25 de fevereiro de 2016
LOVE – S01E09 – The Table Read

Um terreno perigoso para o amor.

Um episódio que começa com Mickey stakeando Gus não tem como ser ruim. Esse relacionamento realmente tocou nela, e aquele sentimento de inferioridade que ela mencionou anteriormente está vindo a tona da melhor forma possível – com o desenvolvimento da personagem. Tanto que ela perde a noção, ela agora precisa de Gus, precisa de um momento a sós com ele para tentar uma nova chance. Ela deseja dar um recomeço nesse relacionamento e sabe que não é possível, o que a torna instável e obcecada pelo protagonista.

Gus está a mil, em uma maré de boas sequências. Após passar a noite com Heidi, ele ainda ganha uma bela surpresa no trabalho, com seu roteiro sendo aprovado para virar um episódio da badaladíssima série Witchita. A trajetória do personagem está bem satisfatória de se acompanhar, pois agora ele pouco lembra que já foi um – desculpa o termo – bundão lá no início da trama onde era mandado e demandado por menininhas de 12 anos de idade.

E Bertie sendo fofa demais com seu amorzinho novo??? Que alegria!! Sempre me apego aos personagens secundários de série, e Bertie é um alívio cômico muito bem vindo a série. Ela participando do dia de “Ferris Bueller” das duas foi muito fofa, tomando conta da visita guiada e conquistando o coração de todos. Ela é uma ótima amiga para Mickey, exatamente como ela precisa nesse momento. As vezes parece ingenuidade demais para uma personagem, mas na verdade ela tem um coração bom demais e gosta de ajudar sua amiga, algo que já havíamos presenciado anteriormente.

Agora, precisamos tocar na ferida: Mickey escapando do passeio e encontrando Gus no seu local de trabalho? Ok, é uma série, tudo pode acontecer, mas poderiam bolar algo mais inteligente para a série pois esse tipo de humor está totalmente fora da proposta da série. Mas o encontro dos dois foi ótimo, o melhor momento do episódio e um dos melhores da série. A sequência de discussão deles em público foi um show de rasga seda, acusações para todos os lados. Amamos barraco e Mickey nos presenteou com um belo. A torta de climão imperou entre a galera:

love 9.2

O finalzinho foi uma bela metáfora. Gus deleta Mickey de sua vida – o que sabemos que não vai acontecer propriamente, mas é um passo importante para a série. Se pensarmos pela ótica dele, a história dos dois durou pouco e nunca foi bem sucedida de fato, então o caminho mais natural para ele poderia ser fugir do que insistir em algo que começou tão complicado.

O terreno esta preparado para a season finale. E você, está?

Amei: momento out-in-public. Quem não queria estar na pele de Gus naquele galpão onde filmaram Titanic?

Momento de Mickey com Arya foi muito fofo. Aquilo que comentei na review anterior, de que as tramas finalmente estão se costurando e fazendo sentido. Fico feliz em ver que as coisas não são tão aleatórias na série.

Faltou amor: a mudança do tipo de humor deixou a série com cara de clichê. Não gostei da Mickey correndo atrás de Gus pelos estúdios, tentando se declarar publicamente. Essa formula já esta esgotada, e a série realmente tinha espaço para mostrar algo diferente. Decepcionou.

LOVE 9.1

Fernando Zingler
Fernando Zingler

Gaúcho, engenheiro, mestre em Engenharia de Transportes. Ama Zelda, Pokemon e vôlei, e é apaixonado por séries e músicas em geral. No Panela, assim como na vida, fala coisas aleatórias sobre comedias românticas, tipo Modern Family e LOVE, e eventualmente participa da cobertura do The Voice.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: