Posts Populares

Maniac – S01E01 – The Chosen One! [Series Premiere]

“O padrão é o padrão.”

Num passado futurístico ou num futuro onde voltamos ao passado, seja lá o que for, o imaginário de Maniac começa em sua ambientação: um misto de elementos que remetem ao início dos anos 90, como as roupas, os eletrônicos e mobiliário, e elementos que parecem ser de futuro próximo. Conhecemos nossos personagens e nos deparamos com suas personalidades nada padrão. Owen tem esquizofrenia, sofreu uma crise severa há dez anos e desde então vive sob controle de remédios. Não sabemos muito sobre Annie de início, só que ela também parece precisar de ajuda de alguma forma.

Owen até tenta viver normalmente, tem seu apartamento, um emprego e uma família, que pode ser mais um tormento que motivo de felicidade. Mas seu mundo parece confuso, principalmente quando precisa distinguir o que é real e o que é fruto de sua mente. Suas construções vão desde um copo de água se mexendo, até a recriação de um de seus irmãos, que conversa com ele, só que ninguém mais o vê. Na construção da série, há muitos pontos e personagens que nós não podemos ter certeza se são reais ou frutos da imaginação de Owen, como os homens que o acompanham no metrô, por exemplo. Eles podem ser um sinal de que sua doença não está mais sob controle, ainda mais que ele parou de tomar seus remédios. Mas depois que perde seu emprego, Owen parece que está perdendo o controle de vez. Acredita que foi escolhido para uma missão que irá salvar o mundo e que precisa esperar por uma mulher, ela é a chave. E quem lhe passou essa informação? Seu irmão imaginário.
Nós percebemos que, além da doença ou talvez por ela, Owen não é tão próximo da família como seus irmãos, ele não participa na cantoria, não está na pintura e nem é tão extrovertido como os outros. Essa distância pode ser tanto pelo seu problema, que o fez se afastar de todos, ou o inverso, todos se afastaram porque não sabiam lidar. Agora ele é importante para ajudar seu irmão a escapar de uma condenação, aparentemente por um abuso/estupro, então é recolocado no meio dessa dinâmica familiar, da qual não se sente parte. Fora que ele é, possivelmente, apaixonado pela futura cunhada, o que já um problema gigantesco.

Ele pensa que seu problema pode ser resolvido quando vê o convite para o teste de um novo medicamento, ele acredita ser o seu chamado para salvar o mundo, então aceita. E lá, entre os outros participantes, ele vê Annie e recorda de seu rosto, que viu diversas vezes em lugares diferentes. Então pronto, era o sinal que precisava. Ela é o guia dele e precisa que lhe passe a missão. Será que eles vão salvar o mundo juntos? Ou será que vão salvar apenas a cabeça de Owen?

gostou da matéria? deixe um comentário!

Thais Pereira

Feminista, leonina com ascendente em gêmeos e lua em virgem, viciada em memes, em Friends e problematizar na internet. Formada em História da Arte, mas consciente que nunca vai trabalhar com isso na vida. Normalmente eu escrevo e falo mais do que deveria. Eu mesma, Thais Mello.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries