Posts Populares

Lucifer – S04E02 – Somebody’s Been Reading Dante’s Inferno

Aos poucos Chloe está finalmente descobrindo mais sobre as coisas e ficando a par de tudo. Será que isso vai ser bom para Deckerstar ou é o início de um caminho complicado para nosso shipp?

Descobrimos como Chloe conheceu o padre Kinley e como ele a convenceu de ficar contra Lucifer. Eles combinaram de dopá-lo para o padre poder fazer o exorcismo dele ou algo assim. A Chloe já ia fazer a maior besteira da vida dela, né?! Mas ainda bem que os acontecimentos do episódio se desenrolaram para que isso não acontecesse.

O caso, dessa vez, eu achei particularmente interessante, nada de espetacular, mas me prendeu. Gostei de como a história teve algumas reviravoltas e como afetou Deckerstar de uma certa forma. Quando Chloe vê a cabana, em que Lucifer estava, em chamas e fica desesperada eu fiquei junto com ela, mesmo sabendo que Luci está acostumado ao fogo e ia ficar bem rs. O desespero dela e o medo de perder seu parceiro foram representados perfeitamente com aquele grito.

Pausa para apreciar a Ella fã de reality show. A personagem já é carismática e “gente como a gente”, aí vem dizer que viu 27 temporadas do reality “A cabana” em duas semanas, me identifiquei bastante kkkk.

Voltando ao shipp, Chloe está tentando se convencer de que Lucifer realmente é uma má pessoa e o maior vilão que já pisou na Terra apenas pelo nome que carrega e por ser quem é. Ela acaba reproduzindo esse pensamento no caso que está investigando. Isso é muito interessante, porque conseguimos entender um pouco do psicológico da personagem e como ele está abalado ainda. Chloe, que costuma ser tão centrada e correta nos casos agindo conforme as regras, está deixando uma ideia influenciar o seu julgamento.

A detetive recebe uma mensagem de Ella e descobre que o verdadeiro culpado do crime é o cameraman do programa. Ao ir atrás dele, Chloe quase é vítima de um machado que é jogado em sua direção. No entanto, alguém entra na sua frente para defendê-la. Quem poderia ser? Isso mesmo, Lucifer, que está sempre lá para proteger sua detetive. Que momento importante foi aquele quando Decker se dá conta de que é ela que o deixa vulnerável e mesmo assim ele se arriscaria de novo e de novo para salvá-la.

Finalmente Chloe está ficando a par de tudo. Quando descobriu que é a única coisa que deixa Lucifer vulnerável, ela logo tratou de dar um passa fora naquele padre que só estava querendo usá-la para chegar até o dono da Lux.

Aí, no final, lá veio o padre de novo atrapalhar quando a detetive estava querendo um encontro de desculpas. Olha, tá difícil. Não mexe com o meu shipp não, querido, que eu já fico com um pé atrás.

Outra coisa relevante do episódio que tenho que comentar e que para mim fez muito sentido foi a notícia de Linda estar grávida, gostei dessa parte. A psicóloga será uma ótima mãe e Amenadiel um ótimo pai. Estava me dando tanta pena já dele por não estar conseguindo se encaixar na Terra, mesmo tendo escolhido no episódio anterior ficar por aqui. Agora ele achou seu propósito. Ansiosa para saber como vai ser durante a gravidez, depois e como vão trabalhar o fato da criança ser meio anjo, né. E a reação da Maze, como será?

Essa temporada começa a tomar forma e está indo por um caminho bem legal, sem enrolar. O que vocês acharam do episódio? Espero que tenham curtido e até a próxima review!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiza Pinheiro

Carioca da gema e jornalista de corpo e alma. A primeira série que viu mesmo, aquela que a deixou viciada, foi One Tree Hill. Depois disso nunca mais parou e engatou uma depois da outra. Também ligada em cinema, não perde uma cerimônia do Oscar.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries