24 de fevereiro de 2016
Oscar 2016 – Apostas

Sejam bem vindos ao Oscar mais imprevisível desse século.

Não tem sido poucas as vezes que me questionaram sobre quem eu acho que serão os vencedores do Oscar esse ano. Normalmente considero uma tarefa relativamente fácil, pois mesmo quando erro, os erros encontram-se dentro de uma “zona de conforto”, de um (e apenas um) palpite alternativo. Esse ano não está nem perto de ser assim. Em basicamente todas as categorias existem três ou quatro com possibilidades reais de levarem a estatueta pra casa. O 88º prêmio anual da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas pode ser chamado de qualquer adjetivo no domingo, mas “previsível” não é um deles.

Como as votações para o Oscar foram encerradas neste terça (o que não faz absolutamente nenhuma diferença pra esta postagem, porém gosto de esperar esse encerramento para as apostas ganharem um ar “oficial”), eis que estou aqui novamente, assim como no ano passado, para tentar prever qual será o resultado de cada categoria, falando sobre quem deve/pode/merece vencer cada uma delas. Sem mais delongas, chegou a hora das apostas!

MELHOR FILME

TBG - FILME

Indicados:

Brooklyn
A Grande Aposta
Mad Max: Estrada Fúria
Perdido Em Marte
Ponte dos Espiões
O Quarto de Jack
O Regresso
Spotlight – Segredos Revelados

Quem deve vencer: A Grande Aposta.
Quem pode vencer: O Regresso ou Spotlight: Segredos Revelados.
Quem merece vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.

O cenário está com três filmes disputando acirradamente essa vitória. São eles A Grande Aposta, O Regresso e Spotlight. Cada um deles possui um dos prêmios do sindicato (PGA, DGA e SAG, respectivamente), o que levaria o “desempate” para o BAFTA, que premiou O Regresso. Mesmo com essa leve vantagem, eu não aposto em sua vitória por dois motivos: Primeiro, desde 2006 o vencedor do PGA torna-se vencedor do Oscar de Melhor Filme, segundo, esse cenário me lembra o do Oscar 2014, onde 12 Anos de Escravidão, Gravidade e Trapaça dividiram os prêmios dos sindicato e 12 Anos de Escravidão levou o PGA acabou abocanhando o prêmio mais almejado da noite. Ainda assim, devemos lembrar que 12 Anos de Escravidão também garantiu o BAFTA, o que nos traz de volta a O Regresso, que levou DGA e BAFTA, e fica como um segundo lugar bem próximo.

E onde Spotlight ganharia espaço nessa disputa? Simples! A Grande Aposta é um filme que cutuca em um ferida muito delicada que é a economia e estamos falando de um prêmio de uma indústria, então há a possibilidade de parte dos votantes sentirem-se desconfortáveis com isso e rejeitarem o filme. O Regresso tem como contra a vitória de Birdman no ano passado, o que talvez faça com que os votantes questionem-se sobre se devem dar ou não o seu prêmio principal pelo segundo ano seguido para a obra de um mesmo diretor. Caso ambas as situações aconteçam, os votos entre eles podem se dispersar e fazer com que o favorito do início da corrida garanta uma chance de ganhar a estatueta.

Mas a vitória mais justa mesmo seria a de Mad Max, um jovem clássico que é uma aula de Cinema, que não é apenas um “filme do momento” e sim uma espetacular obra atemporal, que foi contra todas as expectativas e permaneceu forte na corrida do Oscar mesmo tendo estreado cedo no ano (e sendo uma mistura de ficção científica com ação dois gêneros que a Academia costuma olhar com desdém). Um filme que desenvolve sua história tão talentosamente com a sua quase ininterrupta ação e que já é um marco na história do Cinema certamente possui mais do que todos os méritos necessários para esse prêmio.

MELHOR DIRETOR

TR - Diretor

Indicados:

– Adam McKay (A Grande Aposta)
– Alejandro González Iñarrítu (O Regresso)
– George Miller (Mad Max: Estrada da Fúria)
– Lenny Abrahamson (O Quarto de Jack)
– Tom McCarthy (Spotlight – Segredos Revelados)

Quem deve vencer: Alejandro González Iñarrítu.
Quem pode vencer: Adam McKay ou George Miller.
Quem merece vencer: George Miller.

Iñarrítu levou o Globo de Ouro, o BAFTA e o DGA, o que já o coloca com os quatro dedos na estatueta. Contudo, ainda há a possibilidade de que, se os votantes realmente optarem por não premiar dois filmes do mesmo diretor em dois anos seguidos, os votos “recusados” em filme por O Regresso sejam redirecionados para ele em direção. Já Miller ganhou o Critics Choice, o que não influencia tanto a corrida como os premios de Iñarrítu, mas sinaliza uma possível vitória. McKay está aqui porque acho que A Grande Aposta irá vencer Melhor Filme e os vencedores dessa categoria costumam levar outros dois prêmios e creio que Direção pode ser um deles. Dentre os indicados, quem merece o prêmio é facilmente Miller pela sua incrível orquestra explosiva em Mad Max, nenhum dos outros trabalhos é tão autoral e tão bem sucedido quanto o dele.

MELHOR ATOR

TR - ATOR

Indicados:

– Bryan Cranston (Trumbo – Lista Negra)
– Eddie Redmayne (A Garota Dinamarquesa)
– Leonardo DiCaprio (O Regresso)
– Matt Damon (Perdido Em Marte)
– Michael Fassbender (Steve Jobs)

Quem deve/pode vencer: Leonardo DiCaprio.
Quem merece vencer: Michael Fassbender.

Não há dúvidas. Este é o ano de DiCaprio. Vamos nos despedir de menes e de mimimis ao mesmo tempo. Ele vai ganhar o prêmio pelo seu corpo de trabalho, já que mesmo sendo uma boa atuação, não chega nem em um top 10 de sua carreira, não é a melhor dentre os indicados e muito menos a melhor do ano (Abraham Attah e Jacob Tremblay foram as estrelas do ano). Dito isso, creio que o mais justo seria o prêmio ir para Fassbender, pois, mesmo que não seja o melhor do ano, ele defendeu seu Jobs de maneira brilhante e visceral e retirou 150% do que o personagem oferecia.

MELHOR ATRIZ

R - ATRIZ

Indicados:

– Brie Larson (O Quarto de Jack)
– Cate Blanchett (Carol)
– Charlotte Rampling (45 Anos)
– Jennifer Lawrence (Joy: O Nome do Sucesso)
– Saoirse Ronan (Brooklyn)

Quem deve/pode vencer: Brie Larson.
Quem merece vencer: Charlotte Rampling.

Outra categoria onde não há dúvidas, Larson levou todos os prêmios mais importantes dessa temporada e já tem o seu nome registrado no careca dourado. Não dá pra dizer que é imerecido, porém quem deveria levar a categoria era Rampling, que economiza trejeitos para compor a sua personagem de dentro pra fora, conseguindo conferir a ela uma complexidade emocional tão fascinante e única que chega a ser difícil compreender como ela não é a favorita a vencer essa categoria assim como nem o seu discurso de “racismo inverso” consegue apagar ou diminuir o brilho de seu trabalho aqui. De qualquer forma, são cinco trabalhos excelentes e não ficarei triste com nenhuma vitória.

MELHOR ATOR COADJUVANTE

C - ATOR

Indicados:

– Christian Bale (A Grande Aposta)
– Mark Ruffalo (Spotlight – Segredos Revelados)
– Mark Rylance (Ponte dos Espiões)
– Sylvester Stallone (Creed: Nascido Para Lutar)
– Tom Hardy (O Regresso)

Quem deve vencer: Sylvester Stallone.
Quem pode vencer: Christian Bale ou Mark Rylance.
Quem merece vencer: Christian Bale.

O grande favorito dessa categoria é um veterano não oscarizado, bastante carismático e que está indicado por um grande ícone do Cinema que é Rocky Balboa. Desse jeito fica difícil tirar o prêmio das mãos dele, não é? Bom, nem tanto assim. Stallone venceu o Critics Choice e o Globo de Ouro, mas ele não concorreu ao SAG (sindicato dos atores) e ao BAFTA, justamente as duas premiações que estão diretamente ligada aos votantes da Academia. Em ambas as premiações Rylance estavam indicados e ele ainda saiu como vencedor no BAFTA, porém devemos levar em conta que essa vitória foi sem Stallone estar concorrendo. Além disso, Bale estava indicado em coadjuvante no SAG e no BAFTA, mas como principal no Globo de Ouro e ainda por cima não foi indicado ao Critics Choice, ou seja, ele nunca enfrentou Stallone em nenhuma premiação e ainda pode ser “beneficiado” pela premissa de que o vencedor de Melhor Filme necessita vencer em alguma outra categoria. É um emaranhado complicadíssimo que fica quase impossível de tentar saber quem está na frente, mas pelos motivos ditos no início desse parágrafo eu aposto em Stallone, seguido de perto por Rylance, com um terceiro lugar ocupado por Bale. E nem desconsidero a zebra da vitória de Ruffalo, só o Hardy que não tem a menor chance de vencer mesmo.

Por mim, a vitória seria facilmente de Bale, que seria o único que eu indicaria aqui, já que seu trabalho é um daqueles que chama a atenção por construir um personagem com uma facilidade impressionante, o que é algo um tanto raro de se ver por aí.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

TDG - Vikander

Indicados:

– Alicia Vikander (A Garota Dinamarquesa)
– Jennifer Jason Leigh (Os Oito Odiados)
– Kate Winslet (Steve Jobs)
– Rachel McAdams (Spotlight – Segredos Revelados)
– Rooney Mara (Carol)

Quem deve vencer: Alicia Vikander.
Quem pode vencer: Kate Winslet.
Quem merece vencer: Rooney Mara ou Jennifer Jason Leigh.

Coloco Vikander como a favorita pelo simples fato de que ela venceu as duas vezes que concorreu contra Winslet como coadjuvante e porque Winslet só venceu a categoria quando não enfrentou Vikander. A diferença entre esse caso e o de Ator coadj. é que aqui Vikander não enfrentou Winslet porque foi indicada como principal ao invés de coadjuvante, não porque foi esquecida e é exatamente por esse motivo que não aposto muito seguramente em sua vitória: se há dúvidas entre os votantes sobre em qual categoria ela deveria estar (nem deveria, ela claramente divide o filme com Redmayne), talvez haja resistência em votar nela justamente por isso. Nessa resistência, Winslet pode ganhar uma leve vantagem e abocanhar o prêmio.

Sobre quem merece vencer, entro em um dilema, porque Mara tem aquela que facilmente a melhor atuação dentre as indicadas, porém ela é a protagonista de Carol junto de Blanchett e sua indicação aqui é indevida. Isso me leva a considerar o prêmio para Jason Leigh, que tem a melhor atuação de uma coadjuvante no ano e que rouba pra si um filme que tem um elenco fantástico.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

S - ROTEIRO

Indicados:

– Alan Wenkus, Andrea Berloff, Jonathan Herman e S. Leigh Savidge (Straight Outta Compton – A História do N.W.A.)
– Alex Garland (Ex Machina: Instinto Artificial)
– Ethan Coen, Joel Coen e Matt Charman (Ponte dos Espiões)
– Josh Cooley, Meg LeFauve, Ronnie Del Carmen e Pete Docter (Divertida Mente)
– Josh Singer e Tom McCarthy (Spotlight: Segredos Revelados)

Quem deve/pode vencer: A dupla de Spotlight – Segredos Revelados.
Quem merece vencer: O quarteto de Divertida Mente.

Spotlight foi o papa prêmios dessa categoria durante essa temporada de premiações, então é quase impossível que o filme não saia com esse prêmio. Entretanto, quem merecia ter recebido mesmo essa atenção era Divertida Mente, um dos roteiro mais criativos, inteligentes e complexos que foram feitos neste século.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

TBG - ROTEIRO

Indicados:

– Adam McKay e Charles Randolph (A Grande Aposta)
– Drew Goddard (Perdido Em Marte)
– Emma Donoghue (O Quarto de Jack)
– Nick Hornby (Brooklyn)
– Phyllis Nagy (Carol)

Quem deve/pode vencer: A dupla de A Grande Aposta.
Quem merece vencer: Goddard por Perdido Em Marte.

A Grande Aposta garantiu grande parte dos prêmios em roteiro e só perdeu para Steve Jobs, que injustamente não está indicado aqui, então acho bastante difícil ele não sair com esse prêmio. Porém, o trabalho que eu acho mais merecedor da estatueta é o de Goddard por Perdido Em Marte, que consegue colocar tanta coisa em seu roteiro, desenvolvê-las exemplarmente e nunca sobrecarregar o público de informação.

MELHOR DESIGN DE PRODUÇÃO

MM - Design

Indicados:

A Garota Dinamarquesa
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido Em Marte
Ponte dos Espiões
O Regresso

Quem deve vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.
Quem pode vencer: O Regresso.
Quem merece vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.

Aqui é quase certeza que Mad Max garanta a vitória, já que é um dos dois que possui um design realmente digno de indicação (o outro é Ponte dos Espiões) e porque está sendo bastante cotado aqui, porém não devemos subestimar O Regresso nessa categoria porque se o que eu estiver esperando acontecer e os votos nas categorias mais almejadas lhe forem tirados, eles provavelmente cairão nas categorias técnicas e o design de produção é uma delas, portanto sua vitória não seria uma surpresa. Acho que Mad Max merece a vitória porque é um design fora do padrão e mais difícil de conceber do que pode parecer.

MELHOR FOTOGRAFIA

MM - FOTOGRAFIA

Indicados:

Carol
Mad Max: Estrada da Fúria
Os Oito Odiados
O Regresso
Sicario: Terra de Ninguém

Quem deve vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.
Quem pode vencer: O Regresso ou Carol.
Quem merece vencer: Não pode empatar e dar cinco prêmios de uma só vez?

Primeiramente, vamos parar um pouco para admirar o quão incorrigível é essa categoria? Cinco trabalhos complexos, sofisticados, difíceis e, consequentemente, cinco indicações mais do que merecidas. Passado esse momento, preciso dizer que essa é a minha aposta mais arriscada até agora, já que O Regresso tem tudo a seu favor: é o vencedor do maior número de prêmios, é o filme com maior indicações esse ano e o cinematógrafo Emmanuel Lubezki, premiado nos dois últimos anos, é o responsável pela fotografia do filme. Mesmo assim, acho que a Academia teria ressalvas em premiar a mesma pessoa por três anos consecutivos, por mais merecedor que o trabalho fosse. Pensando dessa maneira, acho que não é tão difícil assim Mad Max sair com esse prêmio ao invés de O Regresso. Fora isso, ainda vejo a possibilidade de Carol ser o vencedor da categoria, porque o trabalho de Ed Lachman recebeu considerável atenção de prêmios “menores” no início da corrida.

MELHOR FIGURINO

Indicados:

Carol
Cinderela
A Garota Dinamarquesa
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso

Quem deve vencer: Cinderela.
Quem pode vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.
Quem merece vencer: Carol.

Temos um cenário interessante nessa categoria. Mad Max é o franco favorito e o que mais levou prêmios, então seria mais seguro apostar nele. Ainda assim, ele foge completamente dos padrões que a Academia costuma reconhecer, que são os figurinos pomposos de época, então não consigo apostar tão seguramente nele. Esse padrão nos leva à Carol, Cinderela e A Garota Dinamarquesa. Desses três, o menos expressivo é o último, então já o retiro da lista de uma provável vitória. Dessa forma, sobra Carol e Cinderela, que são da mesma figurinista, mas que apresentam dois padrões diferentes: Carol é um dos mais indicados à premiação deste ano enquanto Cinderela só possui essa indicação. Olhando para os últimos dez anos fica claro que o padrão que mais levou essa estatueta foi o segundo, por isso aposto em Cinderela ao invés de Mad Max, mesmo que não descarte a vitória deste segundo.

Se eu tivesse que premiar um dos indicados, certamente seria Carol, pois é um figurino que, além de belo e impecável, também auxilia a contar a história de amor de Carol e Therese através das cores das roupas de cada um delas, o que é algo que me agrada bastante e acho sensacional.

MELHOR MONTAGEM

FURY ROAD

Indicados:

A Grande Aposta
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso
Spotlight – Segredos Revelados
Star Wars: O Despertar da Força

Quem deve vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.
Quem pode vencer: A Grande Aposta.
Quem merece vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.

Mad Max é a melhor montagem desse grupo sem a menor sombra de dúvidas e desde que eu comecei a acompanhar essa premiação, o melhor realmente vence essa categoria. É também aquele filme que mais levou prêmios nessa categoria durante a corrida pra este Oscar. O que não me deixa com a impressão de que este Oscar está 100% garantido é que, como eu acho que A Grande Aposta deve levar Filme, talvez ele também tenha chances consideráveis de levar essa categoria, o que seria uma pena, pois o trabalho não chega nem perto da altíssima qualidade da Montagem de Mad Max.

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO

MM - Maquiagem

 

Indicados:

O Homem de 100 Anos que Pulou a Janela e Desapareceu
Mad Max: Estrada da Fúria
O Regresso

Quem deve vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.
Quem pode vencer: O Regresso.
Quem merece vencer: Mad Max: Estrada da Fúria ou O Regresso.

Ao contrário de Figurino, a categoria de Maquiagem e Cabelo não tem medo de arriscar e dar para um filme que aposte em criatividade e eficiência ao invés da recriação pomposa de uma época, portanto aposto em Mad Max aqui, que é um trabalho completamente inesperado e eficiente, contudo, não dá para negar que O Regresso também está em um nível próximo, que a competição é acirrada e que O Homem de 100 Anos é só um coadjuvante de luxo.

MELHOR TRILHA SONORA

TH8 - Soundtrack

Indicados:

Carol
Os Oito Odiados
Ponte dos Espiões
Sicario: Terra de Ninguém
Star Wars: O Despertar da Força

Quem deve vencer: Os Oito Odiados.
Quem pode vencer: Carol.
Quem merece vencer: Carol ou Os Oito Odiados.

Esse ano parece ser o ano de Morricone. Venceu todos os termômetros e tudo indica que ele deve levar o seu primeiro Oscar. O que me faz considerar a possibilidade de Carol garantir esta categoria é a de que o filme foi constantemente elogiado e sua ausência nas categorias de Filme e Direção recebeu reclamações, então talvez ele receba esse prêmio de consolação. Uma possibilidade mínima, mas que eu considero como relativamente fácil de acontecer. De qualquer forma, qualquer um dos dois que vencer, será bastante merecido.

MELHOR MIXAGEM DE SOM

R - MIXAGEM

Indicados:

Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido Em Marte
Ponte dos Espiões
O Regresso
Star Wars: O Despertar da Força

Quem deve vencer: O Regresso.
Quem pode vencer: Mad Max: Estrada da Fúria ou Ponte dos Espiões.
Quem merece vencer: O Regresso ou Mad Max: Estrada da Fúria.

O Regresso venceu o prêmio da Associação de Audio e o BAFTA e deve acabar levando a estatueta, porém, Mad Max e Ponte dos Espiões também possuem trabalhos chamativos e não duvido nada de eles abocanharem esse prêmio no lugar. De qualquer forma, fico feliz se a vitória permanecer entre O Regresso e Mad Max, pois ambos possuem uma mixagem fantástica que consegue harmonizar todo o desenho de som de maneira brilhante.

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

SW - EDIÇÃO

Indicados:

Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido Em Marte
O Regresso
Sicario: Terra de Ninguém
Star Wars: O Despertar da Força

Quem deve vencer: Star Wars: O Despertar da Força.
Quem pode vencer: Mad Max: Estrada da Fúria ou O Regresso.
Quem merece vencer: Star Wars: O Despertar da Força.

O favorito dessa categoria é O Regresso, o que me incomoda porque a edição não é um trabalho tão ótimo quanto a edição de som, quanto aos outros trabalhos e principalmente quanto aos de Mad Max ou Star Wars, então minha aposta tem uma boa dose de torcida. Além disso, Star Wars se tornou a maior bilheteria da história nos Estados Unidos e, querendo ou não, a Academia deixar passar isso em branco é algo bastante problemático, é como se ela não apoiasse seus próprios produtos, e como esse é o prêmio que Star Wars tem mais chances de levar, eu aposto nessa vitória que seria a mais merecida dentre as cinco. Ainda assim, não deixo de considerar fácil a possibilidade de Mad Max ou O Regresso levarem.

MELHORES EFEITOS VISUAIS

MM - VIsual

Indicados:

Ex Machina: Instinto Artificial
Mad Max: Estrada da Fúria
Perdido em Marte
O Regresso
Star Wars: O Despertar da Força

Quem deve vencer: Mad Max: Estrada da Fúria.
Quem pode vencer: O Regresso ou Star Wars: O Despertar da Força.
Quem merece vencer: Mad Max: Estrada da Fúria ou Star Wars: O Despertar da Força.

Para fazer apostas para o Oscar, temos que olhar para padrões, pois por mais que eles sejam quebrados vez ou outra, eles costumam apontar os vencedores com alto grau de acerto. Dito isso, ao olhar para os últimos anos, os vencedores dessa categoria costumam tanto vencer também a de Fotografia quanto estarem indicados a Melhor Filme, isso me faz recuar um pouco quanto à vitória de Star Wars (que seria a minha aposta inicial), pois já tivemos uma exceção à essas “regras” no ano passado com Interestelar e não creio que essa exceção ocorrerá novamente. Para não me contradizer, farei aqui a mesma aposta que fiz em Fotografia e indicar Mad Max como o provável vencedor da categoria, assim como não posso descartar a possível vitória de O Regresso aqui também porque ele é o favorito de Fotografia.
Quem merece mesmo o prêmio seria Mad Max, por misturar efeitos mecânicos e digitais com uma qualidade invejável, ou Star Wars, que não tem um só momento onde não acreditamos que todo aquele universo exista de tão impecáveis que estão os efeitos.

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

WOTW - MÚSICA

Indicados:

– “Earned It” (Cinquenta Tons de Cinza)
– “Manta Ray” (Racing Extinction)
– “Simple Song #3” (Juventude)
– “Til It Happens to You” (The Hunting Ground)
– “Writing’s On the Wall” (007 Contra Spectre)

Quem deve vencer: Writing’s On the Wall.
Quem pode vencer: Earned It, Simple Song #3 e Til It Happens To You.
Quem merece vencer: Todas, exceto Manta Ray.

Em uma das categorias de canção mais fracas e imprevisíveis dos últimos anos, temos duas consolidadas em basicamente todas as premiações (que são Writing’s On the Wall e Simple Song #3), uma de um filme duvidoso com uma excelente trilha (que é Earned It), outra que ninguém tinha ouvido falar até a indicação ao Oscar (que é Manta Ray) e uma que é uma artista que está em um pico de atenção agora (que é Til It Happens To You). Nenhuma grita por um Oscar inquestionável, nenhuma é uma grande música, mas creio que, com exceção de Manta Ray, todas encaixem-se em um nível digno o bastante para não serem indicações incompreensíveis e conseguirem transmitir a mensagem que o filme necessitava naquele momento. Aposto em Writing’s On the Wall porque as canções de 007 tem um certo histórico, mas qualquer uma das outras três pode vencer.

MELHOR ANIMAÇÃO

IO - ANIMAÇÃO

Indicados:

Anomalisa
Divertida Mente
As Memória de Marnie
O Menino e o Mundo
Shaun: O Carneiro

Quem deve/pode/merece vencer: Divertida Mente.

Amo Anomalisa, de verdade. Mas esse ano era de Divertida Mente desde quando a Alegria apertou aquele botão na Central de Riley.

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

SOS - LINGUA

Indicados:

O Abraço da Serpente
Cinco Graças
O Filho de Saul
Guerra
O Lobo do Deserto

Quem deve/pode vencer: O Filho de Saul.
Quem merece vencer: Que Horas Ela Volta?

Não vi nenhum dos indicados, mas todo mundo que eu conheço e desconheço reclamou da ausência de Que Horas Ela Volta?, então está claro quem merecia vencer essa categoria. Mas, falando sério, O Filho de Saul nunca chegou a perder essa estatueta e já está com ela garantida há muito tempo.

MELHOR DOCUMENTÁRIO

A - Doc

Indicados:

Amy
Cartel Land
O Peso do Silêncio
What Happened, Miss Simone?
Winter on Fire

Quem deve/pode vencer: Amy.

O único indicado que eu vi é o claro favorito dentre os cinco e deve sair premiado no domigo. Se merece ou não, só saberei quando assistir aos outros, mas que é um belo filme, isso é.

MELHOR ANIMAÇÃO EM CURTA-METRAGEM

BS - ShortAni

Indicados:

Os Heróis de Sanjay
A História de um Urso
Prologue
We Can’t Live Without Cosmos
– World of Tomorrow

Quem deve vencer: A História de Um Urso.
Quem pode vencer: Os Hérois de Sanjay e World of Tomorrow.
Quem merece vencer: World of Tomorrow.

Assisti apenas a dois dos indicados, entretanto World of Tomorrow é tão único que me fez morrer duas vezes durante a sua duração e ficarei indignado se ele não levar esse Oscar. Mesmo assim, a categoria parece estar entre os dois únicos com títulos nacionais, com uma leve vantagem para A História de Um Urso, mas Os Heróis de Sanjay não fica muito atrás.

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM CURTA-METRAGEM

BT - DocShort

Indicados:

Body Team 12
Chau Beyond the Lines
Claude Lanzmann: Spectres of the Shoah
A Girl in the River: The Price of Forgiveness
Last Day of Freedom

Quem deve vencer: Body Team 12
Quem pode vencer: Chau Beyond the Lines ou A Girl in the River: The Price of Forgiveness.

Os três acima estão quase que igualmente cotados a vencer essa categoria. Aposto em Body Team 12 porque ele vem chamando a atenção desde antes da corrida começar de fato, no entanto a vitória de um dos outros dois não me espantaria.

MELHOR CURTA-METRAGEM

S - Short

Indicados:

Ave Maria
Day One
Everything Will Be Okay
Shok
Stutterer

Quem deve/pode vencer: Shok.

Seria um choque não ver esse filme vencer. Sem piadinhas.

 

Essas foram as minhas apostas para a premiação de domingo e mesmo assim não me encontro muito confortável com elas e quero mudá-las o tempo inteiro, diante de tanta incerteza e imprevisibilidade desse ano. Mas e aí, concordam comigo? Quais são as suas apostas? Comentem e vamos esperar ver quem foram os premiados para ver quantos eu acertei. Até a próxima!

Ícaro
Ícaro

Cinéfilo de carteirinha e atual professor de Herbologia em Hogwarts, tem a escrita como uma de suas paixões e acha que o mundo seria um lugar melhor se as pessoas não ligassem tanto para a opinião dos outros.
Deixe-nos um comentário!
%d blogueiros gostam disto: