Posts Populares

Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. – S06E12/13 – The Sign/New Life [SEASON FINALE]

Sintam o impacto desse final!!!

Primeira Parte:

Após os acontecimentos do décimo primeiro episódio, Flint se reencontra com Mack e Ioiô e fica em dúvida se conseguiram salvar a Terra.

No entanto, as boas novas tiveram que ficar para depois, já que Izel apareceu, entrou no corpo de Flint e usou seus poderes para recriar os três monólitos com a energia do dispositivo de Gravitonium.

Ao acordar, Flint tentou salvar Ioiô e Mack, mas, ao soltar Ioiô, Izel apareceu, entrou em seu corpo e quebrou a perna de Flint.

Enquanto isso, a equipe se prepara para enfrentar Izel e Daisy decide confiar em Sarge, já que, até então ele pareceu ter alguns traços de Coulson nele.

Além disso, a equipe Fitz-Simmons e Deke desenvolveram um dispositivo, ou melhor, reaproveitaram a tecnologia alienígena que Deke estava roubando para a sua empresa, incluindo o Framework, para criar um dispositivo de salto.

Na selva do templo, Daisy decide ir na frente e enfrentar os Shrikes que estava cercando o templo, após enfrentar eles, Sarge e May vão atrás para enfrentar Izel que já havia começado o ritual para chamar o restante de seu povo.

No combate, quando Sarge estava prestes a matar Izel, ele conseguiu se lembrar de quem era e acaba matando May e jogando ela do outro lado do portal como um aviso.

Segunda Parte:

Enquanto isso, Fitz e Simmons assistiram tudo pelo Farol e Daisy que estava na nave com Mack e Ioiô cercados de Shrikes perguntou o que houve e, ao saber da notícia, entrou em choque e desligou os comunicadores.

Nesse tempo, os Chronicons chegaram na Terra invadindo a Shield e matando vários agentes, fazendo com que nosso casal fuja.

O objetivo deles, além de restaurar seu planeta na Terra, era mapear a mente de cada soldado e descobrir os segredos da Shield para ativar o dispositivo que Fury deu à Coulson nas primeiras temporadas.

Ao saberem de seus planos, Fitz e Simmons decidem explodir o Framework e, quando foram explodir, Enoch, que estava disfarçado, apareceu para salvá-los.

No templo, Izel e Sarge tiveram bons momentos de bate-papo até que percebem que o ritual não estava completo.

May, do outro lado do portal, não havia morrido e ainda matou os três “Comensais da Morte” que iam completar o ritual e abrir o portal e jogou para o outro lado os três mini monólitos.

Ao ver isso, Izel foi tirar satisfação pessoalmente e a luta do século começou.

Além disso, Deke que estava na Zephyr pousou na nave de Mack e Daisy, mas antes disso, um Shrike entrou em Ioiô.

Com isso, Mack, Daisy e Ioiô vão enfrentar Sarge, mas os poderes de Tremor da Daisy não foram suficientes e ambos levaram uma bela surra.

Izel foi párea para May e conseguiu abrir o portal, no entanto, ao voltar prestes a matar Daisy, May conseguiu matá-la a tempo e com isso, o Shrike que estava em Ioiô também morreu.

Restou apenas Sarge para enfrentar o que provou ser um ótimo trabalho em equipe entre Mack e Daisy.

Por fim, e se preparem, Simmons aparece com um traje totalmente diferente, várias pessoas em trajes estilo astronauta, colocaram May em uma câmara criogênica e foram para a nave.

Lá, Simmons revelou o que houve no Farol e Fitz inicia o plano que, nada mais, nada menos, levou o pessoal para o passado, provavelmente na mesma época que Peggy Carter estava viva e ainda criaram um MVA do Coulson.

Portanto, Coulson está vivo novamente para a alegria de todos e espero que tenham gostado da review e dessa temporada e até a próxima! Ah e não esqueçam dos comentários rsrs.

gostou da matéria? deixe um comentário!

Leonardo Aguirre

Graduando em História na UFMS campus de Três Lagoas, amante de séries, filmes, animes e livros.

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries