , e realmente sabe usar a dança a seu favor, apesar de ter achado que foi um pouco demais, o falsete ou melhor tentativa dele, foi péssimo. Enfim, somando todos os fatores citados, Jazzie merece continuar e mostrar mais de sua dança na competição, afinal vocais não são tudo, e se olharmos diversas boybands de sucesso, a voz é o que menos importa. 4 Estrelas.

 

Tyler Jack Smith – “You Are So Beautiful” by Joe Cocker

Netto: Sinto cheiro de superestimado aqui, hein? Sério gente, foi bem decepcionante. Gostei das escolhas vocais, alguns momentos foram bem executados, mas deve ter sido bem decepcionante para os jurados, principalmente depois de Gary ter ido lá visita-lo. E nem foi uma songchoice arriscada, mas talvez tivesse algo mais interessante para ver em sua voz. Tyler Jack tem muuuuuito a provar, viu. 3 Estrelas.

Valber: Eu amo essa música. No início da música a voz ficou meio tremula, mas é normal pelo nervosismo. Mas gostei muito da voz dele, apesar dele ter abusado um pouco nos vibratos. 3 Estrelas.

Dam: E o programa veio cheio de anjinhos teens a aspirantes de boy magia. Tyler veio com um clássico que é impossível não tocar o coração, porém, não o senti conectado com a cancão, talvez tenha sido o nervoso, mas aquela cara dele de paisagem e aquele falsete vagabundo no final não favoreceu muito não. 1 Estrela.

Lindomar: O início foi péssimo, mas Tyler foi ligeiramente ganhando força e intensidade com o passar da performance e foi melhorando lentamente, mas achei que faltaram diversas coisas, primeira que a música foi totalmente inadequada, segundo que cade um momento buum, esse negócio foi tão morto, zzzzzz, acorda viadooo, reageeee! Tyler mostrou que tem voz, mas pra compor uma banda? Acho o candidato que menos poderia compor uma banda até aqui. 2 Estrelas.

 

Hector Mitchell-Turner – “You Get What You Give” by New Radicals / Zak Robinson – “(Sittin’ On) The Dock of the Bay” by Otis Reding / Bobby Foord – “7 Days” by Craig David

Olha os combos aí gente! Num geral, senti que o principal fator que fez os jurados não darem muitas estrelas foi pelos meninos não apresentarem material equivalente a outros aqui listados, e como provavelmente nenhum havia se encontrado com Gary, então não havia como eles terem uma certa vantagem. Dentre os três, vi que fogem um pouco do padrão usual de pessoas. Enfim, uma pena.

Nicky Price – “Say Something” by A Great Big World ft. Christina Aguilera

Netto: Eis aqui uma grata surpresa na noite. Achei que Nicky foi muito feliz em sua escolha e tenho que assumir viu, pois me arrepiei quase a performance toda. Senti muita convicção na voz desse garoto e ele simplesmente viveu a música. Nem teve nada de diversificado em sua voz, mas ainda assim Nicky me encantou bastante. Ele precisa de pessoas que ajudem-no a se soltar mais, pois além de me parecer ser uma boa pessoa, vocalmente já é bom demais. 5 Estrelas.

Valber: Ah Say Something <3. Tem como não amar essa música?! Então, Nicky foi muito bem, arrasou nos vocais e soube entregar a emoção que a música pedia, já quero ver ele nas próximas fases. 4 Estrelas.

Dam: Mais um caso de jovem carismático que precisa trabalhar a voz. A diferença de Nicky para Nick é que esse aqui teve uma uma conexão forte com a música e passou muita emoção. Sem dúvidas tem um belo futuro se bem trabalhado. 4 Estrelas.

Lindomar: VIADOOOOOOOO, a senhora pisou em todas cotadas que vieram antes de você, primeiro cantor a demonstram vulnerabilidade e emoção, uma voz incrível, Nicky arrasou demais e olha eu se fosse um dançarino, ou uma pessoa cheia de carisma, com certeza gostaria de ter alguém capaz de arrasar vocalmente. 5 Estrelas.

 

Nick Carsberg – “Dance With Me Tonight” by Olly Murs

Netto: Tinha que ter o pabuloso né? Ai gente, não gostei desse menino, ele me soou bastante cheio de si e com atitude daqueles héteros bem chatos. Em questão vocal nem foi lá essas coisas, mas tenho que ser sincero em dizer que esse menino numa boyband iria atrair muitas fãs, com esse sotaque maravilhoso então? Acho que Nick se dará bem, caso saiba trabalhar em grupo. 4 Estrelas.

Valber: Que voz gostosa de ouvir, escutaria um álbum dele tranquilamente. Outro ponto positivo dele é que ele sabe se portar no palco, soube interagir com a plateia e os jurados, gostei muito. 4 Estrelas.

Dam: Gostei não. Ele tem carisma e boa aparência, mas sua voz ainda está bem imatura e suas passagens para o falsete não eram tão bem sucedidas, com um pouco de treino ele vai longe. 2 Estrelas.

Lindomar: Me digam que isso foi aprovado para ser eliminado na próxima rodada, porque olha genérico seria pouco, Nick não tem uma grande voz, é sem graça, tem muito a amadurecer ainda, acredito que talvez ele funcione em uma possível banda que seja formada, mas achei muito pouco para avançar a próxima fase. 1 Estrela.

 

Wayne Thurtell – “My Girl” by The Temptations

Não sabia o que pensar de Wayne, mas o bixinho passou tanta vergonha. Se já não bastasse não ter bons vocais, ele ainda era um pouco desengonçado. O pobi.

Jason Brock – “Run To You” by Whitney Houston

Netto: Olha, esse aqui me lembrou muito Glee, sabe? Aquela pessoa que treina a vida para uma performance e não acredita em si? Acho que nem Jason tem noção do quão bom ele é, cheio de carisma e brilho nos olhos. Nem foi essa conexão com a mensagem da música, mas vocalmente foi o melhor da noite, sem dúvida alguma, chego a dizer que talvez o Let It Shine não seja a melhor plataforma para ele. Espero que não seja um problema sua idade, pois 30 anos pode ser complicado, espero que só levem em conta o que ele apresentar mesmo. 5 Estrelas.

Valber: Perfeito! Olha de hoje eu achei os melhores vocais, o que tem que trabalhar é dança e presença de palco, de resto está perfeito, a forma como ele executou as notas altas e a precisão foram incríveis, amei! 5 Estrelas.

Dam: Canta muito e veio com o grande desafio de honrar a deusa Whitney. E não é que para um homem ele segurou a marimba direitinho? O ponto negativo na minha opinião é que Jason tem o perfil clássico de reality musical e sua voz também não trás nenhum diferencial. Ao todo Jason é bom, porém, datado. 4 Estrelas.

Lindomar: VIADOOO, que emoção, que performance linda, gostei dos falsetes, Jason primeiro da noite a fazer um falsete decente, levou o público em coro, mostrou bons vocais, tem cara que consegue trabalhar bem dançando, esse menino vai brilhar ainda e muito! 4 Estrelas.

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Amei a proposta do programa, a interação na bancada, a energia dos apresentadores. Tudo me pareceu muito divertido e saudável. Achei genial essa passarela com as estrelas acendendo e ainda mais o som que faz, só não gostei que eles só liberam as audições dos que foram aprovados. Não sei se Let It Shine tem carga para mais de uma temporada, mas estou muito interessado em saber o que nos reserva essa primeira. É válido ressaltar que Let It Shine disputa audiência com o The Voice UK, e saiu a primeira audiência mostrando que o novo programa desbancou o antigo, mesmo que por pouco. Para mais informações sobre o programa, basta clicarem AQUI.

Sobre os candidatos, gostei bastante de Jason, Clinton, Nicky e Jazzie, acho que uma boyband entre eles teria um resultado bastante satisfatório. AMARIA FORTE ver Deaclan e Nick trabalhando juntos, pois eles são exatamente o oposto quando se trata de personalidade e acho que ambos teriam dificuldade para montarem uma performance.

No mais, espero que tenham gostado e torço para vê-los acompanhando nossas reviews. Não esqueçam de votar na nossa enquete e até a próxima!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Antonio Netto

Estudante de Engenharia Química. Pernambucano engraçado, dono de uma gargalhada única e de um sotaque marcante. Apaixonado por comida, séries, química e cálculos. Até gosta de estudar mas, sempre que pode, está pelo mundo curtindo e falando da vida alheia.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries