Tiro, porrada e bomba: assim que se faz uma finale!

Depois de chegar chegando, explodindo tudo, Kid Cascavel colocou Shades e Mariah pra correr, e Misty foi atrás deles. O problema é que durante a explosão os arquivos que atestam a liberdade de Carl Lucas sumiram, assim como o telefone celular de Misty. Enquanto isso, Luke e Kid saem na pancadaria, ainda mais que o vilão está usando um traje que o deixa resistente aos ataques de Luke e aquelas luvas que dão super força.

O pau come dentro da barbearia, depois nas ruas, em todo lugar. E durante a batalha a gente viu uns flashbacks do passado, que mostravam uma parceria entre Luke e Kid Cascavel, quando lutavam boxe. Essas cenas foram moldando o nosso herói até o momento que ele finalmente conseguiu jogar Kid pra escanteio. Nesse meio tempo tivemos Claire chegando no local da luta, a polícia à postos pra prender o sobrevivente da luta, e Mariah finalmente gritando ao mundo o verdadeiro nome de Luke.

131

Terminada a luta e esclarecido alguns pontos, Misty prende Mariah e pede a Luke pra ir com ela até delegacia dar alguns depoimentos. A detetive consegue esclarecer tudo com Luke, e está quase colocando as mãos em Mariah, mostrando todas as provas e evidências de que ela é a responsável pela morte de Boca de Algodão. O grande trunfo seria o depoimento de Candace… Seria! Acontece que quem pegou o celular de Misty foi Shades, e ele enganou a menina, acabando com a vida dela e com as chances de Misty de colocar Mariah atrás das grades. Após Mariah ser solta, vimos Misty perdendo a cabeça e acusando o sistema de ser o culpado por gente como ela estar nas ruas. A inspetora, claro, põe os pingos nos is e diz que a culpa é de Misty, justamente por não acreditar no sistema (ALÔ TROPA DE ELITE! HAHAHA).

132

O episódio termina com Claire e Luke FINALMENTE se beijando, depois de agentes federais aparecerem pra prender Carl Lucas por fugir de Seagate. Diz a Claire que tem um ótimo advogado em mente pra ajudar Luke nessa… AI MEU DEUS, EU AMO ESSES CROSSOVERS! Temos Mariah e Shades se beijando também e reinando no Harlem’s Paradise, enquanto Kid Cascavel está nas mãos do mesmo médico que transformou Luke no que ele é. Ah, Bobby achou os arquivos que podem ajudar a livrar a cara de Luke, e que devem ser usados por Matt Murdock pra tirá-lo da cadeia.

1333

Ao invés de analisar o episódio, dessa vez vou analisar a série. Particularmente, achei o ritmo um pouco lento, muito diferente de Demolidor e Jessica Jones. Acontece que a construção dos personagens foi diferente, com Luke sendo moldado aos poucos, enquanto os outros dois personagens se envolveram em lutas específicas logo no início de suas histórias. Gostei muito da atuação de alguns, como das atrizes de fazem Mariah, Misty e Claire, além da atuação de Kid Cascavel e Boca de Algodão, super características. Por fim, não menos importante, preciso elogiar a trilha sonora regada de R&B! Os shows do Harlem’s Paradise e as músicas das ruas sempre respiraram o estilo da música negra americana, o que achei um ponto super positivo pra série.

Sendo assim, nos resta conhecer Punho de Ferro pra finalmente termos a reunião dos Defensores. Sigam conosco e saibam tudo do universo Marvel na Netflix! Um abraço!

Gerson Elesbão
Gerson Elesbão

Nem tão complicado demais, mas nem tão simples assim: quebra-galho, colunista e seriador. Dificilmente atualiza o Banco de Séries, mas adora gongar as séries amadas pelo público. @gersonelesbao
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: