Posts Populares

Lucifer – S04E07 – Devil is as devil does

“Você é o diabo, mas também é um anjo”.

A saga de Lucifer de não saber se é bom ou mau continua. Ele foi o culpado pela coluna quebrada de Julian como vimos no episódio anterior, mas ainda tem a consciência de que há o bem e o mal e que a punição deve ser feita dentro da lei. A conversa com Chloe o ajudou nisso e a transformação em suas asas também. Fiquei com pena do nosso diabo preferido sofrendo por isso.

A cena em que eles vão ao escritório de Jacob Tiernan e Eva e Chloe agem, respectivamente, como diabinho e anjinho nos ombros de Lucifer remeteu perfeitamente às cenas clássicas de desenho animado e foi muito interessante ver o que as duas mulheres representam na vida do dono da Lux. Enquanto Chloe tira o melhor dele, Eva desperta sua essência diabólica.

As discussões sobre religião e fé que essa série traz também são de uma delicadeza e cuidado muito notáveis e isso foi mostrado perfeitamente na conversa de Ella e Chloe na delegacia quando a detetive pergunta para a amiga se ela acredita que a justiça divina existe. A cientista, desde o início da temporada, tem se mostrado bastante desiludida em relação a isso e diz que tudo na verdade é uma mentira. Queria tanto que ela soubesse logo quem Lucifer é de verdade.

Ella ainda apareceu em outro momento que temos que ressaltar, mas não sou capaz de opinar sobre Dan e a cientista. Tiveram até alguns poucos episódios que achei que eles poderiam ter algo, mas sinceramente não acredito que os dois tenham aqueeela química e ele claramente não esqueceu a Charlotte. Os dois estão mal e por isso se reconfortaram um no outro. Isso não quer dizer que realmente exista um sentimento entre eles e não parece ser algo que vai durar.

Falando em Dan, não tinha como ele ser mais douche do que foi aqui. A atitude egoísta e de vingancinha dele quase acabou prejudicando sua filha Trixie, ainda bem que no final deu tudo certo. Pelo menos que sirva de lição pra ele melhorar esse comportamento. E vou te contar, a gente não tem um descanso, porque a cada temporada os roteiristas escolhem um personagem legal para transformar em um chato, na anterior foi a Maze, dessa vez o Dan, o Amenadiel nas duas primeiras. Protejam minha Ella!

O irmão de Lucifer teve pouco tempo de cena nesse episódio, mas foi muito bom vê-lo tentar convencer Remiel e depois lutando com ele para defender a permanência do filho na Terra com a mãe. Já a Maze se preocupando com Linda e o bebê também foi super fofo, mas realmente ela tava exagerando kk. Será que a caçadora de recompensas vai conseguir achar enfim o parceiro que está procurando como disse a psicóloga? A história que ela contou sobre quando era um demônio recém-nascido foi incrível. Que personagem!

Estava demorando já para o padre Kinley dar as caras novamente, mas como quem é vivo sempre aparece, o cara voltou para dar mais preocupação a Chloe. A alternância entre as cenas em que ele conta para a detetive sobre a profecia e que Lucifer mostra para Linda suas asas foi muito boa e me deixou intrigada com o que vinha a seguir.

É isso por hoje, o que vocês acharam do episódio? Até a próxima review!

 

gostou da matéria? deixe um comentário!

Luiza Pinheiro

Carioca da gema e jornalista de corpo e alma. A primeira série que viu mesmo, aquela que a deixou viciada, foi One Tree Hill. Depois disso nunca mais parou e engatou uma depois da outra. Também ligada em cinema, não perde uma cerimônia do Oscar.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries