Posts Populares

Masterchef: A revanche – S01E02 – Top 10

Uma estrela cadente.

Quando começou a sexta temporada, logo de cara um menino jovem se destacou por toda sua ambição. A competição começou e Helton foi ganhando cada vez mais torcida por ser o injustiçado que todos ignoravam pela idade, mas com o passar do tempo, sua arrogância e imaturidade foram criando uma proporção difícil de esconder, isso junto com o fato de sua maior aliada ir crescendo na competição e tomando sua torcida, fez com que ele perdesse cada vez mais sua popularidade, de um dos preferidos se tornou um dos odiados.

Como eu havia dito na review passada, apesar de ser um erro para ele, tê-lo em um all star era essencial, Juliana, Haila e Helton carregaram a história da sexta temporada. Durante um dos confessionários, o mesmo disse que os outros de sua temporada não eram tão legais, pra mim ali foi o auge da infantilidade, mas eu gostaria de deixar aqui que eu não vejo problema algum ele ser infantil, ele é um jovem de 19 que goza de todos os privilégios possíveis, lógico que ele não tem uma maturidade necessária para um trabalho, eu mesmo tenho 21 e tenho várias atitudes infantis, mas aqui o que eu julgo é o quanto sua personalidade o atrapalha na cozinha.

A prova principal era em grupos, não curto muito esse tipo de prova, mas é sempre bom para criar tensões, ficou bem claro que talvez possa haver um Sabrina VS Katleen no futuro. Falando na mesma, Sabrina fez questão de aparecer na prova, vendo o quanto o Major ficou perdido, ela o tempo todo estava tentando visualizar o prato e tentando trazer soluções, já o outro grupo estava bem mais organizado, mas talvez por subestimarem seus adversários ou pelo doce acabou perdendo. Alguns pontos que valem destacar dessa prova são o quanto o Fernando K vem mais preparado e menos arrogante, o quanto o Major estava perdido como capitão e como a experiência do Estefano o fez um cozinheiro difícil de ser batido, ele manteve a calma o tempo todo, um exemplo de chef.

Com a perda do time vermelho, todos aparentemente estavam na eliminação, mas termos um novo plot, agora na revanche as eliminatórias também serão duelos. Eu achei essa temática bem interessante, porém da uma margem muito grande para descontentamento do público, pois as vezes os jurados fazem umas escolhas bem duvidosas, por exemplo, os salvos foram  os dois Fernandos e o Fábio, ou seja, Helton e Vitor na eliminação, mas o Fábio foi o responsável pelo doce e faltou calda por mal administração do mesmo, Fernando K era o líder e pra mim o líder nunca deveria ser salvo e o outro Fernando foi grosso com o cliente, então qual é o critério?

Mas deixando isso de lado, Helton e Vitor se enfrentam em uma prova de confeitaria, o famoso croquembouche. Eu particularmente amo confeitaria, seria minha área se virasse cozinheiro e achei o doce nível all star, o ruim foi os competidores, ambos não tem foco na confeitaria, então ficou essas vergonhas aí.

Durante a prova, a edição alternou bastante, começando com o Vitor na frente e depois o Helton e mesmo o nosso jovem tendo o prato mais bonito, o que conta foi o sabor e falta de recheio e por isso o Helton deu adeus à cozinha.

Um fato que resolvi começar a contar são os confessionários, já que narra o episódio. O top 3 foram Vitor com 25, Helton 23 e Fernando 19 e na lanterninha Wanessa e Katleen, ambas com 5.

E como minha tradição, segue meu ranking que mudou com esse episódio.

1- Estefano

2- Fernando K

3- Sabrina

4- Wannesa

5- Fernando C

6- Vitor

7- Fabio

8- Major

9- Katleen

Qual o ranking de vocês? No próximo episódio eles terão que recriar o prato que os eliminou. Animado estou!

gostou da matéria? deixe um comentário!

Ives Gonçalves

Um carioca estudante de direito querendo se formar, viciado em x factor´s do mundo e que ama uma praia

Tema por Gabriela Gomes Todos os direitos reservados ao Panela de Séries